Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/19044
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_AdrianaVelosoMeireles.pdf13,64 MBAdobe PDFView/Open
Title: Democracia 3.0 : interação entre governo e cidadãos mediada por tecnologias digitais
Authors: Meireles, Adriana Veloso
Orientador(es):: Camara, Rogerio José
Coorientador(es):: Silva, Tiago Barros Pontes e
Assunto:: Design de interação
Participação social
Consultas online
Tecnologia digital
Democracia
Issue Date: 29-Dec-2015
Citation: MEIRELES, Adriana Veloso. Democracia 3.0: interação entre governo e cidadãos mediada por tecnologias digitais. 2015. 249 f., il. Dissertação (Mestrado em Design)—Universidade de Brasília, 2015.
Abstract: Este trabalho parte de um relato histórico da participação por meios digitais no Brasil, com foco em consultas públicas interativas, ou seja, aquelas em que os cidadãos conversam entre si. Para iniciar a análise observamos o processo da formação das preferências e o ativismo orientado à causas para então conceituar uma crise da democracia representativa, tanto no contexto nacional como global. Destacamos as parceiras para governos abertos como um marco na tentativa de resposta dos Estados à uma demanda da população por mais protagonismo na construção de políticas públicas. Abordamos a tecnologia com foco na participação, para então conceituar o design de interação. Pontuamos como esta área do conhecimento pode colaborar com a elaboração e desenvolvimento de ambientes de participação mais interativos, que se aproximem mais da realidade dos cidadãos. Fechamos o trabalho propondo um conjunto de recomendações para a construção de consultas interativas a partir de uma perspectiva dialógica com foco em uma democracia mais direta, mediada por tecnologias digitais. Concluímos apresentando tendências de uma eventual democracia digital, com destaque para uma representação política mais fluída e o uso de tecnologias para participação que extrapolam a Internet.
Abstract: This research starts from a historic account of social participation in Brazil through the Internet, focusing on interactive online consultations, those in where the citizens dialogue between themselves. In order to start the analysis we observe the processes of preference formation and the cause-oriented activism to, then conceptualize the so-called crisis of representative democracy, in both the national and international contexts. The partnership for Open Governments is understood as a starting point of the endeavor that national states take into responding to the population’s demand for a greater role in the formulation of public politics. The approach of technology focuses on participation through the concept of interaction design. We make a point of how this area of knowledge can collaborate with the elaboration and development of digital platforms of participation that are more interactive, and that are closer to the citizen’s reality. After the analysis and diagnosis of the nation platforms available the research proposes a path for the development of online interactive consultations from a dialogue-based perspective with focus on a direct democracy, mediated by technologies. The research is concluded by the presentation of trends towards an eventual digital democracy. The main highlights are a more fluid political representation and an utilization of technologies which promote social inclusion extrapolated from the Internet.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Artes, Departamento de Desenho Industrial, Programa de Pós-­Graduação em Design, 2015.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2015.08.D.19044
Appears in Collections:DIN - Mestrado em Design (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/19044/statistics">



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons