Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/19953
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_ChristianAlfonsoGonzálezMartínez.pdf2,72 MBAdobe PDFView/Open
Title: Principais componentes do óleo essencial de acessos de Mentha spp em Brasília e estudo da propagação vegetativa
Other Titles: Main components of the essential oil of accesses of Mentha spp in Brasilia and study of the vegetative propagation
Authors: González Martínez, Christian Alfonso
Orientador(es):: Mattos, Jean Kleber de Abreu
Coorientador(es):: Vieira, Roberto Fontes
Assunto:: Óleos essenciais
Menta - óleo essencial
Brasília (DF) - vegetação
Issue Date: 15-Apr-2016
Citation: GONZÁLEZ MARTÍNEZ, Christian Alfonso. Principais componentes do óleo essencial de acessos de Mentha spp em Brasília e estudo da propagação vegetativa. 2016. xiv, 64 f., il. Dissertação (Mestrado em Agronomia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: As mentas comumente citadas no Brasil são M. piperita, M. piperita var. citrata, M. spicata, M. x villosa e M. arvensis. Acessos dessas mentas são encontrados com facilidade no Brasíl, algumas no comércio local de Brasília, seja na forma de mudas ou na forma de hortaliças frescas em feiras e supermercados. São importantes na culinária, na farmacologia e como fragrâncias. Um ensaio foi instalado para revelar o perfil dos constituintes majoritários do óleo essencial de cinco acessos populares destas espécies no Brasil e especialmente em Brasília. Folhas de plantas com 90 dias de cultivo foram colhidas, secas, hidrodestiladas para obtenção do óleo essencial e analisadas por cromatografia gasosa (CG-FID e CG-MS). Três acessos apresentaram o quimiotipo esperado para a espécie, mentol para M. arvensis e M. piperita e linalol-acetato de linalila para M. piperita var. citrata. M. x villosa apresentou o quimiotipo carvona-limoneno e M. spicata apresentou o quimiotipo óxido de piperitenona-óxido de piperitona, atípicos para as estas espécies. Dois ensaios de propagação estudaram a possibilidade de otimização do método, reduzindo o tamanho do propágulo e ampliando as opções para meios de enraizamento. Foram testados em casa de vegetação, quatro tipos de estacas de estolão aéreo de M. piperita quanto ao número de nós (0,5; 1; 2 e 3). O enraizamento das estacas foi feito com dois meios de enraizamento: água em placas de Petri e substrato artesanal confeccionado na própria estação experimental, em vasos. Os melhores resultados foram obtidos com estacas de três nós, enraizadas previamente em substrato artesanal, embora mudas de todos os tratamentos tenham-se apresentado como viáveis. Também se testaram cinco meios de enraizamento em estacas de três nós: substrato artesanal; substrato comercial; areia adubada; areia comum e câmara úmida. As massas secas das mudas enraizadas no substrato artesanal e na areia adubada não diferiram estatisticamente entre si, tendo sido superiores às dos demais tratamentos. Todos os tratamentos produziram estacas viáveis.
Abstract: The mints more cited in Brazil are M. piperita, M. piperita var. citrata, M. spicata, M. x villosa and M. arvensis. Accessions of these mints are found with easiness in Brazil, some in the local commerce of Brasilia, either in the form of rooted cuttings or the form of vegetables in fairs and supermarkets. They are important in the cuisine, pharmacology and as fragrances. An assay was installed to especially reveal the aromatic profile of five popular accessions of these common species in Brazil and in Brasilia. Leaves of plants with 90 days of culture had been harvested, dried and submited to hidrodistillation for essential oil extraction and analyzed by gas chromatography (GC-FID; GC-MS). Three accesses presented chemotypes tipical for the species, mentol for M. arvensis and M. piperita and linalool-linalyl acetate for M. piperita var. citrata. M. x villosa presented the unespected chemotype carvone-limonene and M. spicata presented the unespected chemotype piperitenone oxide-piperitone oxide. Also, two assays of vegetative propagation had studied the possibility of improving the method, reducing the size of the cut and extending the options for rooting media. Four types of cuts of aerial stolons of M. piperita varying the number of nodes (0,5; 1; 2 and 3) were tested. The rooting of the cuts was made with two media: water in plates of Petri and the homemade substratum confectioned in the proper experimental station, in vases. The best results had been gotten with cuts of three nodes, previously taken root in the homemade substratum, even all the treatments have been presented as viable. Five rooting media were tested in three nodes cuts: homemade substratum; commercial substratum; fertilized sand; common sand and humid chamber. The dry masses of the cuts taken root in the homemade substratum and in the fertilized sand had not differed statistically between themselves, having been superior to the remaining treatments. All the treatments produced viable plants.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2016.02.D.19953
Appears in Collections:FAV - Mestrado em Agronomia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/19953/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.