Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/20959
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_ViníciusMachadodosSantos.pdf7,91 MBAdobe PDFView/Open
Title: O microclima no transporte de frangos de corte : efeito sobre parâmetros produtivos, conforto e qualidade da carne
Other Titles: Microclimate and broiler transport : effect on productive performance, comfort and meat quality parameters
Authors: Santos, Vinícius Machado dos
Orientador(es):: Castro, Márcio Botelho de
Assunto:: Microclimas
Qualidade nutricional
Transporte de mercadorias - Brasil
Frango de corte
Issue Date: 23-Jul-2016
Citation: SANTOS, Vinícius Machado dos. O microclima no transporte de frangos de corte: efeito sobre parâmetros produtivos, conforto e qualidade da carne. 2016. xix, 135 f., il. Tese (Doutorado em Ciência Animal)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: O objetivo desta pesquisa foi avaliar o microclima de caixas de transporte em carregamentos comerciais de frangos de corte submetidos a diferentes distâncias nos períodos chuvoso e seco e seus efeitos sobre os parâmetros produtivos (peso ao abate, mortalidade e incidência de hematomas) e qualidade da carne. Foram monitorados 12 carregamentos de frangos de corte, num total de 24 caixas por carregamento, utilizando-se dataloggers para registro da temperatura e umidade do ar. O experimento obedeceu a um delineamento experimental inteiramente casualizado, com 48 tratamentos, dispostos em um esquema fatorial 2 (períodos: seco e chuvoso) x 2 (distâncias: perto e longe) x 12 (posições), com três repetições por grupo experimental. Não houve correlação entre os índices de entalpia de conforto (IEC) médios dos períodos e distâncias com as variáveis produtivas, perda de peso e mortalidade total (%). As posições de maiores IEC na carga também não refletiram em maiores perda de peso corporal e mortalidade. Em termos de conforto, o período chuvoso foi o mais crítico para o transporte de frangos de corte resultando nos maiores IEC (P<0,01). Na interação período chuvoso e distância longe, o maior IEC foi classificado na zona letal, sugerindo uma tendência à produção de carnes do tipo “DFD” e com menores perdas de água pós-cocção. No período seco, evidenciou-se maior perda de peso das aves e mortalidade na chegada ao abatedouro, ainda que o IEC medido para o período estivesse classificado na zona de conforto das aves. Variáveis como temperatura, umidade relativa do ar e pressão barométrica local foram utilizadas no cálculo do IEC. Contudo, a dinâmica do vento ao longo do transporte tem papel importante sobre o microclima dos carregamentos. Assim, em termos de transporte de frangos de corte, essa variável climática precisa ser considerada como fator de estresse e, possivelmente, causadora de perdas produtivas sobre o peso ao abate e a mortalidade registrada na chegada ao abatedouro. Inserir a velocidade do vento na equação do IEC pode tornar esse índice mais apropriado para avaliação da condição bioclimática do microambiente dos carregamentos. Carnes de frangos de corte transportados e abatidos apresentaram valores de pH e L* (luminosidade) classificados como “normais” (P<0,01), entretanto, com maiores perdas de água por cocção (PPC) e exsudação (P<0,01). Para a força de cisalhamento (FC), os fatores período e distância não determinaram significativas alterações na maciez/textura das carnes avaliadas (P<0,01). Em relação ao posicionamento das caixas ao longo da carga, não observou-se o efeito, durante o transporte, sobre as variáveis que conferem características de qualidade às carnes: pH, L*, PPC e FC. Esse resultado permitiu concluir que os fatores distância percorrida e o período do ano exerceram mais influência sobre a qualidade da carne de frangos de corte do que a própria localização das caixas no caminhão.
Abstract: The goal of this research was to evaluate the microclimate of commercial loads of broiler chickens at different distances in the summer and winter seasons and their effects on the production parameters (body weight loss, mortality and bruising incidence) and meat quality. It was monitored 12 broiler loads, a total of 24 crates per load, using data loggers to record temperature and humidity. The experiment followed a completely randomized design with 48 treatments in a factorial scheme (2 periods: summer and winter) x 2 (distances: near and far) x 12 (positions), with three replicates per experimental group. There was no correlation between average ECI (enthalpy comfort index) of periods and distances with production variables, body weight loss (BWL) and total mortality (%). The highest ECI in the load positions did not reflect in higher BWL and mortality. In terms of comfort, the summer is the most critical period for broiler transport. The interaction between summer and far distance, the largest ECI was scored in the lethal zone, suggesting a tendency of meat “DFD-like” and with lower cooking losses. In the winter, it showed a higher BWL and mortality, although the ECI measured has been in the chicken’s comfort zone. Variables such as temperature, relative humidity and local barometric pressure were used in the calculation of the IEC. However, wind dynamics over transport plays an important role on the loads microclimate. Thus, in terms of broilers transport, this climatic variable must be considered as a stress factor and possibly causing production losses on the slaughter weight and mortality recorded on arrival at the slaughterhouse. Considering the wind speed in ECI equation can make it more appropriate index to evaluate the bioclimatic conditions of load microenvironment. In the winter, the chickens presented meat with pH values and L* (lightness) classified as "normal", however, with higher water cooking losses (WCL). For the shear force (SF), the seasons and distances factors determined no significant changes in tenderness of the evaluated meat. Regarding the crates positioning in the load, no effect was observed during transport on those variables that given meat quality characteristics: pH, L *, WCL and SF. This result points out that the factors distance and the year seasons are more influence on the broilers meat quality than the position of the crates in the truck.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-graduação em Ciências Animais, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2016.03.T.20959
Appears in Collections:FAV - Doutorado em Ciência Animal (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/20959/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.