Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/18339
Título: Agência pública : espaços, atores, práticas e processos em reconfiguração na produção de investigações jornalísticas
Autor(es): Xavier, Aline Cristina Rodrigues
Orientador(es): Paulino, Fernando Oliveira
Assunto: Jornalismo eletrônico
Jornalismo investigativo
Data de publicação: 9-Jun-2015
Data de defesa: 24-Fev-2015
Referência: XAVIER, Aline Cristina Rodrigues. Agência pública: espaços, atores, práticas e processos em reconfiguração na produção de investigações jornalísticas. 2015. 172 f., il. Dissertação (Mestrado em Comunicação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: A pesquisa investiga os atores (membros internos e membros externos), as práticas e os processos de trabalho (financiamento, produção e distribuição) adotados pela Agência Pública (AP), no anseio de verificar como se constitui o modelo de negócio praticado pela AP, dentro de um cenário de convergência, no qual ocorrem reconfigurações nos espaços, atores, nas práticas e nos processos de produção de investigações jornalísticas. A Agência Pública apresenta-se como um objeto contemporâneo, característica que somada ao seu caráter unitário no contexto brasileiro contribuiu para a seleção do estudo de caso único incorporado, com unidades múltiplas de análise, como estratégia de pesquisa. Tal escolha pareceu-nos mais aconselhável em decorrência da pesquisa, em um primeiro momento, se propor a investigar e a descrever a Agência Pública em profundidade, por meio de três unidades de análise: organizacional, que se refere ao corpo de colaboradores, suas atribuições e responsabilidades; financeira, que diz respeito ao financiamento e à construção da sustentabilidade; e produtiva, que se concentra nas práticas e nos processos de produção adotados pela organização. Tomando-se por base as informações coletadas dentro das três unidades de análise, foi aplicada a ferramenta de gerenciamento estratégico Canvas de Modelo de Negócios, com o objetivo de revelarmos o modelo de negócios adotado pela Agência Pública. Além de lançar luz sobre a questão norteadora da pesquisa, o esforço de investigação oportunizou as seguintes conclusões: a) a Agência Pública busca legitimação por meio da adoção do rótulo de jornalismo independente; b) há correlação entre as condições de independência e sustentabilidade; c) a Agência Pública exerce uma função de complementariedade no atual cenário de convergência; d) o protagonismo do jornalista pode ser identificado como principal elemento orientador do modelo de negócio da Agência Pública.
Abstract: The research investigates the actors (internal and external members), practices and work processes (financing, production and distribution) adopted by Agência Pública (AP) in order to comprehend the business model used by AP, within a convergent scenario, in which reconfigurations occurs in the space and actors, practices in the production of journalistic investigations. Agência Pública presents itself as a contemporary object and its unitary character in the Brazilian context contributed to the selection of the entrenched single case study, with multiple units of analysis as an inquiry strategy. Basically, this choice seemed more advisable due to the present enquiry is to scrutinize and describe Agência Pública using three units of analysis: 1) organizational, which refers to the employees, their duties and responsibilities; 2) financial, concerning the funding and construction of sustainability; and 3) productive, which focuses on the practices and production processes adopted by the organization. The data collected in the units of analysis were applied to strategic management tool Business Model Canvas, so as to reveal the business model adopted by the Agência Pública. In addition, in order to elucidate the core question of the research, the study presents the following conclusions: a) Agência Pública seeks legitimacy through the adoption of independent journalism label; b) there is a correlation between the conditions of independence and sustainability; c) Agência Pública undertakes a complementary role in the current scenario of convergence; d) the role of the journalist can be identified as the main guiding element of the business model of the Agência Pública.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Comunicação, 2015.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2015.02.D.18339
Aparece nas coleções:FAC - Mestrado em Comunicação (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_AlineCristinaRodriguesXavier.pdf2,65 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.