Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/20801
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_HugoSoaresPinho.pdf714,3 kBAdobe PDFView/Open
Title: A psicologia e o psicólogo do esporte : uma formação necessária
Authors: Pinho, Hugo Soares
Orientador(es):: Pedroza, Regina Lúcia Sucupira
Assunto:: Psicologia do esporte
Psicólogo - atuação
Psicólogos - formação
Esportes - aspectos psicológicos
Issue Date: 27-Jun-2016
Citation: PINHO, Hugo Soares. A psicologia e o psicólogo do esporte: uma formação necessária. 2016. vii, 70 f., il. Dissertação (Mestrado em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: A psicologia do esporte e do exercício não é uma área recente, apesar de ainda ser desconhecida por muitos. Seus estudos começaram em países como Os Estados Unidos e Itália há mais de 100 anos, chegando aos seus primeiros passos no Brasil na década de 60. Os conhecimentos advindos da Psicologia e são aplicados aos praticantes de atividades físicas, no contexto esportivo em geral. O psicólogo brasileiro está dando seus primeiros passos no processo de formação como psicólogo do esporte e do exercício. O curso de Psicologia e sua proposta generalista possibilita uma divulgação amplificada das possibilidades de atuação do profissional. Na Universidade de Brasília, especificamente, as propostas do Plano de Diretrizes Curriculares em Psicologia de 2011 são encontradas no Projeto Pedagógico do Instituto de Psicologia. O presente estudo buscou verificar como acontece o processo de tornar-se psicólogo do esporte e do exercício. Utilizou-se dos conceitos de Rogers e da psicologia histórico cultural para respaldar a compreensão de como tem se dado esse processo no campo de atuação do psicólogo. Foram entrevistados três psicólogos do esporte e do exercício que se formaram na UnB e que atualmente trabalham na área. Os resultados obtidos demostraram a importância de se ter além da formação em Psicologia, uma busca de uma educação continuada após a graduação. Evidencia-se como as atividades profissionais possibilitaram uma identificação com essa especialidade. O processo de tornar-se psicólogo do esporte e do exercício passa por diferentes etapas até chegar a uma auto percepção e conscientização de que o profissional é quem ele se preparou para ser.
Abstract: Sports and exercise Psychology is not a recent area, although it is still unknown to many people. Studies on the subject began in countries like the United States and Italy more than 100 years ago, reaching its first steps in Brazil in the 60’s. Researches in the area involve knowledges derived from Psychology and are applied to practitioners of physical activity in the general sport’s context. Brazilian psychologists are taking their first steps in the formation process towards becoming sports and exercise psychologists. The psychology course and its general proposal enables an amplified dissemination of the professional’s possible fields of work. At the University of Brasilia, specifically, the proposals of the Psychology Curriculum Guidelines Plan of 2011 are found in the Pedagogic Project of the Psychology Institute. The present study aimed to verify how the process of becoming a sports and exercise psychologist happens. Concepts from Rogers, and historic and cultural psychology were used to support the understanding of how this process finds itself in the psychologist’s field. Three sports and exercise psychologists that graduated from UnB and currently work in the field were interviewed. The results obtained showed the importance of having in addition to a Psychology formation, a search for a continued education after graduation. It is evident how professional activities allow an identification with this specialty. The process of becoming a sports and exercise psychologist runs through various steps until a self-perception and an awareness is reached: that this professional is who he prepared to be.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2016.04.D.20801
Appears in Collections:PED - Mestrado em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/20801/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.