Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/20243
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_PedroRibeiroFontes.pdf2 MBAdobe PDFView/Open
Title: Quantificação do ergosterol por HPLC-DAD como medida da biomassa de Aspergillus tamarii cultivado na presença da casca de maracujá-amarelo (Passiflora edulis f. flavicarpa Degener) : desenvolvimento, otimização e validação
Other Titles: Ergosterol quantification by HPLC-DAD as a measure of Aspergillus tamarii biomass cultivated in presence of passion fruit peel (Passiflora edulis f. flavicarpa Degener) : development, optimization and validation
Authors: Fontes, Pedro Ribeiro
Orientador(es):: Mello, Maurício Homem de
Assunto:: Ergosterol
Maracujá
Resíduos agroindustriais
Aspergillus tamarii
Planejamento fatorial
Issue Date: 15-May-2016
Citation: FONTES, Pedro Ribeiro. Quantificação do ergosterol por HPLC-DAD como medida da biomassa de Aspergillus tamarii cultivado na presença da casca de maracujá-amarelo (Passiflora edulis f. flavicarpa Degener): desenvolvimento, otimização e validação. 2016. 80 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: O ergosterol tem papel fundamental na estrutura e função da membrana plasmática de fungos. Ele tem sido utilizado como marcador da biomassa fúngica, pois sua variação no tempo está associada à variação de biomassa. Diversos métodos de extração de ergosterol são reportados na literatura. Vários autores têm reportado o uso de delineamentos experimentais para otimizar procedimentos relacionados ao ergosterol, como a extração, cultivo de fungos ou a seleção de substratos para cultivo. Este trabalho teve por objetivo desenvolver e otimizar um método de extração assistida por micro-ondas de ergosterol de Aspergillus tamarii cultivado na presença de casca da maracujá-amarelo (CMA) como fonte de carbono (FC) e determinar o perfil de crescimento de A. tamarii pela quantificação do ergosterol. A massa de ergosterol extraído dividida pela massa inicial de amostra (µg/mg) foi usada como resposta nos experimentos de otimização. A triagem de variáveis da extração indicou que tempo de irradiação, volume de pentano e massa de amostra afetaram a resposta significativamente Um planejamento fatorial 23 foi modelado pela Metodologia de Superfície de Resposta (RSM) para maximizar a quantidade de ergosterol obtida. Os valores ótimos encontrados foram de 45 s de irradiação, 50 mg de amostra e 10 mL + 5 mL de pentano. A análise de ergosterol por HPLC-DAD apresentou tempo de retenção de 2,8 minutos e não foi observada co-eluição. O método apresentou boa linearidade (r2>0,999; 0,01 – 200,00 µg/mL) e precisão (CV<8.77%) em todas as análises. O ergosterol apresentou uma forte correlação com a biomassa de A. tamarii, além de aparentar ter alguma associação com a biomassa fúngica e a atividade de pectinase em função do tempo de crescimento.
Abstract: Ergosterol plays an important role to the structure and function of the membrane. It has been used in many studies as a marker of fungal biomass. Several methods of ergosterol extraction are found in literature. Authors have also reported the use of experimental designs to optimize procedures related to ergosterol, such as extraction, fungi cultivation or selection of different substrates. In this work, we aimed to develop and optimize a microwave-assisted extraction method of ergosterol from Aspergillus tamarii grown in the presence of passion fruit peel as carbon source and use the ergosterol production profile to determine the growth curve of A. tamarii. Ergosterol mass divided by initial sample mass (µg/mg) was used as response in optimization experiments. Preliminary selection of variables indicated that irradiation time, pentane volume and sample mass significantly affected the response. The data from a 23 factorial design were used to maximize the amount of ergosterol obtained in the extraction by Response Surface modeling. Ergosterol separation was achieved at 2.8 minutes and no co-elution was observed. The method has showed a good linearity (r2 >0.999, 0.01 – 200.00 µg/mL) and precision (CV<8.77%) to all analyses. Ergosterol showed to be strongly correlated to both pure fungal biomass and sample mass with residual lignocellulosic carbon source, and it appears to have some degree of correlation to the fungal biomass and pectinase activity along the growth time.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2016.03.D.0243
Appears in Collections:PPGCF - Mestrado em Ciências Farmacêuticas (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/20243/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.