Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/21214
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_MarcioAntônioMendonça.pdf2,36 MBAdobe PDFView/Open
Title: Fórmulas infantis para lactentes : perfil lipídico e características físicas dos glóbulos de gordura
Authors: Mendonça, Marcio Antônio
Orientador(es):: Araújo, Wilma Maria Coelho
Assunto:: Lactentes - nutrição
Lipídios na nutrição humana
Ácido linoleico
Issue Date: 15-Aug-2016
Citation: MENDONÇA, Marcio Antônio. Fórmulas infantis para lactentes: perfil lipídico e características físicas dos glóbulos de gordura. 2016. xiii, 92 f., il. Tese (Doutorado em Nutrição Humana)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: Os lipídios do leite humano se destacam pelas inúmeras funções nutricionais e fisiológicas que favorecem o desenvolvimento do lactente. Este nutriente contém mais de 200 ácidos graxos, com um perfil caracterizado pela menor concentração de ácidos graxos saturados, maior teor dos ácidos oleico e linoleico, e fontes de ácidos graxos poli-insaturados. Essa composição aliada à organização e a constituição da membrana do glóbulo de gordura fazem com que o leite humano seja o alimento ideal para os lactentes. Contudo, situações como a de lactentes prematuros, ou ainda aquelas em que há a contraindicação da amamentação, determinam a necessidade do uso de fórmulas infantis como um completo ou substituto parcial do leite humano. O objetivo deste estudo foi determinar o perfil lipídico e o diâmetro dos glóbulos de gordura de fórmulas infantis para lactentes. Foram coletadas amostras 10 fórmulas infantis para lactentes, de três diferentes lotes, utilizadas como substituto ao leite humano no Hospital Materno Infantil de Brasília (HMIB), totalizando 30 amostras. A amostra de leite humano foi constituída por um pool de amostras de 10 doadoras de leite maduro proveniente do banco de leite do Hospital Universitário de Brasília (HUB), que foi utilizado como padrão. Os lipídios totais foram quantificados pelo método butirométrico de Gerber – Van Gulik. Os lipídios das fórmulas infantis para lactentes foram extraídos pelo método de Bligh & Dyer. A esterificação foi realizada segundo Christie,1989. A análise dos ácidos graxos esterificados foi realizada no cromatógrafo gasoso CG-2010 Shimadzu com detector MS-QP2010 Plus, com autoinjetor AOC-5000. A separação dos ácidos graxos foi feita utilizando a Coluna J & W Scientific 122-2362 DB-23, 60m (comprimento), 0.25 mm ID (diâmetro interno), 0.25 μm (espessura do filme). As condições cromatográficas foram: temperatura do injetor modo split, 260 ºC; temperatura inicial da coluna 140 ºC por 5 minutos, programada para aumentar em 2 ºC a cada minuto até atingir 240 ºC, no final dos 56 minutos da corrida cromatográfica. Como gás de arraste foi utilizado o hélio, com vazão de 0,40 ml/minuto. A temperatura do detector foi de 260 oC. O volume injetado foi de 1μL. A identificação dos ácidos graxos foi feita por comparação com o tempo de retenção do padrão de ácidos graxos Supelco 37 component FAME mix (Supelco®, USA). Para determinar o diâmetro dos glóbulos de gordura foi utilizada a técnica de microscopia eletrônica de varredura. Os resultados foram expressos em percentual em relação à área dos ácidos graxos totais. Os dados obtidos nessa pesquisa revelaram diferenças significativas entre as fórmulas infantis para lactentes e o leite humano, e entre as fórmulas infantis analisadas, com relação ao percentual de lipídios totais e ao perfil de ácidos graxos, exceto para as frações de ácido linoleico e de ácido linolênico. Com relação ao diâmetro dos glóbulos de gordura das fórmulas infantis para lactentes, excetuando-se uma amostra, todas elas diferiram significativamente com relação ao leite humano.
Abstract: The human milk lipids are highlighted by the numerous nutritional and physiological functions that favor the development of the infant. This nutrient contain more than 200 fatty acids, with a profile characterized by a lower concentration of saturated fatty acids, higher content of oleic and linoleic acids, and sources of polyunsaturated fatty acids. This composition together with the organization and the formation of the fat globule membrane make human milk the ideal food for breastfeeding’s.However, situations such as premature infants, or those in which there is breastfeeding contraindication determine the necessity of the use of infant formula as a partial or complete substitute for human milk. The aim of this study was to determine the lipid profile and the diameter of the infant formula for infant’s fat globules. Were collected ten samples of infant formulas for infants of three different batches, used as a substitute for human milk in the and Child Hospital of Brasília (HMIB), totaling 30 samples. The human milk sample consisted of a pool of samples from ten donors mature milk from the milk bank at the University Hospital of Brasilia (HUB), which was used as standard. The total lipids were quantified by butyrometer method of Gerber - Van Gulik. Lipids of infant formula were extracted by Bligh & Dyer method. The esterification was carried out according to Christie,1989. The analysis of the esterified fatty acids was performed on gas chromatograph Shimadzu GC-2010 with MS-QP2010 Plus detector with auto injector AOC-5000. The separation of fatty acids was performed using J & W Scientific Column 122-2362 DB-23. Established chromatographic conditions were: split mode 260 °C, initial column temperature 140 °C for 5 minutes, programmed to increase at 2 °C every minute until reaching 240 °C at the end of the 56 minutes from the chromatographic run. As a carrier gas was used helium with a flow rate of 0.40 mL / minute. The detector temperature was 260 °C. The volume injected was 1μL.As the carrier gas used was helium, with continuous flow column of 0.40 ml / min. The volume injected was 1μL. The identification of each fatty acid was made by comparison with the standard retention time of fatty acids Supelco component 37 FAME mix (Supelco®, USA). To determine the diameter of fat globules was used the technique of scanning electron microscopy. The results were expressed as percentage of the area of each fatty acid in relation to the area of total fatty acids. The data obtained in this study revealed significant differences between infant formula and human milk, and between infant formulas analyzed with respect to the percentage of total lipids and fatty acid profile, except for the fractions of linoleic acid and acid linolenic. With respect to the diameter of the fat globules in infant formula, except for one sample, all they differed significantly with respect to human milk.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Nutrição Humana, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:NUT - Doutorado em Nutrição Humana (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/21214/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.