Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/20028
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_ AnaBraunaSouzaBarroso.pdf2,6 MBAdobe PDFView/Open
Title: Jogos cooperativos na educação infantil e suas implicações para o espaço da sala de aula
Authors: Barroso, Ana Brauna Souza
Orientador(es):: Sá, Antônio Villar Marques de
Assunto:: Educação de crianças
Jogos educativos
Aprendizagem
Issue Date: 27-Apr-2016
Citation: BARROSO, Ana Brauna Souza. Jogos cooperativos na educação infantil e suas implicações para o espaço da sala de aula. 2016. 179 f., il. Dissertação (Mestrado em Educação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: Essa investigação tem a finalidade de analisar os comportamentos manifestados nas relações entre os educandos da educação infantil a partir da aplicação de jogos cooperativos, no contexto de uma escola pública do Distrito Federal. Para isso, foi necessário esclarecer o significado desses jogos, que são uma prática cooperativa de ensinar, e explicar que os processos de aprendizagens podem ser mais prazerosos com uma abordagem construtivista e lúdica. O embasamento teórico está apoiado em autores e pesquisadores que se dedicam ao estudo do lúdico, da educação infantil e dos jogos cooperativos como Marcos Almeida (2011a, 2011b, 2011c), Brotto (1998, 2003, 2013), Friedmann (1996), Huizinga (2012), Kishimoto (2011, 2013), Palmeiri e Branco (2004, 2007), Orlick (1989, 2002), Vigotski (2008, 2011) e Wasjkop (2009), entre outros. A metodologia adotada foi de cunho qualitativo, que se fundamenta nos princípios da pesquisa-ação e teve como participantes a professora e uma turma de 14 crianças do 2° período da educação infantil. Os instrumentos utilizados nesta pesquisa foram: observações participantes, entrevistas semiestruturadas, roda de conversa guiada por grupo focal, diário de campo e aplicações de jogos cooperativos. Para a análise dos dados, escolheu-se realizar a categorização e subcategorização das informações obtidas que permitiram analisar os conteúdos expressos pelos pesquisados. Esses dados foram gravados e transcritos cuidadosamente, gerando reflexões sobre a problemática do estudo em questão. Os resultados evidenciam que a maioria dos sujeitos demonstrou satisfação em participar dos jogos e vivenciou relações sociais significativas, como a amizade, cooperação e competição. Nesses processos de interação, foi perceptível também a presença de conflitos e desentendimentos que atrapalhavam o andamento de certos momentos lúdicos e que provocaram sensações e sentimentos de tristeza entre os envolvidos. Apesar das dificuldades, foram identificadas possibilidades nessa ação educativa lúdica para a integração entre as crianças e para a promoção de novas experiências e aprendizagens afetivas, sociais, cognitivas e metacognitivas, colaborando para uma adequada formação pessoal e social do ser humano que futuramente produzirá mudanças na sociedade competitiva atual. Enfim, o estudo constatou que os jogos cooperativos ainda são desconhecidos na fase da educação infantil e merecem mais atenção dos educadores, a fim de que esse espaço educativo seja mais alegre, interativo e repleto de aprendizagens significativas.
Abstract: This research aims to analyze the behaviors manifested in the relations between the students of early childhood education during the application of cooperative games, in the context of a public school in the Federal District. For this purpose, it was necessary to clarify the meaning of these games, which are practical cooperative teaching, and explain that learning processes can be more enjoyable with a constructivist and playful approach. The theoretical foundation is supported by authors and researchers who are dedicated to the study of the playful learning, of the early childhood education and cooperative games such as Marcos Almeida (2011a, 2011b, 2011c), Brotto (1998, 2003, 2013), Friedmann (1996), Huizinga (2012), Kishimoto (2011, 2013), Palmeiri and White (2004, 2007), Orlick (1989, 2002), Vygostki (2008, 2011), Wasjkop (2009), among others. The adopted methodology was of a qualitative approach, which is based on principles of action research, and had as participants the teacher and a group of 14 children of the 2nd period of early childhood education specifically for children from 4 to 5 years of age. The instruments used in this research were: participant observation, semi-structured interviews, wheel talk guided by focus groups, field diary and cooperative games applications. For the data analysis, we chose to perform the categorization and sub-categorization of information that has allowed us to analyze the contents expressed by respondents. These data were recorded and transcribed carefully, bringing reflections on the problem of study. The results show that most subjects demonstrated satisfaction in playing the games and experienced significant social relationships such as friendship, cooperation and competition. In these interaction processes, it was also noticeable the presence of conflicts and misunderstandings that hindered the progress of certain playful moments and that caused sensations and feelings of sadness among those involved. Despite the difficulties, possibilities for the integration of children and the promotion of new affective, social, cognitive and metacognitive experiences and learning were identified in these entertaining educational activities, contributing to an adequate personal and social development of the human being that in the future will make changes in the current competitive society. Finally, the study demonstrated that the cooperative games are still unknown at the stage of early childhood education and deserve more attention from educators so that this educational space becomes more cheerful, interactive and full of meaningful learning.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2016.03.D.20028
Appears in Collections:FE - Mestrado em Educação (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/20028/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.