Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/19677
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_FabianaXavierCartaxoSalgado.pdf3 MBAdobe PDFView/Open
Title: Acesso a medicamentos para hipertensão arterial sistêmica em Ceilândia : componente da promoção do uso racional de medicamentos
Other Titles: Access to medicines for hypertension in Ceilândia : promotion component of rational use of drugs
Authors: Salgado, Fabiana Xavier Cartaxo
Orientador(es):: Karnikowski, Margô Gomes de Oliveira
Assunto:: Acesso a serviços públicos de saúde
Hipertensão
Medicamentos - utilização
Hipertensão - medicamentos
Hipertensão - tratamento
Ceilândia (DF)
Issue Date: 14-Mar-2016
Citation: SALGADO, Fabiana Xavier Cartaxo. Acesso a medicamentos para hipertensão arterial sistêmica em Ceilândia: componente da promoção do uso racional de medicamentos. 2015. 125 f, il. Tese (Doutorado em Ciências e Tecnologias em Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Abstract: Introdução: As Doenças Crônicas Não-Transmissíveis (DCNT) representam as principais causas de morte no mundo. A Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) é a mais prevalente. O medicamento anti-hipertensivo constitui-se um importante meio de controle da doença e seu acesso deve ser assegurado. Este trabalho busca avaliar o acesso da população de Ceilândia a medicamentos para o tratamento da Hipertensão Arterial Sistêmica. Métodos: Estudo epidemiológico realizado por Inquérito domiciliar com delineamento transversal. Foram investigados perfil epidemiológico e socioeconômico, hábitos comportamentais, DCNT e a idade em que foram diagnosticadas. Verificou-se as dimensões de acesso a medicamentos anti-hipertensivos referentes a disponibilidade física, monetária, geográfica e de aceitabilidade encontradas pelos usuários hipertensos de Ceilândia. Resultados: O universo amostral foi de 400 indivíduos e a amostra de hipertensos de 140 (35%). A primeira morbidade a ser diagnosticada foi a HAS (43,08±12,3 anos), seguida da Diabetes Mellitus (DM) (50,0±12,9 anos), Dislipidemias (DLP) (50,3±14,9 anos) e a Artrite Reumatoide (AR) (51,5±14,4 anos). A avaliação do acesso aos medicamentos anti-hipertensivos sob a dimensão da disponibilidade física, revelou que os usuários encontraram dificuldades para aquisição em quase um terço das oportunidades e em alguns casos não obtiveram acesso gratuito a nenhum desses produtos, o que reverberou na aquisição dos medicamentos através de recursos financeiros próprios. A maior dificuldade de acesso foi verificada nas farmácias do Sistema Único de Saúde e farmácias populares. A população hipertensa apresentou um perfil de obesidade, baixa escolaridade, menor renda per capita e a atitude de reduzir o sal na dieta de forma significativa, bem como uma maior associação com outras morbidades, quando comparado aos não hipertensos. Conclusão: O acesso aos medicamentos essenciais ao tratamento da HAS encontra-se comprometido, devido ao desabastecimento da rede pública de saúde, o que tem onerado o usuário. Trata-se de uma população que apresenta morbidades associadas, aliadas a hábitos de vida considerados de risco para o agravamento da doença. Estes resultados revelam a necessidade de implementação de políticas públicas eficazes, que assegurem o acesso aos medicamentos anti-hipertensivos e envolvam a participação do usuário na mudança de hábitos e comportamentos, a fim de promover o controle adequado e sustentado da Hipertensão Arterial Sistêmica.
Abstract: Objective: The chronic non-communicable diseases (CNCD) is the leading cause of death worldwide. Systemic arterial hypertension (SAH) is the most prevalent. The antihypertensive drug constitutes an important means of controlling the disease and its access should be ensured. This work aims to assess the access of the population of Ceilândia drug for the treatment of Hypertension. Methods: Epidemiological study carried out by household survey with cross-sectional design. They were investigated epidemiological and socioeconomic profile, behavioral habits, NCDs and the age they were diagnosed. There was the dimensions of access to antihypertensive drugs regarding the physical availability, monetary, geographic and acceptability encountered by users of hypertensive Ceilândia. Results: The sample universe was 400 subjects and hypertensive sample of 140 (35%). The first to be diagnosed morbidity was hypertension (43.08 ± 12.3 years), followed Diabetes Mellitus (DM) (50.0 ± 12.9 years), dyslipidemia (DLP) (50.3 ± 14.9 years) and Rheumatoid Arthritis (RA) (51.5 ± 14.4 years). The evaluation of access to anti-hypertensive drugs on the size of physical availability, revealed that users found it difficult to acquire in nearly a third of opportunities and in some cases did not obtain free access to any of these products, which reverberated in the purchase of medicines through its own financial resources. The more difficult access was found in pharmacies of the Unified Health System and drugstores. The hypertensive population showed an obesity profile, low education, lower per capita income and the attitude of reducing salt in the diet significantly and a higher association with other diseases compared to non-hypertensive. Conclusion: Access to essential medicines for treatment of hypertension is impaired due to the shortage of public health system, which has burdened the user. It is a population that has associated morbidities, combined with lifestyle at risk for the disease from worsening. These results reveal the need to implement effective public policies that ensure access to antihypertensive medications and involve user participation in changing habits and behaviors in order to promote proper and sustained control of hypertension.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, Programa de Pós-Graduação em Ciências e Tecnologia em Saúde, 2015.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições:Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2015.12.T.19677
Appears in Collections:PGCTS - Doutorado em Ciências e Tecnologias em Saúde

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/19677/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.