Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/20876
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_SaradeOliveiraLimaScholzeArtifon.pdf3,45 MBAdobe PDFView/Open
Title: Ondina e as formas em metamorfose, uma poética inquietante
Authors: Artifon, Sara de Oliveira Lima Scholze
Orientador(es):: Ribeiro, Maria Eurydice de Barros
Assunto:: Arte - crítica
Artes plásticas
Corrêa, Walmor, 1962 - crítica e interpretação
Issue Date: 7-Jul-2016
Citation: ARTIFON, Sara de Oliveira Lima Scholze. Ondina e as formas em metamorfose, uma poética inquietante. 2016. 126 f., il. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: O objetivo deste texto é realizar uma análise da obra Ondina, produzida pelo artista Walmor Corrêa, considerando as várias facetas interpretativas que técnica e tema suscitam. Para isso, o apoio metodológico proposto é a semiótica plástica desenvolvida por Algirdas Julien Greimas. O intuito da investigação é explorar os elementos constitutivos do quadro para desenvolver campos relacionais que contribuam para sua significação. Nesse sentido, buscamos entender a obra dentro do sistema de linguagem das artes plásticas, no qual o arranjo composicional, os formantes cromáticos e a técnica utilizada são relevantes para a interpretação do objeto. Além disso, verifica-se que sua temática se insere em um percurso de transmissão e confluências míticas no território brasileiro, o que contribuiu para a formação de uma identidade regional. Procura-se demonstrar o processo de incorporações e transformações das imagens e conteúdos já presentes na cultura europeia a partir do panorama de configuração sociopolítica no Brasil. Assim, percebe-se que a obra Ondina traz à tona um espectro de referências culturais e históricas as quais possibilitam um diálogo entre formas de tempos distintos. Portanto, propomos uma relação da obra com outras produções plásticas evidenciando o processo de incorporação e metamorfoses entre formas e mito dentro do imaginário no Ocidente. Percebemos Ondina como uma produção que evoca o mito, mas que possui sua própria poética devido à forma transformada que apresenta. Por esse motivo é necessário explorar a coexistência desses elementos e como eles contribuem para incorporar sentido à obra. Após a investigação de tais dimensões, também propomos uma reflexão sobre Ondina dentro da série em que foi concebida: Unheimlich, imaginário popular brasileiro. Verifica-se uma relação entre essa imagem e as demais e procura-se retirar mais elementos significativos para sua análise, considerando tal produção no período da pós-modernidade. ________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This text aims to analyze Ondina, a work produced by the artist Walmor Corrêa. It’s considered a range of interpretative facets that technique and theme evoke in this work. For that, the methodological basis proposed is the plastic semiotics, developed by Algirdas Julien Greimas. It’s intended to explore the work’s components to achieve relational fields that contribute to its signification. It’s sought to comprehend this artistic work inside the plastic arts’ field, in which, compositional arrangement, chromatic components and technique are relevant to the object’s interpretation. Besides, it’s verified that the work’s theme can be inserted in a path that covers mythical transmissions and transformations in Brazilian territory. This contributes to a regional identity. In this sense, it’s intended to demonstrate how incorporations of images and subjects, already existent in European culture, were possible in Brazil. Then, it can be noticed that Ondina brings a range of cultural and historic references that make possible a dialogue among forms in different times. Thus, it’s intended to make a relation among this artwork and other plastic productions to show the process of incorporation and metamorphosis between form and myth in the occident imaginary. Ondina is a work that evokes the myth, but has its own poetic because of its own transformed form. In this sense, it’s necessary to explore the coexistence of these elements and how they contribute to incorporate meaning to the work. After the investigation of these dimensions, it’s also proposed an analysis about Ondina and the set of works in which it was conceived: Unheimlich, imaginário popular brasileiro. It’s verified the relation among this image and the others and it’s necessary to take more meaningful elements to the analysis considering these productions in the post-modern period.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Artes, Programa de Pós-Graduação em Arte, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:IdA - Mestrado em Artes (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/20876/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.