Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/19660
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_RicardoAlainLeyvaNápoles.pdf970,56 kBAdobe PDFView/Open
Title: Contribuições da psicanálise para um novo enfoque na relação fisioterapeuta – paciente
Authors: Nápoles, Ricardo Alain Leyva
Orientador(es):: Almeida, Inês Maria Marques Zanforlin Pires de
Assunto:: Fisioterapia
Doença psicossomática
Educação
Psicanálise
Subjetividade
Issue Date: 6-Mar-2016
Citation: NÁPOLES, Ricardo Alain Leyva. Contribuições da psicanálise para um novo enfoque na relação fisioterapeuta – paciente. 2015. 120 f., il. Dissertação (Mestrado em Educação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Abstract: A garantia do direito e a preservação da saúde representam uma questão crítica na atual conjuntura socioeconômica. Nesse ínterim, entender a relação entre profissionais e usuários é de suma importância para o efetivo atendimento das pessoas que procuram pelos serviços de saúde. Esse desafio demanda alterações necessárias à formação acadêmica e profissional do fisioterapeuta com o propósito de aproximá-lo a real demanda de seus usuários. Nesse sentido, a visão hegemônica do paradigma biomédico mecanicista que impera nesses cursos, precisa ser revista em prol de uma formação que valorize a dimensão subjetiva do ser humano. O propósito dessa pesquisa parte da necessidade de uma perspectiva que permita a real aproximação entre a teoria e a prática para uma formação integral e humanizada do fisioterapeuta. O objetivo geral discute à luz da Psicanálise acerca do paralelismo da psicossomática implícita na relação fisioterapeuta-paciente e sua possível contribuição para uma formação mais apropriada do profissional da Fisioterapia com seu público alvo. Como desdobramentos, apontamos como objetivos específicos: 1) Investigar e identificar quais são as lacunas na formação profissional do fisioterapeuta que dificultam o exercício efetivo no atendimento básico de saúde; 2) A partir dos depoimentos dos sujeitos fisioterapeutas e pacientes, discutir acerca do papel social da Fisioterapia no Atendimento Básico à Saúde e; 3) Investigar e identificar qual é a percepção que se tem acerca da relação fisioterapeuta-paciente, desde o ponto de vista dos lados entrevistados - fisioterapeutas e pacientes. O referencial psicanalítico junto à epistemologia da metodologia qualitativa de caráter exploratório nos sustentou no aprofundamento dos fenômenos observados, delimitando a natureza da discussão teórica dos fatos examinados, oriundos da análise documental e das entrevistas individuais com os sujeitos, a saber, sete fisioterapeutas e sete pacientes. As considerações finais apontam que: a psique expressa a essência de cada sujeito, o estilo de vida e os determinantes sociais que influenciam diretamente sobre a saúde, assim como, um feedback importante para o tratamento das doenças de maneira geral; o reconhecimento da singularidade e subjetividade do paciente é essencial para o sucesso e resolução do processo terapêutico; as condições saúde-doença requerem um conhecimento de nossas próprias capacidades e limitações para negociar com a psicossomática implícita nesses processos; a pesquisa nos indica a necessidade de repensar a formação do fisioterapeuta para a aplicação prática do conteúdo trabalhado e não apenas a teorização mecânica de conceitos carentes de sentido e de significado no contato real com os usuários.
Abstract: The guarantee of the right and the health preservation represent a critical issue at the current socio-economic circumstances. In the meantime, understand the relationship among professionals and patients is really important for the effective care of people who search for health services. This challenge requires the necessary changes of the physiotherapist‘s school and professional background with the intent of narrowing him to the real patients‘ needs. Hence, the hegemonic view of the mechanical biomedical paradigm, which prevails in those courses, needs a review to promote a formation that values the subjective dimension of the human being. The purpose of this research is based on the necessity of a perspective that allows the real approach between the practice and the theory in order to allow the complete and humanist physiotherapist‘s formation. The main objective explains the Psychoanalysis in terms of the psychosomatic parallelism implied in the patient-physiotherapist relationship and their contribution for a more proper formation of the Physiotherapist and his target audience. As an outcome, we present as specific objectives: 1) Investigate and identify which are the lacks of the physiotherapist‘s professional background that hamper the effective execution of health basic care; 2) From the statement of the physiotherapists and patients on, debate the Physiotherapy social role in Heath Basic Care and; 3) Investigate and identify which is the perception about the patientphysiotherapist relationship from the interviewed point of view - physiotherapists and patients. The psychoanalysis reference with the epistemology of the qualitative methodology, with investigatory characteristics, gave us the fully support to the observed phenomena, delimiting the nature of the theoretical discussions of the examined facts from the documentary analysis and private interviews with seven physiotherapists and seven patients. As final conclusions: the psyche expresses the essence of each person, the lifestyle and social determinants that directly influence health, as well as, an important feedback in order to treat diseases in a general way. The recognition of patient‘s singularity and subjectivity is essential for the success and the resolution of the therapeutic process. The disease-health conditions require an understanding of our own capabilities and limitations to negotiate with the psychosomatics implied in those processes. The research indicates the necessity of reviewing the physiotherapist‘s academic formation in order to apply the practice of the worked content and not only the mechanical theorization of concepts deprived of sense and meaning in the real contact with the patient.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2015.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2015.10.D.19661
Appears in Collections:FE - Mestrado em Educação (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/19660/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.