Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/19272
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_GabriellyCraveiroRamos.pdf3,42 MBAdobe PDFView/Open
Title: Atividade simpática, parassimpática e metabólica influenciadas pelo comportamento da distribuição do suporte de peso em pé adquirido na condição de hemiparesia crônica
Other Titles: Sympatetic, parasimpatetic and metabolic activities influenced by weight-bearing distribution behavior during upright position acquired in the chronic hemiparesis condition
Authors: Ramos, Gabrielly Craveiro
Orientador(es):: Gomes, Claure Nain Lunardi
Coorientador(es):: Martins, Emerson Fachin
Assunto:: Acidente vascular cerebral
Frequência cardíaca
Sistema nervoso
Óxido nítrico
Issue Date: 25-Jan-2016
Citation: RAMOS, Gabrielly Craveiro. Atividade simpática, parassimpática e metabólica influenciadas pelo comportamento da distribuição do suporte de peso em pé adquirido na condição de hemiparesia crônica. 2015. xi, 83 f, il. Tese (Doutorado em Ciências e Tecnologias em Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Abstract: Introdução: O acidente vascular cerebral (AVC) é a causa mais frequente de incapacidade neurológica crônica da população adulta. Esta afecção cerebrovascular pode gerar alterações tanto no controle postural, observada por assimetria na distribuição do suporte de peso em pé, quanto no controle autonômico, verificadas por meio das respostas simpática e parassimpática na variabilidade da frequência cardíaca (VFC). Assim, a modificação combinada dos controles promovida pelo dano encefálico poderia resultar em um aumento do gasto energético, fato que pode originar uma situação de estresse oxidativo, observável pela quantidade de nitrato sérico. Objetivo: Verificar se as atividades nervosas simpática e parassimpática, bem como a atividade metabólica observada pelos níveis de nitrato sérico são alteradas pelo tipo de suporte de peso em pé adotado cronicamente pelos sobreviventes de AVC. Métodos: Empregou-se delineamento de estudo transversal do tipo caso-controle em 51 sujeitos com hemiparesia crônica, cuja idade e índice de massa corpórea (IMC) foram utilizados para normalizar outros 57 sujeitos hígidos. Todos eram homens, com idade entre 40 e 70 anos. Os indivíduos hemiparéticos foram submetidos a mensurações por baropodometria computadorizada, para identificação do tipo de distribuição do suporte de peso em pé, definido pelo cálculo da razão de simetria (RS). Posteriormente, o grupo hemiparesia foi separado em três subgrupos definidos pela distribuição em: simétricos (n=7), assimétricos com sobrecarga no hemicorpo não predominantemente usado (HNPU, n=7) e assimétricos com sobrecarga no hemicorpo predominantemente usado (HPU, n=5). Os controles foram aleatoriamente separados para compor o subgrupo referência (n=7). Para caracterizar a resposta da atividade simpática e parassimpática sobre a VFC foram realizados cálculos das funções derivadas da VFC no domínio do tempo e de frequência nas posturas supino, sentado e em pé, com duração de 5 minutos em cada postura e com intervalo de 2 minutos de repouso entre elas. Por fim, extraiu-se de amostras de sangue colhidas por sujeito o nível de nitrato sérico. Resultados: Os testes estatísticos não detectaram correlação significativa do RMSSD (parassimpático) com idade e valores de RS; embora o RMSSD do subgrupo simétrico tenha apresentado uma tendência ao aumento na postura em pé (0,05<p<0,10) da ordem de 3 vezes (14,7 para 47,6) quando comparado ao subgrupo referência. Na postura sentada, a variável baixa frequência (BF) diminuiu de forma significativa para o subgrupo simétrico (0,05±0,01) comparado ao subgrupo referência (0,08±0,02). Já na postura em pé houve aumento significativo da alta frequência (AF) que foi detectado no subgrupo simétrico (0,26±0,076) quando comparado ao subgrupo referência (0,173±0,056). Em relação a concentração de nitrato sérico, nenhuma diferença significativa foi observada nos testes realizados. Conclusão: Os resultados obtidos sugerem uma possível associação da atividade parassimpática na distribuição do suporte de peso realizado por cada indivíduo ou grupo, principalmente, quando observados em posturas com maior esforço antigravitário nos sujeitos com hemiparesia que mantém uma distribuição mais simétrica deste suporte, sugerindo que os indivíduos do subgrupo hemiparesia, que adotaram distribuição mais simétrica de peso, poderiam estar fazendo maior esforço para manter a postura simétrica, esforço este que poderia ser o responsável pela adaptação cuja resposta foi observada no comportamento cardíaco.
Abstract: Introduction: The strokeis the most frequent cause of chronic neurological disability in adults. The cerebralvascular disorder can generate changes whether in the postural control, observed by asymmetry in the distribution of standing weight-bearing, or in the cardiac autonomic control through the sympathetic and parasympathetic response, changing the heart rate variability (HRV). Then the combined changes promoted by the encephalic injury could in increased energy expenditure, which may result in a condition of oxidative stress, observed by the amount of serum nitrate. Objective: To determine whether the sympathetic and parasympathetic nervous activities, and metabolic activity observed by serum nitrate levels are change by the type of weight-bearing standing chronically adopted by stroke survivors. Methods: The cross-sectional design was applied in the case-control type for 51 subjects with chronic hemiparesis whose age and body mass index (BMI) were used to normalize 57 others healthy subjects. All was men between 40 and 70 years. The hemiparetic subjects under went measurements computed baropodometry, to identify the type of standing weight-bearing defined by calculating the ratio of symmetry (RS). Subsequently, hemiparesis group was split in to three subgroups presented by distribution types: symmetric (n=7), asymmetric overloading the nonpredominantly used hemibody (NPUH, n=7)) and asymmetric overloading the predominantly used in the hemibody (PUH, n=5). Controls were randomly separated to compose the reference subgroup (n=7). To characterize the sympathetic and parasympathetic response from HRV, we calculated derived functions from HRV in the time and frequency domain in supine, sitting and standing postures for 5 minutes each posture and a rest interval of two minutes between them. At last, we extracted from the blood samples the level of serum nitrate. Results: Statistical tests did not detect significant correlation between age and RMSSD (parassimpatic) values, although the RMSSD symmetric subgroup has shown a trend to increase during upright posture (0.05<p<0.10) to 3 times (14.7 to 47.6) compared to the reference sub-group. In the sitting posture, thr variable low frequency (BF) decreased significantly in the symmetric subgroup (0.05 ± 0.01) compared to the reference subgroup (0.08±0.02). While, in the standing posture, a significant increase in righ frequency (AF) was detected in the symmetric subgroup (0.26±0.076) when compared to the reference sub-group (0.173±0.056). None significant differences was observed from nitrate serum concentration. Conclusion: Our results suggest a possible association between parasympathetic activity and types of weight-bearing distribution, mainly observed in the postures demanding more antigravity-effort in the subjects with hemiparesis, which maintain a more symmetrical distribution of this support, suggesting that the individuals from the symmetric distribution coul be leading to adaptate the response observed in the cardiac performance.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, Programa de Pós-Graduação em Ciências e Tecnologia em Saúde, 2015.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições:Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2015.09.T.19272
Appears in Collections:PGCTS - Doutorado em Ciências e Tecnologias em Saúde

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/19272/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.