Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/19728
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_CapacidadeInformativaDemonstracoes.pdf290,26 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Capacidade informativa das demonstrações financeiras dos bancos brasileiros : uma análise sob a ótica do risco de liquidez
Outros títulos: Informational capacity of the financial statements of Brazilian banks : an analysis from the perspective of liquidity risk
Autor(es): Martins, Orleans Silva
Pereira, Clésia Camilo
Capelletto, Lúcio Rodrigues
Paulo, Edilson
Assunto: Demonstração financeira
Fluxo de caixa
Liquidez (Finanças)
Data de publicação: Jul-2012
Editora: Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Referência: MARTINS, Orleans Silva et al. Capacidade informativa das demonstrações financeiras dos bancos brasileiros: uma análise sob a ótica do risco de liquidez. Sociedade, Contabilidade e Gestão, Rio de Janeiro, v. 7, n. 2, jul/dez 2012. Disponível em: <http://www.atena.org.br/revista/ojs-2.2.3-06/index.php/ufrj/article/viewFile/1498/1342>. Acesso em: 22 mar. 2016.
Resumo: Este estudo tem o objetivo de analisar as demonstrações financeiras dos bancos brasileiros, sob a ótica do risco de liquidez, investigando se as Demonstrações dos Fluxos de Caixa e as Notas Explicativas dessas empresas atendem às exigências referentes à divulgação do risco de liquidez demandas pela IFRS 7 e pelos princípios do Comitê de Basiléia. Adicionalmente, foi investigado se os coeficientes de cobertura de caixa dessas empresas, calculados a partir da DFC, demonstram alguma relação com o cumprimento dessas exigências. Para isso, foi levantado um referencial teórico acerca da liquidez e do risco de liquidez, além do papel da DFC e das Notas Explicativas frente à divulgação de informações relativas à liquidez. Nesse sentido, foi realizado um estudo exploratório junto as 28 empresas que integram o Segmento Bancos da BM&F Bovespa, por meio de suas demonstrações financeiras do ano de 2009. Os principais resultados indicam baixa capacidade informativa dessas demonstrações em relação à situação e risco de liquidez, tendo em vista que apenas 60,71% das exigências contidas nas normas foram cumpridas. Ainda, pode-se concluir que o simples fato de possuir bons quocientes de cobertura de caixa não é condição necessária para figurar entre as empresas que mais cumprem as exigências de divulgação das situações e risco de liquidez, ou vice versa. Assim, mesmo quando as empresas possuem bons indicativos de liquidez, as informações exigidas pelo IASB e pelo BCBS deixam de ser divulgadas em suas demonstrações. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This study aims to analyze the financial statements of Brazilian banks, from the perspective of liquidity risk by exploring whether the Statements of Cash Flows and Notes to these companies meet the requirements concerning the dissemination of liquidity risk demands by IFRS 7 and the principles of the Basel Committee. Additionally, we investigated whether the coefficients of box cover these companies, calculated from the DFC, show some respect to compliance with those requirements. For that, was raised a theoretical framework about liquidity and liquidity risk, and the role of DFC and Notes before the disclosure of information relating to liquidity. Accordingly, an exploratory study was conducted with the 28 companies that comprise the Banks segment of the BM&F Bovespa, through its financial statements for the year 2009. The main results indicate a low capacity of these informative statements about the situation and liquidity risk, given that only 60.71% of the requirements contained in the standards were met. Still, we conclude that the mere fact that it has good cash coverage ratios is not a necessary condition to be among the companies that meet the disclosure requirements of the situation and liquidity risk, or vice versa. Thus, even when companies have good liquidity indicators, the information required by the IASB and the BCBS has not been disclosed in its financial statements.
Licença: Revista Sociedade Contabilidade e Gestão está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0). Fonte: http://www.atena.org.br/revista/ojs-2.2.3-08/index.php/ufrj/index. Acesso em: 22 mar. 2016.
Aparece nas coleções:CCA - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.