Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/18276
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_ErnestoJoseMartinsCaetano.pdf914,09 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: A filosofia da religião de Kant e aspectos de sua influência no debate contemporâneo sobre o Pluralismo
Autor(es): Caetano, Ernesto José Martins
Orientador(es): Portugal, Agnaldo Cuoco
Assunto: Kant, Immanuel, 1724-1804
Religião
Moral
Pluralismo religioso
Data de publicação: 26-Mai-2015
Referência: CAETANO, Ernesto José Martins. A filosofia da religião de Kant e aspectos de sua influência no debate contemporâneo sobre o Pluralismo. 2015. 135 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: Esta dissertação tem como tema a filosofia da religião de Kant e aspectos de sua influência no debate contemporâneo sobre o pluralismo. No primeiro capítulo mostraremos como, no pensamento moral de Kant, emerge o conceito de religião da razão. Constataremos que o conceito de religião da razão promana da moral. Por isso, a religião que daí emerge é religião natural e não revelada. No segundo capítulo mostraremos que o conceito de religião da razão será o intérprete de todas as religiões positivas. A religião positiva é representação simbólica da religião da razão. Enquanto representação simbólica ela não é ainda religião da razão. A religião positiva tem a função de promover a moralidade. Enquanto realiza a sua tarefa ela deve ceder lugar para a única religião da razão. Nessa interação a religião da razão tem a primazia e a religião positiva é submetida pelo critério moral que promana do conceito racional de religião. No último capítulo mostraremos que grande parte filosofia da religião posterior a Kant e desde Schleiermacher, chegando à filosofia da religião contemporânea, passou a adotar outro viés de interpretação da religião positiva. Embora o viés tenha sofrido uma alteração no foco, Kant continua a exercer influência na filosofia contemporânea, principalmente na atual hipótese do pluralismo religioso de John Hick.
Abstract: The purpose of this investigation was to determine whether Kant's Philosophy of Religion would influence on contemporary debate of Pluralism. The first chapter shows how, in the moral thinking of Kant, emerges the concept of the Religion of Reason. We can see that Kant’s concept of rational religion comes from morality. Therefore, the religion that emerges is natural religion and not revealed. The second chapter shows that the concept of religion of reason will be the interpreter of all positive religions. Positive religion works as a kind of symbolic representation, and as far as it is concerned, it is not yet the Religion of Reason. Positive Religion’s role is to promote morality. To perform its task, it must give way to the only religion of reason. In this interaction the Religion of Reason comes first and the Positive Religion is submitted by the moral criterion that comes from the rational concept of religion. The last chapter will show that the majority of philosophical thought about religion after Kant and since Schleiermacher, till the contemporary philosophy of religion, starts to adopt another perspective of interpretation of positive religion. Although this perspective has changed in focus, Kant continues to exercise influence in contemporary philosophy, especially in the current hypothesis of religious pluralism of John Hick.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas Programa de Pós-graduação em Filosofia, 2015.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2015.02.D.18276
Aparece nas coleções:FIL - Mestrado em Filosofia (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.