Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/19796
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_LigierModestoBraga.pdf2,09 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Análise geomorfologica e geotécnica em encostas suscetíveis a processos erosivos : bacia hidrográfica do Ribeirão Contagem- DF
Autor(es): Braga, Ligier Modesto
Orientador(es): Uagoda, Rogério Elias Soares
Coorientador(es): Carvajal, Hernán Eduardo Martínez
Assunto: Bacia do Ribeirão Contagem
Movimentos de massa
Geomorfologia
Sedimentos (Geologia)
Solos - erosão
Data de publicação: 28-Mar-2016
Referência: BRAGA, Ligier Modesto. Análise geomorfologica e geotécnica em encostas suscetíveis a processos erosivos: bacia hidrográfica do Ribeirão Contagem- DF. 2015. ix, 67 f., il. Dissertação (Mestrado em Geografia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: Os movimentos de massa compõem uma parte dos fenômenos naturais que mais tem causado prejuízos, no mundo. O material transportado e depositado nas encostas em consequência de um movimento de massa, pode ser reconhecido por um número de características granulométricas, morfométricas e micromorfológicas, da encosta. Este trabalho objetivou caracterizar os solos de três encostas de uma pequena área da bacia do ribeirão Contagem, a partir de dados geomorfológicos, e sedimentológicos, e, vincular esses resultados ao conjunto de tensões presentes nos materiais dessas vertentes, para conhecer suas condições de estabilidade e propensão a movimentos de massa. Foram traçadas três topossequências para investigação dos materiais presentes em encostas de morfologias distintas (concavidade fechada, concavidade aberta, e encosta convexo-retilínea), onde foi utilizado um trado manual. Foram coletadas 6 amostras indeformadas, em porções distintas das encostas. Através de testes de cisalhamento direto, foram aferidos coesão e ângulo de atrito e calculada a resistência dos materiais. Distinguem-se na área de estudo, três patamares de deposição bem delimitados que conferem comportamentos distintos para cada porção da encosta e fundo de vale. Obtiveram-se altos valores de resistência ao cisalhamento para todas as porções das encostas, sendo que a convexo-retilínea apresentou a maior (68,11kPa). Os testes revelaram baixa coesão e angulo de atrito na área o vale. As curvas de ruptura apresentaram altas tensões cisalhantes suportadas pelos solos da encosta convexa, em detrimento das demais. A estabilidade dos materiais averiguada por esta pesquisa admite dizer que a ocorrência de fenômenos de deslizamento na bacia do ribeirão Contagem não estão predominantemente ligadas às características mecânicas dos materiais que as compõe. O que as análises geomorfológicas por sua vez nos intuem, é a existência pretérita da condição de eventos mais fortes que geraram as cicatrizes e deposições, observadas atualmente.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Geografia, Programa de Pós-Graduação em Geografia, 2015.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2015.08.D.19796
Aparece nas coleções:GEA - Mestrado em Geografia (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.