Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/18618
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_RitaSilvanaSantanaSantos.pdf2,73 MBAdobe PDFView/Open
Title: Olhares a respeito da educação ambiental no currículo de formação inicial de professores
Authors: Santos, Rita Silvana Santana dos
Orientador(es):: Catalão, Vera Margarida Lessa
Assunto:: Educação ambiental
Currículos
Professores - formação
Ensino superior
Issue Date: 22-Oct-2015
Citation: SANTOS, Rita Silvana Santana dos. Olhares a respeito da educação ambiental no currículo de formação inicial de professores. 2015. 280 f., il. Tese (Doutorado em Educação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Abstract: A pesquisa teve o propósito de analisar como a Educação Ambiental (EA) ocorre nos currículos dos cursos de formação inicial de professores, a partir de concepções e experiências de docentes universitários. De caráter qualitativo, a pesquisa envolveu professores de licenciatura, integrantes de coletivos de educadores ambientais que atuam em universidades, centros universitários e Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, considerados como sujeitos do currículo. Utilizou-se como procedimentos de pesquisa questionário, entrevista e análise do plano de disciplina e do projeto pedagógico do curso. A EA está presente nas propostas pedagógicas dos cursos como disciplina específica, extensão, parte de uma disciplina ou transversalmente, apesar da oferta por meio de disciplina específica e extensão prevalecerem. Vários fatores têm influenciado a inserção da EA dentre os quais estão a legislação vigente, políticas públicas e gestão universitária. Os estudos indicaram que a forma de inserção da EA no contexto da IES apresenta fatores que podem ser favoráveis ou desafiadores, dependendo do curso ou da IES. Evidenciaram também que, apesar dos desafios há avanços no desenvolvimento da Educação Ambiental nos currículos de licenciatura, por exemplo, no espaço-tempo definido para a EA no currículo. A diversidade de experiência dos sujeitos da pesquisa indica que não há o melhor caminho para inserção da EA, mas sim o mais adequando a cada realidade. Os depoimentos também revelaram que para além da legislação que garante a inserção da EA na IES é necessário o comprometimento da gestão além do investimento em políticas públicas que subsidiem o desenvolvimento da EA, considerando a autonomia e as peculiaridades de cada IES. A análise aponta que a inserção da Educação Ambiental no currículo não se restringe à inclusão de um componente curricular, mas à formação emancipatória dos licenciandos realizadas a partir da articulação entre ensino, pesquisa e extensão.
Abstract: This research intends to analyze how environmental education takes place in teatchers´s educational curriculum in their initial years, based on conceptions and experiences of university teachers (professors). Of qualitative character, the research has involved college professors, members of environmental education collectives working in universities, university centers and Science and Technology Federal Institutes, considered here as the subject of the curriculum. Questionnaire, interview and analysis of disciplines and pedagogical proposal of the course were used as the procedure. A EA (environmental education) is present in pedagogical proposals of courses as a specific discipline, extension, part of a discipline or transversally part of it. Althoug it is more often offered as specific or extension discipline. Many factors have been influencing the insertion of EA, among which are the legislation, public policies and university management. The studies pointed that both, the form of insertion of EA in the context of IES (higher learning institution) present factors that may be favorable or challenging, depending of the course or IES. They´ve also showed that, despite the challenges, there are advances in the development of environmental education in the curriculla of teachers education, for example, in the space-time defined for EA in the curricula. The diversity of experiences of the subjects on the research indicates that there is not a “best way” insert EA, but the most adequate to each reality. Interviews also revealed that, beyond the legislation that guarantees EA in the IES, compromise of the management team, investments in public policies in order to subsidize the development of EA are necessary, considering the autonomy and peculiarities of each IES. The analysis shows that the insertion of environmental education in the curriculum is not restricted to inclusion of a curricular component, but the emancipatory education of the teachers, based on the articulation of teaching, research and extension.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2015.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2015.04.T.18618
Appears in Collections:FE - Doutorado em Educação (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/18618/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.