Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/21490
Título: A docência no piano : representações sociais de professores de escolas de música em Taguatinga
Autor(es): Loiola, Lisette Jung
Orientador(es): Azevedo, Maria Cristina de Carvalho Cascelli de
Assunto: Docência
Piano - estudo e ensino
Música
Representações sociais
Data de publicação: 3-Out-2016
Data de defesa: 11-Set-2015
Citação: LOIOLA, Lisette Jung. A docência no piano: representações sociais de professores de escolas de música em Taguatinga. 2015. 155 f., il. Dissertação (Mestrado em Música)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: A docência em música é uma atividade de interações humanas, permeada por significações, valores, princípios, ideias, crenças, concepções e pensamentos construídos nas interações sociais dos agentes envolvidos nesse processo pedagógico. É na interação social que professores e alunos constroem suas representações sobre o mundo e tornam-se transmissores dessas representações em meio às inter-relações sociais vividas no dia a dia. As representações sociais sobre o que é ser professor de música e professor de instrumento musical, são construídas no contexto de ensino e aprendizagem de música, iniciando ainda no tempo de estudante, quando este constrói em sua mente a imagem do professor de música, a partir das interações com os seus professores. Ao tornar-se professor, ele agirá guiado pelas suas representações sociais do que é ser professor de música. Este trabalho teve como objetivo compreender as representações sociais sobre a docência no instrumento dos professores de piano de escolas de música “livres” em Taguatinga-DF. O objetivo central foi desdobrado em três objetivos específicos: 1) identificar o conjunto de valores, crenças, imagens, pensamentos, princípios, ideias e concepções dos professores sobre a docência do piano; 2) investigar como essas representações sociais configuram suas imagens e referências de professor de piano; 3) relacionar as representações sociais com a trajetória e com o contexto de atuação docente desses professores. O estudo tem como fundamentos teóricos a Teoria das Representações Sociais de Moscovici (2012), o conceito de Trabalho Docente Interativo de Tardif e Lessard (2013) e os princípios filosóficos para o ensino de música de Jorgensen (2008). Os sujeitos do estudo são os professores de piano de escolas de música particulares de Taguatinga, identificadas como “livres” pelas suas características de escolas privadas, com autogestão administrativa e curricular. A metodologia da pesquisa foi orientada pela Teoria das Representações Sociais (MOSCOVICI, 2012). A coleta de dados foi realizada por meio da entrevista semidiretiva (RUQUOY, 1997), escolhida pela necessidade de ouvir os sujeitos da pesquisa. Os dados foram analisados pelo método da Análise de Conteúdo, utilizando a ferramenta de Análise Categorial Temática (BARDIN, 1977) na interpretação dos dados das entrevistas, pela abordagem qualitativa dos dados. A interpretação do corpus das entrevistas revelou representações sociais dos professores apresentadas em “imagens de professor”; princípios pedagógicos e crenças; concepções sobre música, sobre o ensino de música e sobre os fins do ensino de piano; pensamentos sobre saberes e habilidades para o ensino de piano; ideias e concepções sobre o estudo do piano, sobre os alunos e sobre as aulas. As representações sociais dos professores se apresentam no conjunto desses pensamentos dos professores sobre o trabalho docente no piano. A investigação das representações sociais dos professores de piano em Taguatinga-DF demonstrou que os procedimentos, princípios, valores e objetivos que constituem as representações coletivas da instituição e o agrupamento de professores que compartilham das mesmas representações caracterizam a validação e reprodução de representações sociais em cada uma das escolas pesquisadas. Todavia, as representações sociais dos professores não se apresentaram homogêneas, permitindo a circulação de novas representações sobre a docência no piano permitindo a possível transformação de representações antigas em novas representações, na dinâmica das relações sociais. ________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Music teaching is an activity of human interactions, permeated by meanings, values, principles, ideas, beliefs, conceptions and thoughts built on the social interactions of the agents involved in the educational process. Teachers and students construct their representations of the world in social interaction and become transmitters of these representations in the midst of lived social interrelationships in everyday life. Social representations about what is to be a music teacher and of musical instrument are built in the context of teaching and learning music, starting even in student days, when he builds in his mind the image of the music teacher from interactions with their teachers. By becoming a teacher, he will act guided by their social representations of being a music teacher. This study aimed to understand the social representations about teaching the instrument of piano teachers from "free" music schools in Taguatinga-DF. The main objective was broken down into three specific objectives: 1) Identify the set of values, beliefs, images, thoughts, principles, ideas and conceptions of the teachers on teaching the piano; 2) Investigate how than social representations shape their images and references from piano teachers; 3) Relate the social representations with the history and the context of teaching of these teachers. The study has the theoretical foundations of the Theory of Social Representations of Moscovici (2012), the concept of Work of Teaching Interactive of Tardif and Lessard (2013) and philosophical principles for music education from Jorgensen (2008). The study subjects are piano teachers of private music schools in Taguatinga, identified as "free" by their features of private schools with self-administrative and curricular. The research methodology was guided by the Theory of Social Representations (MOSCOVICI, 2012). Data collection was performed by semi directive interview (RUQUOY, 1997), chosen by the need to listen to the subjects. Data were analyzed by the method of Content Analysis using the Analysis Categorical Thematic (BARDIN, 1977) in the interpretation of data from the interviews, a qualitative approach. The interpretation of the corpus revealed social representations of the teachers in "images of teacher"; pedagogical principles and beliefs; conceptions about music, about music education and for the purposes of piano teaching; thoughts on knowledge and skills to the piano teaching; ideas and conceptions on the study of piano, on the students and on the classes. The social representations of the teachers are present in all of these teachers' thoughts about the teaching work at the piano. The research of social representations of piano teachers in Taguatinga-DF demonstrated that the procedures, principles, values and goals that constitute the collective representations of the institution and the group of teachers who share the same representations characterize the validation and reproduction of social representations in each one of the schools surveyed. However, the social representations of teachers do not show homogeneous, allowing the circulation of new representations about teaching the piano allowing the possible transformation of old representations in new representations in the dynamics of social relations.
Descrição: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Artes, Departamento de Música, Programa de Pós-graduação em Música, 2015.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:IdA - Mestrado em Música (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_LisetteJungLoiola.pdf1,82 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.