Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/18667
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_PaulaSimasdeAndrade.pdf3,2 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: A ocupação do sudoeste paraense : desafios sociais e riscos ambientais
Autor(es): Andrade, Paula Simas de
Orientador(es): Bursztyn, Marcel
Assunto: Energia elétrica - Brasil - aspectos econômicos
Usinas hidrelétricas - Brasil
Desenvolvimento sustentável
Ocupação do solo
Pará
Data de publicação: 3-Nov-2015
Referência: ANDRADE, Paula Simas de. A ocupação do sudoeste paraense: desafios sociais e riscos ambientais. 2014. 138 f., il. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Sustentável)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Resumo: O crescimento demográfico verificado no período de 2000 a 2014, aliado a programas sociais voltados para a redução de pobreza, à política salarial adotada a partir de 2003 e a uma maior disponibilidade de crédito contribuíram para elevar o consumo de energia no Brasil. Para atender a esta demanda, o Plano Decenal de Expansão Energética do governo brasileiro previu, até 2022, a construção de cerca de 29 usinas hidrelétricas na Amazônia e a ampliação das linhas de transmissão de energia do Sistema Interligado Nacional (SIN) para a região. Entre essas, 11 usinas hidrelétricas a fio d’água serão construídas na região sudoeste do Pará. Ao mesmo tempo, a tendência de redução de pobreza em diversos países populosos em desenvolvimento e o consequente dinamismo do mercado de commodities fez surgir uma nova rota de exportação pela região. O objetivo desta dissertação é analisar os impactos econômicos e socioambientais negativos e positivos da construção dessas obras de infraestrutura na região ainda bastante preservada do sudoeste do Estado do Pará. Também é objetivo deste trabalho discutir como políticas públicas de desenvolvimento sustentável, planos de ocupação territorial e planejamento urbano podem reduzir os conflitos socioambientais e os impactos da ocupação humana na região. Conclui-se que, apesar dos efeitos sobre o meio ambiente, a construção de infraestrutura de fornecimento de energia, de portos fluviais e a pavimentação de estradas podem favorecer a implantação de políticas públicas de desenvolvimento sustentável. ______________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Energy consumption in Brazil increased due to population growth during the period of 2000-2014, social programs to combat poverty, wage policies adopted since 2003 and a larger access to credit. To meet this demand, the Brazilian Government’s Ten-Year Energy Expansion Plan for 2022 plans the construction of 29 hydroelectric plants in the Amazon Region and the expansion of power transmission lines of the National Interconnected System (SIN) to the region. Among these, 11 run-of-the-river hydroelectric plants will be built in the southwest region of the State of Para. At the same time, poverty reduction in many populous developing countries and the consequent dynamism of the commodity market created a new export route through the region. This thesis’ aim is to evaluate the positive and negative economic and socio-environmental impacts of the construction of such infrastructure in this largely preserved region of the State of Para. Also, this paper discusses how public policies for sustainable development, land-use and urban planning can reduce environmental conflicts and the impacts of human occupation in the region. It evaluates that, despite its negative impacts on environment, the construction of hydroelectric power plants and river ports in addition to road-surfacing can favor the implementation of public policies for sustainable development.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável, 2014.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:CDS - Mestrado Acadêmico em Desenvolvimento Sustentável (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.