Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/18306
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_EricaLobatodeOliveira.pdf4,63 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Conservação de base comunitária de sementes crioulas : a experiência da Casa de Sementes de Barra do Tamboril, Januária/MG
Autor(es): Oliveira, Érica Lobato de
Orientador(es): Nogueira, Mônica Celeida Rabelo
Assunto: Sementes
Agrobiodiversidade - Januária (MG)
Data de publicação: 1-Jun-2015
Referência: OLIVEIRA, Érica Lobato de. Conservação de base comunitária de sementes crioulas: a experiência da Casa de Sementes de Barra do Tamboril, Januária/MG. 2014. 123, [8] f., il. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Resumo: O presente trabalho tem como objetivo geral estudar a experiência da Casa de Sementes da Gente, da comunidade de Barra do Tamboril, Januária/MG, como parte de uma estratégia adotada regionalmente para a conservação da agrobiodiversidade no semiárido mineiro. Duas outras estratégias se aliam à Casa de Sementes para sua implementação: os ensaios e os campos de sementes, onde são testadas, replicadas e eleitas sementes crioulas mais adaptadas às condições de solo e clima locais. Somam-se também às estratégias, ações de formação político-pedagógica e ambiental que buscam enfrentar o panorama de domínio, por grandes empresas, das sementes ditas melhoradas (convencionais), e a consequente perda das variedades locais e dos saberes a elas associados. Do ponto de vista metodológico é um estudo de caso, com enfoque etnográfico. A pesquisa de campo revelou haver um processo de desabastecimento da Casa de Sementes, que fomentou análises baseadas em teorias do campesinato. O desabastecimento também foi percebido como algo multifatorial, abarcando: [1] a seca no semiárido mineiro, [2] aspectos ligados à organização social da comunidade, [3] a autonomia camponesa relacionada à redução da dependência da comunidade às sementes convencionais e [4] contingências características ao contexto de projetos. Os paióis, estruturas familiares de armazenamento de sementes, também apresentaram-se ao longo da pesquisa como uma importante estratégia de conservação. O estudo concluiu que uma estratégia de conservação de base comunitária deve ser composta por diferentes estruturas e processos, de caráter familiar e coletivo, complementares entre si: os campos de sementes (visando a produção das sementes), a Casa de Sementes (como equipamento coletivo para armazenamento visando momentos de crise de abastecimento) e os paióis (como estruturas familiares de conservação). ___________________________________________________________________________ ABSTRACT
The main objective of this work is to understand the experience of the “Casa de Sementes da Gente” (Our Seeds House, freely translated, also called “community seed bank”, in English), which belongs to the Barra do Tamboril community in the county of Januária, Minas Gerais state, Brazil. It analyzes the strategy adopted regionally related to the conservation of agrobiodiversity in the semiarid northern region of the state. Two other strategies were combine up in order to fully implement this community seed bank: the trials and seed fields, where the more adapted native seeds are tested, replicated and selected in relation to the soil conditions and local climate. Also, some political, educational and environmental actions were taken in order to face the large companies' domain in the so called “improved” (conventional) seeds distribution and the resulting loss of local varieties and ancient knowledge associated with them. From a methodological point of view, this work is a case study with an ethnographic approach. The field research revealed the occurrence of a seed shortage process by the community seed bank, which fostered analysis based on peasant theories. The shortage was then perceived as multifactorial process, encompassing: [1] droughts in the region, [2] community social organization aspects, [3] the peasant autonomy related to the reduction of dependency of the community to the conventional seed and [4] features contingencies to project context. The small storehouses, family structures seed storage, during the research also came up as an important conservation strategy. The study concludes that a community-based conservation strategy should consist of different structures and processes under family and collective supervision, complementing one another: the seed fields (targeting seed production), the community seed bank itself (as a collective storage facility aiming at supplying crisis events) and the small storehouses (as the family structures of conservation).
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade UnB Planaltina, Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural, 2014.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:FUP - Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.