Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/21409
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_GustavoHenriqueMoraes.pdf13,22 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Identidade de escola técnica vs. vontade de universidade : a formação da identidade dos Institutos Federais
Autor(es): Moraes, Gustavo Henrique
Orientador(es): Kipnis, Bernardo
Assunto: Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia
Educação profissional e tecnológica
Identidade cultural
Data de publicação: 6-Set-2016
Referência: MORAES, Gustavo Henrique. Identidade de escola técnica vs. vontade de universidade: a formação da identidade dos Institutos Federais. 2016. 356 f., il. Tese (Doutorado em Educação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: Os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia vem enfrentando um processo conflituoso na construção de suas novas institucionalidades, sendo palco de um tensionamento constante entre a secular identidade de escola técnica, representada pela oferta de formação técnica à classe trabalhadora, e a vontade de universidade, representada pela defesa de um direcionamento da oferta para os cursos superiores e pela tentativa de implantação de um modelo de pesquisa pautado na experiência universitária. Este tensionamento, embora difuso, tende a opor dois grupos polares – nativos e novatos – que representam, respectivamente, forças de manutenção e de transformação das institucionalidades. A crise tornou-se mais sensível a partir da publicação da Lei 11.892/08, que criou os Institutos e os equiparou, para fins regulatórios, às Universidades. Sua origem, no entanto, remonta a aspectos residuais da cultura brasileira, dentre os quais destaca-se o desprezo pela atividade técnica e a mitificação do bacharel e do doutor. Mais que uma simples sugestão teórica, esta interpretação coloca em xeque a própria política que concebeu os Institutos Federais, principal aposta educacional do Estado brasileiro nas últimas décadas, idealizados por inspiração desenvolvimentista, que enxerga na EPT, e em especial na oferta de cursos técnicos, um poderoso motor de desenvolvimento para a sociedade brasileira. Com a finalidade de compreender a maneira como tem se processado as tensões entre a tradicional identidade de escola técnica e a vontade de universidade no processo de construção da nova institucionalidade dos Institutos Federais, a investigação dividiu-se em três grandes partes: a primeira, de natureza eminentemente qualitativa, é dedicada à apresentação da interpretação histórica da Tese; a segunda e a terceira parte, de natureza empírico-quantitativa, são dedicadas às análises da formação dos corpos docentes e discentes dos Institutos, privilegiando, para isto, os estudos estatísticos desenvolvidos frente à Diretoria de Estatísticas e Informações Acadêmicas (DEIA) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina (IFSC). _________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The Federal Institutes of Education, Science and Technology have been facing a conflictual process in building its new institutionalities, being the stage of a constant tension between the secular vocational school identity, represented by technical training offer to the working class, and the will of university, represented by a defense of a supply directed for higher education and by a trial implementation of a research model based on the university experience. This tension, though diffuse, tends to oppose two polar groups – natives and newcomers – representing, respectively, forces of maintenance and transformation of institutionalities. The crisis has become more sensitive with the publication of the Law 11,892/08, which created the Institutes and equates, for regulatory purposes, to universities. Its origin, however, dates back to residual aspects of Brazilian culture, among which is the contempt for the technical activity and the mythologizing of the bachelor and doctor. More than just a theoretical suggestion, this interpretation calls into question the very policy that conceived the Federal Institutes, the main educational commitment of the Brazilian government in recent decades, idealized by developmentist inspiration, that sees in the EPT, and particularly in the provision of technical courses, a powerful engine of development for Brazilian society. In order to understand how the tensions between the traditional vocational school identity and the will of university has been processed in the building process of the new institutional framework of the Federal Institutes, the investigation has been divided into three major parts. The first, eminently qualitative, is dedicated to the presentation of a historical interpretation of the Thesis. The second and the third, empirically-quantitative, are dedicated to the analysis of the professors and students staff of the Institutes, prioritizing, the statistical studies conducted by the Board of Statistics and Academic Information (DEIA) of the Federal Institute of Education, Science and Technology of Santa Catarina (IFSC).
Informações adicionais: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2016.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:FE - Doutorado em Educação (Teses)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.