Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/19708
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_FabioSoaresAlvino.pdf924,7 kBAdobe PDFView/Open
Title: Concepções do idoso em um país que envelhece : reflexões sobre protagonismo, cidadania e direitos humanos no envelhecimento
Authors: Alvino, Fábio Soares
Orientador(es):: Pedroza, Regina Lúcia Sucupira
Assunto:: Envelhecimento
Cidadania
Protagonismo
Idosos
Issue Date: 19-Mar-2016
Citation: ALVINO, Fábio Soares. Concepções do idoso em um país que envelhece: reflexões sobre protagonismo, cidadania e direitos humanos no envelhecimento. 2015. 145 f., il. Dissertação (Mestrado em Direitos Humanos e Cidadania)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015
Abstract: Este trabalho tem como objetivo compreender as concepções de pessoas idosas sobre a importância de serem protagonistas na construção da Cidadania. Foram abordados como referencias teóricos a perspectiva do Envelhecimento visto como fenômeno biopsicossocial e como parte do desenvolvimento humano ao longo do curso de vida, além das teorias que enfatizam o Envelhecimento Ativo, a independência e o Protagonismo. Para compreensão dos aspectos políticos e jurídicos foram abordadas teorias sobre Direitos Humanos, Cidadania movimentos sociais e políticas públicas que se relacionam aos direitos do idoso. A pesquisa empírica foi realizada, entre abril e maio de 2015, com 14 participantes, de ambos os sexos, todos com idade igual ou superior a 60 anos, na Região Administrativa de Ceilândia. Foi utilizada como metodologia a abordagem qualitativa, com base na formação de grupos focais e utilização das narrativas, observação e discussão de temas relacionados ao objeto de estudo. Também fizeram parte do grupo, o pesquisador e uma ajudante de pesquisa. Foram realizados quatro encontros com objetivo de gerar debates, a partir de temas semiestruturados, que versavam sobre a relação entre o Protagonismo e a promoção da Cidadania e dos Direitos Humanos no contexto do Envelhecimento. Após os resultados, consideramos que o Envelhecimento é um fenômeno diversificado, influenciado por fatores subjetivos, culturais e sociais que se relacionam com o Protagonismo. A participação política dos idosos em processos relacionados à luta por direitos e o alcance da Cidadania ainda não é uma realidade habitual para muitos idosos. Fatores como discriminação, precariedade dos serviços de saúde e educação, falta de políticas públicas destinadas aos idosos e desigualdades sociais prejudicam o Protagonismo do idoso e limitam a sua consciência política sobre direitos, Cidadania participativa e Direitos Humanos.
Abstract: This work aims to understand the views of older people on the importance of being protagonists in the construction of citizenship. They were addressed as theoretical references to aging perspective seen as biopsychosocial phenomenon and as part of human development throughout the life course, in addition to theories that emphasize the Active Ageing, independence and protagonism. To understand the political and legal aspects were discussed theories on Human Rights, Citizenship social movements and public policies that relate to the rights of the elderly. The empirical survey was conducted between April and May 2015, with 14 participants, men and women, all aged over 60 years in the administrative region of Ceilândia. It was used as methodology the qualitative approach, based on the formation of focus groups and use of narratives, observation and discussion of topics related to the subject matter. Also part of the group, the researcher and a research assistant. Four meetings were held in order to generate debate, from semi-structured themes that focused on the relationship between protagonism and the promotion of citizenship and human rights in the context of aging. After the results, we infer that aging is a diverse phenomenon, influenced by subjective, cultural and social factors that relate to the protagonism. The political participation of older people in processes related to the struggle for rights and the scope of citizenship, it is not a common reality for many seniors. Factors such as discrimination, precarious health and education services, lack of public politics for older people and social inequalities harm the elderly Protagonism and limit their political awareness on rights, participatory citizenship and Human Rights.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, Programa de Pós-Graduação em Direitos Humanos e Cidadania, 2015.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2015.08.D.19708
Appears in Collections:PPGDH - Mestrado em Direitos Humanos e Cidadania (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/19708/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.