Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/19372
Title: Desenvolvimento de competências numéricas e inclusão escolar : uma pesquisa de intervenção com um adolescente com paralisia cerebral
Authors: Chiesa, Aline de Amorim Pinto
Orientador(es):: Fávero, Maria Helena
Assunto:: Inclusão escolar
Intervenção psicopedagógica
Matemática - estudo e ensino
Deficiência intelectual
Ensino especial
Data de defesa:: 11-Dec-2015
Citation: CHIESA, Aline de Amorim Pinto. Desenvolvimento de competências numéricas e inclusão escolar: uma pesquisa de intervenção com um adolescente com paralisia cerebral. 2015. xii, 237 f. Dissertação (Mestrado em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Abstract: A Declaração de Salamanca defende os princípios, as políticas e as práticas para as necessidades educacionais especiais e a inclusão de crianças e jovens com necessidades educacionais especiais no ensino regular e fundamenta o conceito de escola inclusiva. A revisão bibliográfica a respeito da inclusão escolar em periódicos de psicologia nas bases de dados PePSIC e SciELO, entre 2004 e 2013, apontou, após um procedimento de análise e síntese, as seguintes categorias: 1- artigos focados nas questões teórico-conceituais da inclusão educacional; 2- artigos referentes a concepções sobre a inclusão educacional; 3-artigos referentes à discussão sobre a prática escolar inclusiva; 4- artigos referentes à relação entre competências profissionais e inclusão escolar. Foi evidenciada a busca de solidificação da base teórica e paradigmática que sustenta a prática educacional inclusiva e evidencia a complexidade que envolve essa prática. A presente dissertação defende a necessidade de pesquisas de intervenção que gerem subsídios para a prática educacional inclusiva e seu foco é o desenvolvimento de competências matemáticas de um estudante com Paralisia Cerebral, incluso no 6° ano do Ensino Fundamental, na Rede Pública do Distrito Federal. A pesquisa foi desenvolvida em quatro fases: a primeira foi constituída de entrevista semiestruturada, segundo os seguintes eixos: concepções do estudante acerca de sua história escolar, suas concepções sobre a escola, noções temporais e espaciais relacionadas ao cotidiano escolar, relações sociais, concepções sobre sua escolaridade, competências e dificuldades escolares, em especial em matemática; a segunda consistiu de avaliação das capacidades e das dificuldades relacionadas aos conhecimentos numéricos, através da Épreuve Conceptuelle de Résolution des Problèmes Numériques - ECPN (Groupe Cimete, 1995); na terceira fase realizou-se um procedimento de intervenção de natureza psicopedagógica, baseado na proposta de Fávero (2002), que articula a avaliação das competências e dificuldades matemáticas, a sistematização de cada uma das sessões de trabalho – em termos de objetivos e descrição das atividades propostas – e uma análise minuciosa do desenvolvimento das atividades para cada sessão, explicitando: a sequência de ações do sujeito, o significado destas ações em relação as suas aquisições de estruturas conceituais, o tipo de mediação estabelecida entre o adulto e o sujeito. Dessa forma, cada sessão de intervenção foi transcrita na íntegra e analisada, segundo a proposta de Fávero (2002). Na quarta fase, ocorreu a avaliação das capacidades e dificuldades ao término da intervenção, com a retomada da Prova ECPN. Os resultados apontaram para a pertinência de se considerar a relação entre as dificuldades e competências presentes no desenvolvimento humano. Foram evidenciados indícios de desenvolvimento psicológico do participante em suas enunciações que, nas primeiras sessões de intervenção, caracterizavam-se pela repetição da fala da pesquisadora. Com o desenvolvimento das sessões de intervenção, suas enunciações foram substituídas pela fala consigo mesmo, o que caracterizou uma forma de organizar seu pensamento. Evidenciou-se também a dificuldade de organização perceptual do participante, o que pode ter dificultado o desenvolvimento de suas competências matemáticas na escola, à medida que podem não ter recebido a devida atenção em seu processo de escolarização. Conclui-se pela validade da metodologia utilizada em face do objeto de estudo e sugere-se a pesquisa e a prática psicopedagógica como auxiliares relevantes para o processo de inclusão escolar. ___________________________________________________________________________ ABSTRACT
The Salamanca Statement advocates the principles, policies and practices for special educational needs and the inclusion of children and young people with special educational needs in regular education; it is the basis of the concept of inclusive school. After a process of analysis and synthesis, the literature review about school inclusion in psychology journals in the PePSIC and SciELO databases between 2004 and 2013 pointed out the following categories: 1-articles focused on theoretical and conceptual issues of educational inclusion; 2-articles referring to conceptions of educational inclusion; 3-articles referring to the discussion on inclusive school practice; 4-articles on the relationship between professional competences and school inclusion. The search for consolidating the theoretical and paradigmatic basis supporting inclusive educational practice was highlighted and it shows the complexity involved in that practice. This dissertation advocates the need for intervention research that contributes for inclusive educational practice. Its focus is the development of mathematical competences by a student with Cerebral Palsy, included in the 6th year of Elementary School, in the public school system of Brazil’s Federal District. The research was conducted in four stages. The first stage consisted of a semi-structured interview, according to the following axes: the student’s views about his school history; his views about school; temporal and spatial notions related to everyday school life; social relations; views on his schooling, competences and learning difficulties, especially in mathematics. The second stage consisted of assessment of abilities and difficulties related to numerical knowledge using Épreuve Conceptuelle de Résolution des Problèmes Numériques – ECPN (Groupe Cimete, 1995). A psychological and pedagogical intervention procedure was held in the third stage, based on Favero’s (2002) proposal articulating assessment of competences and mathematical difficulties, systematization of each of the working sessions – in terms of aims and description of proposed activities – and a thorough analysis of the development of activities for each session, thus explaining: the sequence of the subject’s actions, the meaning of those actions regarding his acquisition of conceptual structures, and the type of mediation established between the adult and the subject. Thus, each intervention session was fully transcribed and analyzed as proposed by Favero (2002). In the fourth stage, abilities and difficulties were assessed at the end of the intervention, with the resumption of the ECPN Test. The results pointed out the relevance of considering the relationship between difficulties and competences present in human development. Indications of the participant’s psychological development were seen in his utterances, which, in the first sessions of intervention, were characterized by the repetition of the researcher’s speech. With the development of intervention sessions, his utterances were replaced by talking to himself, which was a way to organize his thinking. The participant’s difficulty for perceptual organization was also seen, which may have hindered the development of his mathematical competences at school, since they may not have received due attention during his schooling process. We conclude for the validity of the methodology used in face of the objects of study and suggest research and psychopedagogical practice as relevant aids in school inclusion.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2015.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:PED - Mestrado em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_AlineAmorimPintoChiesa.pdf2.71 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.