Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/21307
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_MayaraÁguidaPorfírioMoura.pdf2,77 MBAdobe PDFView/Open
Title: Consulta de Enfermagem à criança na atenção básica
Other Titles: Nursing consultation to children in primary care
Authors: Moura, Mayara Águida Porfírio
Orientador(es):: Pinho, Diana Lúcia Moura
Assunto:: Crianças - saúde e higiene
Enfermagem pediátrica
Atenção primária à saúde
Issue Date: 22-Aug-2016
Citation: MOURA, Mayara Águida Porfírio Moura. Consulta de Enfermagem à criança na atenção básica. 2016. 181 f. Tese (Doutorado em Enfermagem)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: INTRODUÇÃO: A Consulta de Enfermagem à criança na atenção básica é uma atividade privativa do enfermeiro, pautada na Política Nacional da Atenção Básica, por meio de ações de vigilância à saúde e abrangendo como foco a prevenção de doenças e promoção da saúde. OBJETIVO: Analisar a prática da Consulta de Enfermagem às crianças menores de cinco anos na rede de Atenção Básica, em Teresina-PI, no ano de 2012. MÉTODO: Trata-se de um estudo exploratório e descritivo, com uso de método misto, por meio da estratégia explanatória sequencial. O estudo foi realizado em duas das 87 Unidades Básicas de Saúde da Família, da Rede de Atenção à Saúde de Teresina- PI, uma com a maior produção e a outra com menor produção de consultas de enfermagem no ano de 2012. Os participantes foram sete enfermeiras que atuavam nas unidades. A coleta de dados foi realizada no primeiro semestre de 2013, em duas fases, por meio de levantamento de dados no Sistema de Informação da Atenção Básica/SIAB e no Sistema de Informação Ambulatorial do Sistema Único de Saúde – SIA/SUS, seguida de observação, questionário e entrevista. Os dados quantitativos foram analisados em frequências estatísticas simples e os dados qualitativos foram analisados com o auxilio do software IRAMUTEQ. RESULTADO: No ano de 2012, foram produzidas, nas 87 unidades das três regionais de saúde do município de Teresina/PI, 63.416 (16,9%) consultas com crianças menores de cinco anos, de um universo de 374.080 consultas envolvendo todos os ciclos de vida. Constatou-se que as práticas utilizadas são sistematizadas, a partir de um protocolo institucionalizado. Observou-se ainda que o objetivo central da consulta nas Unidades A e B está relacionado, primeiramente, à atualização e ao cadastro para auxilio financeiro governamental, Bolsa Família 23% e 20% respectivamente, seguido de ações de promoção da saúde, com 23% na UBS A e 20% na UBS B e, finalmente, às doenças e agravos em curso, representando 12% e 10%, respectivamente. As temáticas abordadas se articulam diretamente aos objetivos das consultas e têm o mesmo comportamento nas duas Unidades, representadas por temas relacionados: à Alimentação, ao Crescimento e desenvolvimento, ao programa Bolsa Família e à Vacinação e à Higiene. Quanto às representações sociais dos enfermeiros sobre a prática de consulta de enfermagem, foi possível desvelar seus sentidos, organizando-os em cinco classes: 1) A base Legal da consulta – O protocolo, 18,8%; 2) O espaço social da consulta – o acolhimento, 18,8%; 3) As dimensões socioafetivas da consulta – o vínculo, 15,9%; 4) A dimensão técnica da consulta – tecnologia para o cuidado, 23,2%; 5) A consulta como espaço de poder – a autonomia profissional, 23,2%. CONCLUSÃO: A prática da consulta de enfermagem na atenção básica da Rede de Saúde do município de Teresina/PI está regularmente institucionalizada. Essa prática é percebida pelos enfermeiros, por um lado, como uma tecnologia do cuidado que possibilita a construção de vínculo, o acolhimento e a autonomia profissional. Por outro lado, ela é percebida, nesse contexto, como uma forma de atualizar dados para o auxílio financeiro governamental. ________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
INTRODUCTION: Nursing consultation to children in primary care is a private activity of nurses, based on the National Primary Care Policy, through health surveillance and encompassing as a focus disease prevention and health promotion. GOAL: To analyze the practice of nursing consultation to children under five years old in the network of Primary Care, in Teresina – PI, Brazil, in 2012. METHODS: This is an exploratory and descriptive study, using a mixed methodology, through sequential explanatory strategy. The study was conducted in two of the 87 Basic Units of Family Health, from the Health Care Network of Teresina-PI, one of which with the largest production and the other with the lowest production of nursing consultations in 2012. The participants were ten nurses who work in these units. Data collection was performed in the first half of 2013, in two stages, through the Information System of Primary Care/ SIAB and Outpatient Information System of the Unified Health System - SIA / SUS, followed by observation, questionnaire and interview. Quantitative data were analyzed in simple statistical frequencies and qualitative data were analyzed with the help of IRAMUTEQ software. RESULTS: In the year of 2012 there were produced, in 87 units of the three health city centers of Teresina / PI, 63,416 (16.9%), consultations with children under five years old, of a universe of 374 080 consultations involving all lifecycles. It was found that the applied practices are systematized from an institutionalized protocol. It was also observed that the main objective of the consultation in Units A and B are related primarily to updates and registrations for government financial aids, Bolsa Família 23% and 20% respectively, followed by health promotion, with 23% in UBS A and 20% in UBS B. Finally, ongoing health issues and diseases accounted for 12% and 10%, respectively. The themes are linked directly to the objectives of consultations and have the same behavior in both units, represented by issues related to: Food, Growth and Development, Family Grant, Vaccination and Hygiene. In respect of the social representations of nurses on the nursing practice consultation, it was possible to unveil the meanings these consultations into five classes: 1) The legal basis of consultation - The protocol, 18.8%; 2) The social space of the consulted hosts, 18.8%; 3) The affectionate dimensions - the bond, 15.9%; 4) The technical dimension of consultation – care technology, 23.2%; 5) The consultation as a power space - professional autonomy, 23.2%. CONCLUSION: The practice of nursing consultation in the basic attention of the Health Network of the city of Teresina/PI is regularly institutionalized. This practice is perceived by nurses, on one hand, as a care technology that enables the construction of bond, welcoming experiences and professional autonomy. On the other hand, this technology is perceived, in this context, as a way to update data for the government financial aids.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Departamento de Enfermagem, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, 2016.
Licença:: A concessão da licença desta coleção refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:ENF - Doutorado em Enfermagem (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/21307/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.