Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/18810
Title: Perfil do desempenho neuroneuromuscular, marcha e equilíbrio em indivíduos acometidos pelo acidente vascular encefálico em comparação a controle pareados
Authors: Costa, Rodrigo Rodrigues Gomes
Orientador(es):: Carregaro, Rodrigo Luiz
Assunto:: Acidente vascular cerebral - pacientes
Equilíbrio (Fisiologia)
Lesão cerebral
Hemiparesia
Aptidão física
Issue Date: 26-Nov-2015
Data de defesa:: 10-Sep-2015
Citation: COSTA, Rodrigo Rodrigues Gomes. Perfil do desempenho neuroneuromuscular, marcha e equilíbrio em indivíduos acometidos pelo acidente vascular encefálico em comparação a controle pareados. 2015. 64 f., il. Dissertação (Mestrado em Educação Física)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Abstract: Introdução: O acidente vascular cerebral (AVC) pode ocasionar a hemiparesia, caracterizada por alterações do tônus muscular, do controle motor e da força em um dos hemicorpos, também denominado membro parético. Sabe-se que também há comprometimento do lado não parético (ipsilateral a lesão encefálica). A força muscular de cada hemicorpo apresentam correlação a marcha e equilíbrio postural. A análise concomitante da força dos dois hemicorpos através da divisão ou subtração do membro não parético pelo membro parético também apresentam correlação com a marcha. Porém não existem estudos no momento que avaliaram a soma da força dos membros inferiores (SPT) e a relação isquiossurais quadríceps funcional (I/QF) em indivíduos acometidos pelo AVC. Objetivo: Comparar o desempenho neuromuscular, marcha, qualidade de vida e equilíbrio de indivíduos acometidos pelo AVC com um grupo controle sem lesão neurológica. Métodos: Dois grupos: Grupo experimental (GAVC) com 28 indivíduos acometidos pelo AVC com idade em mediana (25-75%) de 52,5 (47-58) anos e tempo de lesão em anos (SD) de 43,4 (31,5) meses; Grupo Controle (GCONT) sem lesão encefálica com idade pareada. Avaliação da força muscular concêntrica dos extensores de joelho e excêntrica dos flexores do joelho no dinamômetro isocinético do lado parético e não parético do grupo experimental e dos dois hemicorpos do grupo controle. Avaliação da marcha com o teste de 10 metros e teste de caminhada de 6 minutos. A qualidade de vida foi avaliada pela Stroke Impact Scale. O equilíbrio postural foi avaliado pela escala de Berg. Resultados: 1) o tempo para atingir o pico de torque e a I/QF do lado não parético foram semelhantes ao comparar GCONT e o GAVC. As outras todas variáveis apresentaram valores inferiores para o GAVC; 2) a SPT apresentou maior fator preditivo para a marcha; 3) o pico de torque, a potência média, o trabalho total do membro não parético e a potência média do membro parético foram as variáveis que melhor discriminaram o GAVC do GCONT. Conclusão: o tempo para atingir o pico de torque e a I/QF do lado não parético foram as únicas variáveis semelhantes ao comparar indivíduos com AVC e controle, além disso a SPT foi o maior fator preditivo para a marcha e o pico de torque, a potência média, o trabalho total (não parético) e a potência média (parético) foram as variáveis que melhor discriminaram os indivíduos com AVC. ___________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Introduction: The stroke can lead to hemiparesis, characterized by changes in muscle tone, motor control and strength in one of hemibodies, also called paretic limb. It is known that there is also involvement of the non-paretic side (ipsilateral brain injury). Muscle strength of each hemisphere correlate gait and postural balance. Concomitant analysis of the strength of the two hemibodies by division or subtraction member of the non-paretic paretic member also correlate with the march. But there are no studies when evaluating the sum of the strength of the lower limbs (SPT) and the relationship hamstring quadriceps functional (H/QF) in individuals affected by stroke. Objective: To compare the neuromuscular and functional performance of chronic post-stroke with healthy subjects. Methods: twenty eight patients with median (25-75%) of 52,5 (47-58) years, onset stroke with mean (SD) 43,4 (31,5) months, and twenty eight age-matched controls. Concentric isokinetic torque of the extensor muscles of the knee and eccentric isokinetic torque of the flexor muscles of the knee of the affected and unaffected limb; in post-stroke patients and the two limbs in normal subjects, was assessed by isokinetic dynamometer. Walking performance was evaluated by using the 12-meter walking test and 6 minute walking test. Quality of life as measure by the Stroke Impact Scale and the Berg Scale to determine postural balance. Results: No difference in time to peak torque and functional hamstring to quadriceps ratio between patients and normal subjects was observed. The highest predictive value for walking performance are SPT. The peak torque, average power, total work of the affected limb and average power of the affected limb came out as the strongest’s determinants of differentiation between chronic post-stroke with healthy subjects. Conclusion: the time to peak torque and the H/QF side not paretic were the only variables similar when comparing individuals with stroke and control, in addition to SPT was the most predictive factor for the walking performance and the peak torque, average power, total work (non-paretic) and the average power (paretic) were the variables that best discriminated individuals with stroke.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação Física, 2015.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FEF - Mestrado em Educação Física (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_RodrigoRodriguesGomesCosta.pdf1.09 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.