Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/20520
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_SandroNunesdeOliveira.pdf13,48 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCarvalho Júnior, Osmar Abílio de-
dc.contributor.authorOliveira, Sandro Nunes de-
dc.date.accessioned2016-05-26T18:34:54Z-
dc.date.available2016-05-26T18:34:54Z-
dc.date.issued2016-05-26-
dc.date.submitted2015-12-07-
dc.identifier.citationOLIVEIRA, Sandro Nunes de. Análise das mudanças espaciais e temporais nos padrões de paisagem na região do oeste da Bahia sobre a formação do grupo urucuia (1988-2011) e suas implicações para a conservação do Cerrado. 2015. xxii, 154 f., il. Tese (Doutorado em Geografia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/20520-
dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Geografia, Programa de Pós Graduação em Geografia, 2015.en
dc.description.abstractO objetivo geral desta tese é quantificar os padrões de paisagem e suas respectivas mudanças espaço-temporais durante o período de 1988 a 2011, além de identificar as principais implicações destas mudanças na conservação do bioma Cerrado na fronteira agrícola do Oeste da Bahia. A área de estudo é restrita aos solos sobre o Grupo Urucuia (Cretáceo Superior), que é composta por arenitos continentais relacionados a ambiente desértico. Esta formação geológica gera áreas planas com predominância de Latossolos, caracterizado por textura média, excessivamente drenados e adequado para o desenvolvimento da agricultura intensiva e mecanizada. A tese foi organizada na forma de 5 (cinco) capítulos, sendo que os capítulos de desenvolvimento (capítulos 2, 3 e 4) foram redigidos na forma de artigos científicos. No Capítulo 1, apresentamos o problema de pesquisa, os objetivos gerais e específicos, e apresentamos o conceito de paisagem na perspectiva da Ecologia de Paisagem. No Capítulo 2 (artigo 1), sistematizamos e complementamos o banco de dados vetorial multitemporal do uso e cobertura da Terra pela interpretação visual de imagens TM/Landsat dos anos de 1988, 1992, 1996, 2000, 2004, 2008 e 2011; realizamos a detecção de mudança do uso e cobertura da Terra pelo método de pós-classificação; sistematizamos as principais políticas públicas que influenciaram na ocupação do Oeste da Bahia e sistematizamos os dados oficiais do IBGE sobre a produção agrícola da região. A interpretação visual das imagens TM/Landsat permitiu o mapeamento multitemporal de seis classes de uso e cobertura da Terra: agropecuária, áreas urbanas, corpos d'água, reflorestamento, vegetação alterada e vegetação natural. Durante o período, as principais alterações ocorreram nas classes de vegetação natural (decréscimo de 26,57%) e agropecuária (acréscimo de 27,13%). O avanço da agropecuária ocorreu principalmente em áreas de vegetação nativa. No Capítulo 3 (artigo 2), analisamos as mudanças na fragmentação da paisagem durante o período de 1988 a 2011 pela aplicação de dois procedimentos distintos: a) métricas tradicionais da paisagem; e b) Análise dos Padrões Espaciais Morfológicos (Morphological Spatial Pattern Analysis - MSPA). O cálculo dos atributos da MSPA considerou 10 larguras de borda, entre 30 e 300 metros. As métricas tradicionais da paisagem foram obtidas pelos programas Path Analyst e V-Late. A detecção de mudança nas classes da MSPA foram obtidas por meio de tabulação cruzada. Inicialmente, as áreas mais desmatadas e fragmentadas concentravam-se na parte oeste da area de estudo, e com tempo, avançaram gradualmente para a parte leste. A ánalise indicou aumento na fragmentação da paisagem. No Capítulo 4 (artigo 3), obtivemos a representatividade das Áreas de Preservação Permanente (APPs) e das Unidades de Conservação (UCs) existentes na área de estudo; quantificamos a área de APP com uso ilegal da Terra a partir de mapeameto de detalhe obtido por interpretação visual de imagens PRISM/ALOS elaborado pelo Laboratório de Sistemas de Informações Espaciais da Universidade de Brasília em parceria com o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura e o Ministério da Integração Nacional; realizamos a avaliação multitemporal do desmatamento (1988 a 2011) dentro das Unidades de Conservação existentes na área de estudo; e aplicamos a análise morfológica (Morphological Spatial Pattern Analysis) em quatro simulações de cenários para avaliar o potencial das APPs como corredores estruturais. Os cenários simulados tiveram um aumento gradual de área recuperada: (a) cenário real (remanescente de vegetação natural obtida pelas imagens PRISM/ALOS); (b) Cenário 1 (cenário real + APPs e UCs recuperadas); Cenário 2 (cenário 1 + solos hidromórficos); Cenário 3 (cenário 2 + Reserva Legal de 50 metros em volta dos solos hidrmórficos); e (d) Cenário 4 (Cenário 3 + Reserva Legal de 200 metros em volta dos solos hidrmórficos). As Áreas de Preservação Permanente representam 3.54% da área de estudo, sendo que 4.35% deste total possui algum tipo de uso ilegal da Terra em seu interior. No período estudado, houve aumento na quantidade e na área das Unidades de Conservação. Entretanto, a caracterização multitemporal demonstrou que há áreas desmatadas até mesmo em Parques Nacionais e Estações Ecológicas, onde o uso da Terra é extremamente restrito. A inserção de áreas recuperadas nos cenários simulados permitiu o aumento das áreas de paisagem com núcleo, entretanto, não resultou em um aumento contínuo das pontes (classe da MSPA que representa a conectividade estrutural entre os fragmentos). A inserção de áreas recuperadas nas simulações de cenários também reduziu a fragmentação da paisagem na área de estudo. A flexibilidade na demarcação das áreas de Reserva Legal pode ser uma alternativa para a conservação de áreas frágeis como os solos hidromórficos e as zonas úmidas ripárias, além de criar uma faixa de amortecimento entre as áreas de ocupação humana e as Unidades de Conservação. Por fim, no Capítulo 5, apresentamos as considerações e conclusões gerais sobre os resultados obtidos na tese.en
dc.language.isoPortuguêsen
dc.rightsAcesso Abertoen
dc.titleAnálise das mudanças espaciais e temporais nos padrões de paisagem na região do oeste da Bahia sobre a formação do grupo urucuia (1988-2011) e suas implicações para a conservação do Cerradoen
dc.typeTeseen
dc.subject.keywordCerrados - conservaçãoen
dc.subject.keywordCultivos agrícolas - região oeste - Bahiaen
dc.subject.keywordFronteirasen
dc.rights.licenseA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.en
dc.identifier.doihttp://dx.doi.org/10.26512/2015.12.T.20520-
dc.contributor.advisorcoGomes, Roberto Arnaldo Trancoso-
dc.description.abstract1The overall objective of this thesis is quantify landscape patterns and their spatiotemporal changes over the period 1988-2011, besides identifying the main implications of these changes in the Cerrado biome conservation in the agricultural frontier of Western Bahia. The study area is restricted to soils over the Urucuia Group (Late Cretaceous), which is composed by continental sandstones related to desert environment. This geological formation generates flat areas with a predominance of Oxisols, characterized by medium texture, excessively drained and suitable for the development of intensive and mechanized agriculture. The thesis was organized in the form of five (5) chapters, and the development chapters (Chapters 2, 3 and 4) were drafted in the scientific articles form. In Chapter 1, we present the research problem, the general and specific objectives, and we present the landscape concept in the Landscape Ecology perspective. In Chapter 2 (article 1), we systematize and complement the multitemporal vector database of the land-cover and land-use by the visual interpretation from Landsat TM image of the years 1988, 1992, 1996, 2000, 2004, 2008 and 2011; we realize the land-cover/land-use change detection by post-classification method; we systematize the main public policies that influenced the Western Bahia occupation and systematize the IBGE official data on agricultural production in the region. The visual interpretation of Landsat TM image allowed the multitemporal mapping of the six classes of land-use/land-cover: agriculture and livestock, urban areas, water bodies, reforestation, altered vegetation and natural vegetation. During the period, major changes occurred in the natural vegetation classes (down 26.57%) and agriculture and livestock (27.13%). The advancement of agriculture and livestock was mainly on areas of native vegetation. In Chapter 3 (article 2), we analyze the landscape-fragmentation change detection during the period 1988-2011 by the application of two different procedures: (a) traditional landscape metrics; and (b) Morphological Spatial Pattern Analysis (MSPA). The calculation of MSPA attributes considered 10 edge widths, between 30 meters and 300 meters. Traditional landscape metrics were obtained from Path Analyst and V-Late software. Change detection in MSPA classes was obtained through cross-tabulation. Initially, the most deforested and fragmented areas are concentrated in the western part of the study area, and with time, gradually progresses towards for the eastern part. The analysis indicated increase in landscape fragmentation. In Chapter 4 (article 3), we obtained the representativeness of Permanent Preservation Areas (PPA) and Protected Area (PA) existing in the study area; we quantify the PPA area with illegal land use through detail mapping obtained by visual interpretation of PRISM/ALOS image elaborated by Laboratory of Spatial Information System of the University of Brasilia in partnership with Inter-American Institute for Cooperation and Agriculture and the Ministry of National Integration; we perform the multitemporal evaluation of deforestation (1988-2011) within existing Protected Areas in the study area; and we apply morphological analysis (Morphological Spatial Pattern Analysis) in four scenario simulation to assess the PPAs potential as structural corridors. The scenario simulations had a gradual increase in recovered area: (a) Real scenario (remaining natural vegetation obtained through PRISM/ALOS image); (b) Scenario 1 (remaining natural vegetation + PPAs and PA recovered); (b) Scenario 2 (Scenario 1 + hydromorphic soils); (c) Scenario 3 (Scenario 2 + Legal Reserve of 50 meters around the hydromorphic soils); and (d) Scenario 4 (Scenario 3 + Legal Reserve of 200 meters around the hydromorphic soils). Permanent Preservation Areas represents 3.54% of the study area, being that 4.35% of this total has some type of illegal land use inside her. In the period studied, there was increase in the quantity and area of Protected Areas. However, the multitemporal characterization showed that there deforested areas even in National Parks and Ecological Station, where the land use is extremely restricted. Insertion of recovered areas in the scenarios simulated allowed the increase of landscape areas with core, however, did not result in a continuous increase of the bridges (MSPA class that represents the structural connectivity between fragments). Insertion of recovered areas in the scenario simulations also decreased landscape fragmentation in the study area. Flexibility in the demarcation of areas of Legal Reserve may be an alternative for preservation of fragile areas as hydromorphic soils and riparian wetlands, besides creating a damping strip between the human occupation areas and the Protected Areas. Finally, in Chapter 5, we present the general considerations and conclusions on the results obtained in the thesis.-
Appears in Collections:GEA - Doutorado em Geografia

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/20520/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.