Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/18590
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_LetíciaAlvesSantos.pdf2,3 MBAdobe PDFView/Open
Title: “Quando chega domingo, fico triste de ter que trabalhar na segunda” : a qualidade de vida no trabalho em questão no serviço público federal
Authors: Santos, Letícia Alves
Orientador(es):: Ferreira, Mário César
Assunto:: Qualidade de vida no trabalho
Universidades e faculdades
Ergonomia da atividade
Issue Date: 13-Oct-2015
Citation: SANTOS, Letícia Alves. “Quando chega domingo, fico triste de ter que trabalhar na segunda”: a qualidade de vida no trabalho em questão no serviço público federal. 2014. 133 f., il. Tese (Doutorado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Abstract: O objeto temático desta tese é a Qualidade de Vida no Trabalho (QVT). Esta pesquisa teve como propósito realizar um diagnóstico de Qualidade de Vida no Trabalho em uma universidade pública brasileira com base na percepção dos trabalhadores (técnicos, docentes, prestadores de serviço, terceirizados e estagiários) utilizando o modelo teórico metodológico da Ergonomia da Atividade Aplicada a Qualidade de Vida no Trabalho (EAA_QVT), proposto por Ferreira (2012). A importância de investigar cientificamente a QVT engloba distintos aspectos. Esta pesquisa, do ponto de vista social, poderá ser uma contribuição para que a universidade cumpra melhor a sua missão organizacional. Do ponto de vista institucional, o diagnóstico de QVT realizado, que assinala o seu caráter aplicado, pode contribuir para melhoria das condições gerais de trabalho. Estratégias organizacionais poderão ser criadas com base nos resultados da pesquisa, representações dos próprios trabalhadores sobre a temática, para garantir o bem-estar dos profissionais, promovendo a saúde do trabalhador e, como consequência, o aprimoramento dos serviços prestados aos cidadãos. Desta forma, a compreensão do contexto de trabalho poderá viabilizar a implementação de mudanças que poderá garantir a efetividade organizacional. Sob a ótica acadêmica, o conhecimento científico (rigoroso, confiável) é um requisito essencial para subsidiar o planejamento, a execução e a avaliação de práticas transformadoras sustentáveis no contexto organizacional. Além disso, ao investigar os aspectos macro e microergonômicos de QVT na percepção dos trabalhadores, esta pesquisa visa contribuir com novos conhecimentos para reflexão e o aperfeiçoamento do quadro teórico de referência em Ergonomia da Atividade (Ferreira, 2012), uma vez que é inédita a aplicação do modelo teórico-metodológico da EAA_QVT em uma universidade pública brasileira.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações, 2014.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:PSTO - Doutorado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/18590/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.