Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/18594
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_GislaineAparecidaFernandes.pdf1,6 MBAdobe PDFView/Open
Title: Comportamento reprodutivo do papagaio-de-cara-roxa (Amazona brasiliensis: Psittacidae, Aves ) : uma abordagem molecular
Authors: Fernandes, Gislaine Aparecida
Orientador(es):: Caparroz, Renato
Assunto:: Pagaio-de-cara-roxa (Ave)
Aves - ninhos
Aves - reprodução
Aves - comportamento
Reprodução animal
Issue Date: 14-Oct-2015
Citation: FERNANDES, Gislaine Aparecida. Comportamento reprodutivo do papagaio-de-cara-roxa (Amazona brasiliensis: Psittacidae, Aves ): uma abordagem molecular. 2015. 51 f., il. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Abstract: As espécies do gênero Amazona são consideradas monogâmicas sociais, não sendo identificado até o momento casos de fertilização extra-par (FEP). Outra característica importante em relação ao comportamento reprodutivo das espécies deste gênero é a fidelidade ao ninho, pois os indivíduos geralmente selecionam locais mais seguros para nidificar, como por exemplo, locais com baixos níveis de predação. O fato de que a maioria dos psitacídeos, em particular as espécies deste gênero, não apresenta dimorfismo sexual dificulta a análise de diversos aspectos relacionados ao sistema de acasalamento, exigindo do pesquisador a observação de comportamentos críticos. Uma das alternativas que vem sendo aplicada para superar estas limitações em estudos de comportamento reprodutivo em aves é o uso de marcadores moleculares co-dominantes e altamente polimórficos como os microssatélites. Neste contexto, ainda se conhece pouco a respeito da biologia reprodutiva do papagaio-de-cara-roxa (Amazona brasiliensis), necessitando uma atenção maior sobre esta questão. Neste trabalho nós contribuímos com mais informações para melhor compreensão acerca da biologia reprodutiva do papagaio-de-cara-roxa a partir da estimativa da relação de parentesco entre ninhegos encontrados em ninhos naturais e artificiais na região da Baia de Paranaguá, no estado do Paraná, com oito loci de microssatélite. Os resultados obtidos mostraram que 76% dos ninhegos analisados apresentaram relação de parentesco de irmãos, 20% de meio-irmãos e 4% de não relacionados. Os casos de irmandade foram interpretados como evidência de monogamia do casal, os de meio-irmãos como casos de FEP, enquanto os não-relacionados como casos de competição intra-específica de ninho. Os resultados também mostraram que esta espécie apresenta uma taxa de 83% de reocupação de cavidades, a maior já descrita para o gênero, sendo que a reocupação pelo mesmo casal foi de 71%. Portanto, nós concluímos que Amazona brasiliensis não pode ser considerada monogâmica genética já que há evidência de FEP. Por outro lado, apresenta um padrão de fidelidade ao sítio reprodutivo, já que a maior parte dos casais analisados ocuparam a mesma cavidade nas estações reprodutivas seguintes, mesmo havendo perda de ninhada na estação reprodutiva anterior.
Abstract: The species of the genus Amazona are considered social monogamous, not being identified yet cases of extra-pair fertilization (EPF). Another important feature in relation to the reproductive behavior in species of this genus is fidelity to the nest, as a kind usually selects the safest places to nest, for example, sites with low levels of predation. The fact that most parrots, particularly species of this genus, do not show sexual dimorphism complicates the analysis of various aspects related to the mating system, requiring the researcher to observe critical behaviors. One alternative that has been applied to overcome these limitations in reproductive behavior studies in birds is the use of co-dominant and highly polymorphic molecular markers as microsatellites. In this context, little is known about the reproductive Red-tailed amazon biology (Amazona brasiliensis), requiring greater attention on this issue. In this work, we contribute more information to better understanding reproductive biology of Red-tailed amazon from the estimate of the kinship relation between nestlings found in natural and artificial nests in the region of Paranaguá Bay, in Paraná with eight microsatellite loci. The results showed that 76% of nestlings analyzed showed kinship relation of full-sibs, 20% of half-sibs and 4% unrelated. Cases of full-sibs were interpreted as evidence of couple monogamy, the half-sibs as cases of EPF, while unrelated as cases of intraspecific competition nest. The results also showed that this species has a rate of 83% cavity reoccupation, the largest ever reported to the genus, and the reoccupation by the same couple was 71%. Therefore, we conclude that Amazon brasiliensis can not be regarded as genetic monogamous since there is evidence of EPF. However, shows a pattern of the nest site fidelity, since most of analyzed couples occupied the same cavity in the following breeding seasons and the loss in previous breeding season does not seem to influence the cavity reoccupation at next station.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, 2015.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2015.02.D.18594
Appears in Collections:IB - Mestrado em Biologia Animal (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/18594/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.