Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/1996
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2006_GlendaBenitaGonzalesTaco.pdf2,03 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Desenvolvimento de uma metodologia para identificas espacialmente os níveis de emissão de gases derivados de veículos automotores nas áreas urbanas
Autor(es): Taco, Glenda Benita Gonzales
Orientador(es): Shimoishi, José Matsuo
Data de publicação: Ago-2006
Referência: TACO, Glenda Benita Gonzales. Desenvolvimento de uma metodologia para identificas espacialmente os níveis de emissão de gases derivados de veículos automotores nas áreas urbanas. 2006. 156 f. Dissertação (Mestrado em Transportes)-Universidade de Brasília, 2008.
Resumo: A poluição do ar vem se intensificado devido ao crescimento urbano aliado ao aumento acelerado do número de veículos motorizados, tornando-se necessária a adoção de instrumentos que auxiliem no controle dos seus efeitos no meio ambiente e à população. Embora existam programas de controle das emissões, são escassos os estudos que permitam avaliar espacialmente os níveis de emissão dos veículos em áreas urbanas. Nesse contexto, o presente trabalho desenvolveu uma metodologia de caráter estratégico para identificar espacialmente os níveis de emissão de gases derivados dos veículos automotores nas áreas urbanas, utilizando os fluxos de tráfego e valores referenciais de emissão veicular de gases de veículos automotores leves de ciclo Otto (CO, NOx) em reais condições de operação obtidos por Filizola (2005). Os valores referenciais expressos em grama por quilômetro rodado (g/km), permitem criar cenários dos níveis de emissão veicular nas principais vias do sistema viário. A metodologia inclui a geração de mapas de níveis de emissão veicular utilizando os Sistemas de Informação Geográfica (SIG) e a criação do banco de dados geográficos. A metodologia foi aplicada no estudo de caso em Brasília, Plano Piloto-DF, sendo utilizados os dados de contagem volumétrica dos controladores eletrônicos de velocidade das principais vias e valores referenciais de emissão veicular obtidos por Filizola (2005). A representação espacial dos níveis de emissão veicular no SIG permitiu identificar que as principais vias do sistema apresentam os máximos níveis de emissão do CO e NOx. Inferese que os altos fluxos de veículos nessas vias podem gerar uma menor velocidade média, provocando congestionamentos, e, por conseguinte, maiores níveis de emissão veicular. Dessa forma, a metodologia contribui para o controle da poluição do ar identificando locais críticos e permitindo a utilização de estratégias de controle do tráfego de veículos nas áreas urbanas no intuito de melhorar a qualidade de vida da população. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The air pollution caused by vehicles is increasing quickly because of urban growth associated with high figures in car sales, in such a way that is necessary to adopt policies to control its effects over the environment and urban population. Although there are federal regulations agencies and programmes for controlling emissions, these have not proved to be sufficiently supported by studies to measure spatially emissions levels related to vehicles in cities. Regarding this approach, in the paper it was developed a methodology to identify spatially gases emissions levels from vehicles in urban areas, applying traffic flow and standard values for vehicular emissions in Brazil. The methodology, having a strategic feature, was developed considering emissions levels from Otto cycle in real operation conditions. These data was obtained from Filizola (2005) and presented in grams by kilometer (g/km), what allows simulating sceneries for vehicular emissions levels in the major roads of a traffic system, both in big or small cities. Geographic Information System – GIS techniques were also used in order to create a database and generate thematic maps. The selected case study was the Pilot Plan, in the Federal District – Brazil, where were used volumetric data from electronic speed controllers in Brasilia’s major roads and reference values for vehicles emissions suggested by Filizola (2005). Results from spatial representation in the GIS software indicated that the major system roads have the highest emission levels of CO and NOx. It seems the high amount of vehicles in these roads promotes a lower average speed in these roads, resulting in traffic jams and high levels of vehicular emissions. It is argued the proposed methodology contributes to control air pollution, once identifies critical points, allowing planners to use this approach as a tool for strategic traffic control in urban areas, intending to reach a better quality of life for inhabitants.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2008.
Aparece nas coleções:ENC - Mestrado em Transportes Urbanos (Dissertações)
UnB - Brasília 50 anos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.