Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/19578
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_ThiagoVilelaLemos.pdf7,12 MBAdobe PDFView/Open
Title: Os efeitos da Kinesio Taping aplicada com diferentes tensões e sentidos : um ensaio clínico controlado, randomizado e cego
Authors: Lemos, Thiago Vilela
Orientador(es):: Matheus, João Paulo Chieregato
Assunto:: Kinesio Taping (KT)
Músculos - desempenho
Eletromiografia
Eletroencefalografia
Issue Date: 25-Feb-2016
Citation: LEMOS, Thiago Vilela. Os efeitos da Kinesio Taping aplicada com diferentes tensões e sentidos: um ensaio clínico controlado, randomizado e cego. 2015. x, 120 f, il. Tese (Doutorado em Ciências e Tecnologias em Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Abstract: Objetivos: O objetivo deste estudo é avaliar o comportamento da temperatura, da atividade eletromiográfica (EMG), da força muscular, da amplitude de movimento (ADM) e da atividade eletroencefalográfica (EEG), após a aplicação da Kinesio Taping (KT) no músculo reto femoral, com diferentes tensões e direções. Metodologia: Trata-se de um ensaio clínico randomizado e cego, com uma amostra de 32 sujeitos jovens saudáveis, divididos em dois grupos (n=16). No grupo A, a KT foi aplicada sobre a região do músculo reto femoral do membro dominante, no sentido de origem para inserção muscular (facilitação) e, no grupo B, da inserção para origem (inibição). O membro não dominante foi usado como controle, sem a KT. No primeiro dia a KT foi aplicada com 0% de tensão, no segundo dia com 10 a 15% de tensão e no terceiro dia com a tensão total de 75 a 100%. As avaliações foram realizadas antes, imediatamente após a aplicação da KT, e 24 horas com a presença da bandagem. Antes de cada aplicação, a musculatura foi submetida a uma vibração mecânica sobre o tendão patelar, a fim de provocar uma situação basal de desequilíbrio neuromuscular em todos os grupos. Resultados: Quando comparada a temperatura intra grupos, não houve diferença significativa entre o membro experimental, submetido às aplicações de KT, e o membro não dominante, o controle. No entanto, a temperatura do grupo A, com 24hs na tensão à 75%, obteve diferença significativa, com redução da temperatura, tanto no membro experimental (p=0,004) como no membro controle (p=0,005), entre os grupos. Quando avaliado a EMG o membro experimental do grupo A apresentou resultados significativos nos momentos pré e pós KT (p=0,003) e pós e 24hs (p=0,009) sem tensão; também pré e 24hs (p=0,009), pós e 24hs (p=0,002) a 10% de tensão; e pré e 24hs (p=0,006) a 75% de tensão. O grupo B também apresentou resultados significativos com 0% (p=0,002) e com 10% de tensão (p=0,02). Quando avaliada a força e a ADM entre os grupos não houver resultados significativos. Na EEG ocorreram alterações principalmente nas ondas Alfa e Beta no grupo A, porém os resultados não foram significativos provavelmente em decorrência da grande perda amostral. Conclusão: Conclui-se, a partir da metodologia proposta nesse estudo, que a Kinesio Taping aplicada sobre o músculo reto femoral não induz a alterações na temperatura local, na força muscular e na amplitude de movimento articular. Os valores absolutos da atividade eletroencefalográfica (EEG) sugerem alterações em áreas motoras, no entanto, sem relevância estatística. Na atividade eletromiográfica (EMG) ocorreram alterações significativas, porém, sem relação direta com a direção de aplicação. As maiores alterações desse sinal ocorreram nas aplicações de baixas tensões da KTT, sendo, 10% e nenhuma tensão.
Abstract: Objectives: The aim of this study is to evaluate the temperature, the electromyographic (EMG) activity, the muscle strength, the range of motion (ROM), and electroencephalographic (EEG) after the Kinesio Taping (KT) application on the Rectus Femoral with different tensions and directions. Methods: This is a controled, randomized, blind clinical trial with a sample of 32 healthy young subjects, divided into two groups (n=16). Group A, the KT was applied on the dominant limb from the muscle origin to its insertion (facilitation), and Group B, from the insertion to its origin (inhibition). The nondominant limb was used as the control of this study without the KT. On the first day KT was applied with 0% of tension, on the second day with 10 to 15%, and on the third day with the total tension of 75 to 100%. The evaluations were performed before, immediately after the KT application, and 24 hours with the tape. Before each application, the muscle was subjected to a mechanical vibration of its tendon (patellar) in order to cause a neuromuscular imbalance. Results: The results from this study when evaluated the strength and ROM between the groups didn’t show any significant results. Significant results were presented in these outcomes when was compared the differentes moments on the experimental limb, but almost the same happenned with the control limb. When the EMG was evaluated, the experimental limb of the group A showed significant results on pre and post KT (p=0,003), and post with 24 hours (p=0,009) without tension; also on pre and 24h (p=0,009), and post with 24h (p=0,002) at 10% tension; pre with 24h (p=0,006) at 75% tension. The group B also showed significant results with 0% (p=0,002), and with 10% of tension (p=0,02). However, the temperature of the group A, in 24 hours at 75% tension had a significant difference, obtained a reduction in the temperature, both it happenned on the experimental limb (p=0,004) and also on the control limb (p=0,005) between the groups. The EEG had several changes most on the Alpha and Beta waves on group A, but due to a large sample loss due to corrupted data, the results were not statistically significant. Conclusion: There are no changes in the local temperature, muscle strength and range of motion, so changes have occurred in electroencephalographic activity (EEG), but without statistical significance. Electromyographic (EMG) activity had some statistically significant changes, but not directly related to the direction of application, and the major changes occurred on the applications with low KTT tension like 10%.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, Programa de Pós-Graduação em Ciências e Tecnologia em Saúde, 2015.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições:Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2015.09.T.19578
Appears in Collections:PGCTS - Doutorado em Ciências e Tecnologias em Saúde

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/19578/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.