Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/21361
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_AnaLuisaPereiraMarques.pdf5,66 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorHecht, Mariana Machado-
dc.contributor.authorMarques, Ana Luisa Pereira-
dc.date.accessioned2016-09-02T13:51:43Z-
dc.date.available2016-09-02T13:51:43Z-
dc.date.issued2016-09-02-
dc.date.submitted2016-07-26-
dc.identifier.citationMARQUES, Ana Luisa Pereira. Uso da biologia molecular no diagnóstico da doença de Chagas: uma abordagem teórico-experimental com foco em qPCR. 2016. 137 f., il. Dissertação (Mestrado em Patologia Molecular)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/21361-
dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, Programa de Pós-Graduação em Patologia Molecular, 2016.en
dc.description.abstractAs infecções pelo Trypanosoma cruzi são um sério problema de saúde pública na América Latina, com alta morbidade e mortalidade. Cerca de oito a dez milhões de pessoas estão infectadas pelo parasito em todo o mundo e um terço irá desenvolver os sintomas da doença de Chagas. Para o diagnóstico dessa infecção, são usados principalmente métodos sorológicos que se baseiam em anticorpos específicos contra o parasito. Esses exames apresentam resultados duvidosos ou falsos positivos devido à reação cruzada com antígenos de outros microorganismos. A evolução na área da biologia molecular vem modificando e aperfeiçoando o diagnóstico da doença de Chagas, representando uma boa alternativa para complementar ou estabelecer o diagnóstico das infecções pelo T. cruzi. Diante do exposto, o objetivo deste trabalho foi realizar uma investigação teórica-experimental de protocolos de qPCR utilizados para o diagnóstico de infecções pelo T. cruzi. A revisão sistemática da literatura permitiu a identificação das condições experimentais (métodos de extração, iniciadores, enzimas amplificadoras, entre outros) mais utilizadas nos artigos científicos selecionados e a observação de que ainda não existe um procedimento padrão estabelecido. Assim, diferentes protocolos de qPCR para identificação do T. cruzi foram avaliados experimentalmente. Foram utilizados marcadores específicos para DNA nuclear (nDNA) e para minicírculos e maxicírculos de kDNA de T. cruzi. A população do estudo foi separada em três categorias - grupos positivo, negativo e duvidoso - de acordo com os testes sorológicos apresentados pelos indivíduos. Os resultados comparativos dos métodos sorológicos e moleculares apresentaram discordâncias peculiares, notadamente quando se utilizou marcadores para minicírculos de kDNA, fato que pode estar associado à integração dessas moléculas no genoma hospedeiro. Estabeleceu-se que a melhor escolha diagnóstica para identificação de infeção ativa pelo T. cruzi se dá com marcadores moleculares específicos para nDNA, o qual foi capaz de determinar a infecção em casos inconclusivos na análise sorológica. Os achados deste estudo reforçam a necessidade de um diagnóstico mais efetivo que possa ser utilizado como padrão-ouro para identificação das infecções pelo T. cruzi.en
dc.language.isoPortuguêsen
dc.rightsAcesso Abertoen
dc.titleUso da biologia molecular no diagnóstico da doença de chagas : uma abordagem teórico-experimental com foco em qPCRen
dc.typeDissertaçãoen
dc.subject.keywordChagas, Doença deen
dc.subject.keywordTrypanosoma cruzi - diagnósticoen
dc.subject.keywordBiologia molecularen
dc.rights.licenseA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.en
dc.description.abstract1Trypanosoma cruzi infection is a serious public health problem in Latin America, with high morbidity and mortality. About eight to ten million people are infected with the parasite worldwide and one-third will develop the symptoms of Chagas disease. Its diagnosis is mainly based on serological methods that recognize specific antibodies against the parasite. Often, these tests have inconclusive results or false positives due to cross-reaction with antigens from other microorganisms. Development in molecular biology has been changing and improving the diagnosis of Chagas' disease, representing a good alternative to supplement or establish the diagnosis of T. cruzi infection. Thereby, the objective of the current study was to evaluate theoretically and experimentally qPCR protocols used for Chagas disease diagnosis. A systematic review of the literature allowed the identification of experimental conditions (extraction methods, primers, amplifying enzymes, etc) commonly used in scientific articles and the observation that there is no standard procedure established. Thus, different qPCR protocols for T. cruzi identification were experimentally assessed. Specific primers were used for nuclear DNA (nDNA), and mitochondrial DNA (minicircles and maxicircles). The study population was divided into three categories - positive, negative and doubtful groups - according to the serologic tests. Comparison between serologic and molecular results showed peculiar disagreements, especially when using primers for kDNA minicircle, which may be associated with the integration of these molecules into the host genome. It was established that the best choice for diagnosis T. cruzi active infection is by specific molecular markers to nDNA, which was able to establish infection in inconclusive serological analysis. Our findings reinforce the need of an effective diagnosis that can be used as the gold standard for identification of T. cruzi infection.-
Appears in Collections:FMD - Mestrado em Patologia Molecular (Dissertações)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/21361/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.