Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/21204
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_BárbaraOliveiraSouza.pdf10,43 MBAdobe PDFView/Open
Title: A ambígua condição negra em Cuba : relações raciais e mobilizações coletivas antirracistas
Authors: Souza, Bárbara Oliveira
Orientador(es):: Carvalho, José Jorge de
Assunto:: Movimentos sociais
Relações raciais
Racismo
Cuba
Issue Date: 12-Aug-2016
Citation: SOUZA, Bárbara Oliveira. A ambígua condição negra em Cuba: relações raciais e mobilizações coletivas antirracistas. 2016. 377 f., il. Tese (Doutorado em Antropologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: Na presente tese, intitulada “A Ambígua Condição Negra em Cuba: Relações Raciais e Mobilizações Coletivas Antirracistas”, analiso o ativismo afrocubano em diferentes contextos, a partir do diálogo com as narrativas das/os agentes sociais que são protagonistas no processo de ressignificar discursos em relação ao legado negro e ao racismo no país. Reflito sobre as dinâmicas atuais que permeiam as relações raciais, o mito cubano da igualdade, a ideologia da mestiçagem, a construção da nação e as percepções sociais sobre identidade. Ao passo que teço análises sobre o único país da região proclamado como socialista há quase seis décadas, busco um olhar ampliado sobre as estratégias de luta dos afrodescendentes no contexto da Diáspora Africana nas Américas, ao salientar suas interações com outros países latinoamericanos, com ênfase para o Brasil. A abordagem teórica permeia estudos das ciências sociais sobre relações raciais e a leitura crítica dos conceitos de sociedade civil e movimento social, à luz das especificidades cubanas. _________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This present thesis entitled “The Ambiguous Black Condition in Cuba: Racial Relations and Collective Anti-Racist Mobilizations” analyses Afro-Cuban activism in different contexts from the narratives of social agents who are protagonist in the process of re-signifying discourses related to the black heritage and to racism in the country. In the thesis, I address the ways in which racism materializes within Cuban institutions and society. While focusing on the single American country in which socialism is the proclaimed form of government for almost six decades, I search for a broader overview of the strategies for the struggle undertaken by afrodescendents in the context of the African Diaspora in the Americas, in highlighting its interactions with other Latin-American countries, notably Brazil. The theoretical approach permeates studies in social science about racial relations, and the critical reading of concepts about civil society and social movements, in the light of the Cuban particularities.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Antropologia, Programa de Pós-graduação em Antropologia Social, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:DAN - Doutorado em Antropologia (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/21204/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.