Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/21034
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_VeronicaMariaBezerraGuimaraes.pdf4,79 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Pertencer à terra : resistência de saberes e diversidade da vida pelos Kaiowá-Guarani
Autor(es): Guimarães, Verônica Maria Bezerra
Orientador(es): Leonardos, Othon Henry
Assunto: Diversidade biológica
Diversidade cultural
Índios
Índios Kaiowá-Guarani
Sustentabilidade
Data de publicação: 27-Jul-2016
Referência: GUIMARÃES, Verônica Maria Bezerra. Pertencer à terra: resistência de saberes e diversidade da vida pelos Kaiowá-Guarani. 2016. 235 f., il. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Sustentável)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: A destruição das matas e a degradação ambiental dos territórios de ocupação tradicional Kaiowá-Guarani no sul de Mato Grosso do Sul, em diversas fases de processos de colonização, a partir do início do século XX, vêm provocando significativos impactos na organização social e, consequentemente, no seu modo de ser. O modelo do entorno impõe o seu legado e os seus passivos por ocasião da regularização das terras indígenas de antigas fazendas de gado e de plantação de monoculturas. Este trabalho se propõe a construir interdisciplinaridade na sustentabilidade, com uma base em ciências sociais. A presente tese estuda as interfaces natureza/cultura baseadas nas categorias de pertencimento ao local e diversidade biológica e cultural como instrumento de resistência de saberes para a compreensão da ideia de sustentabilidade pelos kaiowá-guarani do sul de MS através de três estudos de caso em terras indígenas com situações fundiárias diferentes. A partir de estudos das terras de Te´ýkue, Sucurui´y e Jatayvary foi possível descrever percepções e memórias do passado em suas ressignificações presentes sobre a importância da terra para a continuidade de um modo de ser que existe na diversidade da vida e de saberes. Da destruição ambiental para as possibilidades de restauração, revitalização e repovoamento da terra com diversidade, os kaiowá-guarani têm muito a ensinar na construção de uma sustentabilidade, com dimensão espiritual, baseada na profunda noção de pertencer. O sentimento de pertencimento é um forte elemento de resistência à terra, na terra e pela terra.
Abstract: The destruction of forests and environmental degradation of traditional occupation of territories Kaiowá-Guarani in the south of Mato Grosso do Sul, in various stages of colonization processes, from the early twentieth century, has led to significant impacts on the social organization and consequently in his way of being. The surroundings of the model imposes its legacy and its liabilities at the time of settlement of indigenous lands of ancient cattle farms and monoculture plantation. This study aims to build interdisciplinary sustainability, with a base in social sciences. This thesis studies the interfaces nature/culture based on membership categories of the local and biological and cultural diversity as knowledge of an instrument of resistance to understanding the idea of sustainability by MS southern Kaiowá-Guarani based on three case studies on land indigenous land with different situations. From studies of land Te'ýkue, Sucurui'y and Jatayvary was possible to describe perceptions and memories of the past in their new meanings present on the importance of land for the continuity of a way of being that exists in the diversity of life and knowledge. Environmental destruction to restoration possibilities, revitalization and repopulation of the land with diversity, the Kaiowá-Guarani have much to teach in building a sustainable, with spiritual dimension, based on the deep sense of belonging. The feeling of belonging is a strong element of earth resistance, in the earth and by the earth.
Resumen: La destrucción de los bosques y la degradación ambiental de la ocupación tradicional de los territorios kaiowá-guaraní en el sur de Mato Grosso do Sul, en distintas etapas de los procesos de colonización, de principios del siglo XX, ha dado lugar a impactos significativos en la organización social y en consecuencia en su forma de ser. Los alrededores del modelo impone su legado y sus pasivos al momento de la liquidación de las tierras indígenas de las antiguas fincas ganaderas y plantaciones de monocultivo. Este estudio tiene como objetivo construir la sostenibilidad interdisciplinaria, con una base en ciencias sociales. Esta tesis estudia la interfaces de naturaleza/cultura basada en categorías de miembros de la diversidad local y biológica y cultural como el conocimiento de un instrumento de resistencia a la comprensión de la idea de la sostenibilidad por MS sur kaiowá-guaraní basado en tres estudios de caso sobre la tierra tierras indígenas con diferentes situaciones. A partir de estudios de Te'ýkue tierra, Sucurui'ye y Jatayvary era posible describir las percepciones y recuerdos del pasado en sus nuevos significados presentes en la importancia de la tierra para la continuidad de una forma de ser que existe en la diversidad de la vida y el conocimiento. La destrucción ambiental a las posibilidades de restauración, revitalización y repoblación de la tierra con la diversidad, la kaiowá-guaraní tiene mucho que enseñar en la construcción de una economía sostenible, con la dimensión espiritual, basado en el profundo sentido de pertenencia. El sentimiento de pertenencia es un fuerte elemento de resistencia de tierra, en la tierra y por la tierra.
Informações adicionais: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável, 2016.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2016.02.T.21034
Aparece nas coleções:CDS - Doutorado em Desenvolvimento Sustentável (Teses)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.