Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/19611
Título: Estrada Geral do Sertão : potenciais turísticos de um caminho quase esquecido
Autor(es): Lima, Bárbara Lins
Orientador(es): Dias, Karina e Silva
Assunto: Patrimônio cultural
Sertão - Brasil
Turismo
Data de publicação: 28-Fev-2016
Data de defesa: 10-Jul-2015
Citação: LIMA, Bárbara Lins. Estrada Geral do Sertão : potenciais turísticos de um caminho quase esquecido. 2015. 159 f., il. Dissertação (Mestrado Profissional em Turismo)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: Com a vinda da Capital para o Planalto Central, boa parte das memórias da região, antecedentes à construção de Brasília, foram parcialmente esquecidas. Uma dessas memórias diz respeito à Estrada Geral do Sertão, uma Estrada da época do Brasil Colônia que ligava a Bahia ao interior do País e era importante rota de comunicação e transporte de mercadorias, especialmente ouro e gado. De toda a Estrada em questão, o trecho de 300 quilômetros, que cruza a Região Norte do Distrito Federal e alguns municípios do Entorno, foi um dos atingidos por tal esquecimento. Apesar de não ser muito divulgada, a região possui atrativos turísticos consideráveis, como cavernas, cachoeiras, museus, festas populares, trilhas, centros históricos. Hoje, esses atrativos estão sendo redescobertos por parte de ciclistas da região. Em grupos e divulgando em sites e outros meios de comunicação, eles têm conseguido conhecer e divulgar parte desses fragmentos de memórias ainda existentes. A pesquisa em questão mostra essa dinâmica e apresenta como turismo, em especial o cicloturismo e a comunicação, podem contribuir para desvelar os fragmentos de memórias da Estrada Geral do Sertão. ____________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
When Juscelino Kubitschek decided to change the Capital to Planalto Central, much of the memories of the region before Brasilia were partially forgotten. One of those memories was about the Estrada Geral do Sertão, a road from the time of colonial Brazil that linked Bahia to the countryside and it was an important communication route. Was used to transport of sort of goods, especially gold and leather. Of all the road in question, the stretch of 300 km, crossing the North Region of the Distrito Federal and some municipalities in the surrounding areas, was one of those affected by such oblivion. Although not highly publicized, the region has considerable tourist attractions such as caves, waterfalls, museums, festivals, trails, historic centers.Today these attractions are being rediscovered by cyclists in the region. With groups and publishing on websites and other media they have gotten to know and disclose of these remaining fragments of memories. The research in question shows that dynamic and presents tourism and communication can contribute to unveil the memories of fragments of the Estrada Geral do Sertão.
Descrição: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Excelência em Turismo, Programa de Pós-Graduação em Turismo, Mestrado Profissional em Turismo, 2015.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:CET - Mestrado Profissional em Turismo (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_BarbaraLinsLima.pdf40,19 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.