Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/21416
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_AdrianneFontineledaSilva.pdf1,88 MBAdobe PDFView/Open
Title: Discriminação e quantificação de cocaína e adulterantes em drogas por espectroscopia de infravermelho e resolução multivariada de curvas
Authors: Silva, Adrianne Fontinele da
Orientador(es):: Zacca, Jorge Jardim
Coorientador(es):: Braga, Jez Willian Batista
Assunto:: Cocaína
Espectroscopia
Cromatografia gasosa
Issue Date: 8-Sep-2016
Citation: SILVA, Adrianne Fontinele da. Discriminação e quantificação de cocaína e adulterantes em drogas por espectroscopia de infravermelho e resolução multivariada de curvas. 2016. xi, 52 f., il. Dissertação (Mestrado em Tecnologia Química e Biológica)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: O consumo de cocaína é relatado há mais de 2500 anos, porém ao longo do tempo se tornaram evidentes os danos causados por essa substância à sociedade em geral. Atualmente, a cocaína é classificada como uma droga ilícita e, por isso, estudos que deem suporte aos órgãos responsáveis pela repressão ao tráfico de drogas, como a Polícia Federal (PF), em especial à área de inteligência policial, são de extrema relevância. Frequentemente, a cocaína comercializada não se encontra em sua forma pura, mas adicionada de adulterantes e diluentes. Para a análise de amostras apreendidas, o método de referência utilizado é baseado em cromatografia gasosa, cuja sensibilidade e seletividade são indiscutíveis. Entretanto, sua aplicação envolve destruição parcial ou total da amostra, consumo de solventes tóxicos, longo período de análise e treinamento operacional. Com isso, o interesse pelo uso de espectroscopia vibracional tem aumentado. Desse modo, o objetivo deste trabalho é o desenvolvimento de uma metodologia de análise para amostras de cocaína adulterada e diluída empregando a Espectroscopia de Infravermelho com Reflectância Total Atenuada (ATR-FTIR) associada à Resolução Multivariada de Curvas com Mínimos Quadrados Alternados (MCR-ALS). Foram analisados 11 compostos puros, sendo 6 adulterantes, 3 diluentes e 2 formas de cocaína (base livre e cloridrato), 55 misturas preparadas em laboratório de acordo com um planejamento experimental e 20 amostras reais para a etapa de calibração. Para a validação, foram analisadas 717 amostras reais. Os resultados obtidos foram satisfatórios, demonstrando que o método proposto possui um grande potencial na classificação da forma química de cocaína e na discriminação de adulterantes e cocaína em amostras reais, fornecendo uma estimativa da concentração. ________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Cocaine use has been reported for more than 2500 years, but along this period of time its damage to society in general became evident. Nowadays, cocaine is classified as an illicit drug and therefore studies which give support to drug repression institutions, such as the Brazilian Federal Police (BFP), particularly in the area of police intelligence are very relevant. Often, trafficked cocaine is not traded in its pure form, but mixed with adulterants and diluents. In the analysis of seized samples, the reference method is based on gas chromatograph whose sensitivity and selectivity are indisputable. However, its application involves partial or total destruction of the sample, use of toxic solvents, long period of analysis and operational training. Thus, the interest in the use of vibrational spectroscopy has increased. This work aims at developing a methodology for both adulterated and diluted cocaine samples employing Atenuated Total Reflectance Fourier Transform Infrared Spectroscopy (ATR-FTIR) associated with Multivariate Curve Resolution with Alternating Least-Squares (MCR-ALS). A total of 6 adulterants, 3 diluents and 2 forms of cocaine (base and hydrochloride), 55 mixtures prepared in the laboratory according to a factorial design and 20 seized samples for calibration step have been studied. For validation purposes 717 seized samples were analyzed. The results proved to be satisfactory, showing that the proposed method has a great potential in the classification of the chemical form of cocaine, discrimination of adulterants and cocaine in seized samples, as well as providing an estimate for their concentration.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Química, Programa de Pós-Graduação em Tecnologia Química e Biológica, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:IQ - Mestrado em Tecnologia Química e Biológica

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/21416/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.