Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/19015
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_LucianaSoaresMuniz.pdf3,48 MBAdobe PDFView/Open
Title: Aprendizagem criativa da leitura e da escrita e suas inter-relações com o desenvolvimento da subjetividade da criança
Authors: Muniz, Luciana Soares
Orientador(es):: Mitjáns Martínez, Albertina
Assunto:: Aprendizagem criativa
Subjetividade
Leitura e escrita
Issue Date: 21-Dec-2015
Citation: MUNIZ, Luciana Soares. Aprendizagem criativa da leitura e da escrita e suas inter-relações com o desenvolvimento da subjetividade da criança. 2015. 315 f., il. Tese (Doutorado em Educação)—Universidade de Brasília, Brasilia, 2015.
Abstract: O objetivo central da presente pesquisa foi compreender como a criatividade emerge na aprendizagem da leitura e da escrita e suas inter-relações com o desenvolvimento da subjetividade da criança. Como aporte teórico, embasamo-nos na Teoria da Subjetividade de González Rey, na qual a subjetividade é compreendida em sua dupla condição social e individual. Buscamos também subsídio na concepção de aprendizagem criativa desenvolvida por Mitjáns Martínez para a qual este tipo de aprendizagem constitui-se como processo complexo da subjetividade humana. Para a pesquisa empírica, orientamo-nos pelos princípios da Epistemologia Qualitativa desenvolvida por González Rey, em um processo construtivo-interpretativo. Realizamos três estudos de caso em que acompanhamos três aprendizes durante o 1º ano e 2º ano do ensino fundamental, em uma escola pública da rede Municipal de ensino de Uberlândia/MG. Utilizamos para o estudo instrumentos diversificados, tais como: observação e sistemas conversacionais que envolveram a participação dos estudantes, professores e familiares. Assim como recorremos a instrumentos que envolveram apenas a participação das crianças, dos quais citamos: trilha das frases, oficinas de leitura e escrita, brincando de escolinha e outros. Dentre os principais resultados, identificamos, na singularidade de cada caso desenvolvido, as três características da criatividade na aprendizagem definidas por Mitjáns Martínez, quais sejam: personalização da informação, confrontação com o dado e produção, e, ainda, geração de ideias próprias e novas que transcendem o dado. Apresentamos, ainda, outra característica, a qual definimos como relação lúdica e que se integra às anteriores. Tais características se organizaram em unidade às estratégias de aprendizagem que, em seu conjunto, estiveram associadas à configuração subjetiva da ação de aprender criativamente. Essa se expressou por núcleos de sentidos subjetivos, constituídos por elementos da subjetividade individual, da subjetividade social e dos processos relacionais vinculados ao sujeito no contexto da ação. Concluímos que, na recursividade entre as ações de aprender criativamente e o movimento da subjetividade, pela produção de sentidos subjetivos na ação, ocorreram mudanças subjetivas que se tornaram mais estáveis, capazes de reconfigurar a organização subjetiva atual e reverberar para novas expressões da criatividade. Nesta dinâmica, a configuração subjetiva da ação de aprender criativamente se organizou como unidade subjetiva do desenvolvimento. Esse movimento, em sua complexidade, permitiu-nos fundamentar a tese de que, na aprendizagem da leitura e da escrita, a criatividade emerge de forma sistêmica e constitui-se processo de desenvolvimento da subjetividade da criança.
Abstract: The main purpose of the current research was to understand how the creativity emerges on reading and writing learning as well as its interrelationships with child’s subjectivity development. As a theoretical support, we were based on González Rey’s Subjectivity Theory, in which subjectivity is understood in its double condition: social and individual. We have also searched subsidy on the creative learning conception developed for Mitjáns Martínez in which this kind of learning constitutes itself as complex process of human subjectivity. For empirical research, we were guide for Qualitative Epistemology principles developed for González Rey, in a constructive-interpretative process. We have performed three case studies in which we followed three learners during their 1st and 2nd year on basic education, in a public school on the Municipal School System of Uberlândia/MG. For the trial were used several instruments, as: observation, conversational systems involving the participation of students, teachers and familiars. We also resort to instruments involving children participation alone, of which we may mention: track of sentences, reading and writing workshops, playing school, among others. Among the main results, we could identify on the singularity of each developed case, the three attributes of creativity on learning, defined by Mitjáns Martínez, being: information personalization, confrontation with the data and production, and, yet, generating own and new ideas transcending the data. We still present another quality, defined as playful relationship, integrating itself to the ones before. These characteristics organized themselves into unit to the learning strategies that, in its group, had been associated to the subjective configuration of the action to learn creatively. This last configuration expressed itself through nuclei of subjective senses, formed by elements of individual subjectivity, social subjectivity and the relational processes bounded to the subject on action context. We conclude that, on recursion between the action to learn creatively and the subjectivity motion, for production of subjective senses on action, there were subjective changes that became stable, able to reset the current subjective organization and to reverberate to new creativity expressions. On this dynamics, the subjective configuration of the action of learn creatively organized itself as development’s subjective unit. This motion, in its complexity, allowed us to fundament the thesis that in the learning of reading and writing, creativity emerges in a systemic way and constitutes itself as a process of child’s subjectivity development.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-graduação em Educação, 2015.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2015.04.T.19015
Appears in Collections:FE - Doutorado em Educação (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/19015/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.