Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/18271
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_JorgeDominguesLopes.pdf30,21 MBAdobe PDFView/Open
Title: Uma interface da documentação linguística e modelos lexicográficos para línguas indígenas brasileiras : uma proposta para o Suruí-Aikewára
Authors: Lopes, Jorge Domingues
Orientador(es):: Cabral, Ana Suelly Arruda Câmara
Assunto:: Índios - língua tupi-guarani
Índios Suruí - línguas - lexicografia
Índios - línguas
Índios - Tocantins (TO)
Issue Date: 25-May-2015
Citation: LOPES, Jorge Domingues. Uma interface da documentação linguística e modelos lexicográficos para línguas indígenas brasileiras: uma proposta para o Suruí-Aikewára. 2014. 599 f., il. Tese (Doutorado em Linguística)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Abstract: A presente tese investiga aspectos fonológicos, morfossintáticos e lexicais da língua indígena Suruí do Tocantins (Mudjetíre, Suruí do Pará, Aikewára) do sub-ramo IV, da família linguística Tupí-Guaraní, tronco Tupí, falada pelo povo Aikewára, os quais vivem na T.I. Tuwa Apekuokawera, localizada próximo à região do Bico do Papagaio, no sudeste do estado do Pará. A tese considera também informações socio-históricos e culturais desse povo, os quais junto com os dados linguísticos são fundamentais para a construção de obras lexicográficas baseadas na língua-cultura de um povo. Foi realizada primeiramente uma pesquisa bibliográfica dos trabalhos linguísticos e antropológicos sobre a língua e o povo Suruí, e, em seguida, uma nova pesquisa bibliográfica permitiu a identificação de grande parte das obras lexicográficas de todas as línguas indígenas brasileiras dos últimos cinco séculos, o que contribuiu, sobremaneira, para a identificação dos diferentes padrões de macro e microestruturas já utilizadas no Âmbito dessas línguas. Uma vez coligidos e analisados esses dados, foi possível chegar a quatorze grupos de modelos lexicográficos, todos devidamente baseados e apresentados na língua Suruí. Paralelamente a essa etapa foi realizada a pesquisa de campo junto ao povo Suruí, sempre contando com a participação de professores Suruí como copesquisadores de sua própria língua. O resultado desta pesquisa foram os dados linguístico-culturais da língua Suruí, gravados e transcritos, e devidamente armazenados em um programa de computador, denominado Línguas – Banco de Dados para Documentação Linguística. Este programa foi desenvolvido especificamente para permitir não somente a documentação desse material linguístico obtido na pesquisa de campo, mas também, a sua utilização para a construção, da maneira mais prática possível, de materiais lexicográficos com diferentes configurações, dentre outros. Foram também tecidas considerações acerca da ortografia da língua Suruí, essencial para o estabelecimento de uma escrita para essa língua. Com isso, tornou-se também possível a proposição e efetivação de duas propostas de materiais lexicográficos da língua Suruí, nas direções Suruí-Português e Português-Suruí, descritas em suas macro e microestruturas, além de seu conteúdo semântico-lexical. ______________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This work investigates phonological, morphosyntatic, and lexical aspects of Surui of Tocantins language (Mudjetíre, Surui of Pará, Aikewára), which belongs to branch IV of the Tupi-Guarani linguistic family (Tupi stock). The Suruí language is spoken by the Aikewára people, who lives at Sororo Indigenous Land, located near the Bico do Papagaio region, in the southeastern of the Pará state. The study also considers Suruí socio-historical and cultural aspects. A bibliographic review of the literature concerning linguistic and anthropological studies on the Suruí had been the fundamental basis of the present work. A bibliographic research aiming at the identification of most of the Brazilian indigenous languages lexicographical works produced during the past five centuries was also fundamental to empower this dissertation. The linguistic data collected in intermittent field works made it possible to reach fourteen types of lexicographical models, all based and presented in Surui language. Two Suruí teachers participated actively as linguistic researchers of their own language, and the data collected had been recorded, transcribed, and properly stored in a new software named Línguas – Banco de Dados para Documentação Linguística, which had been developed specifically to enable the present lexicographic work, culminating in two lexicographical materials in the Surui language: a Surui-Portuguese version and a Portuguese- Surui whith a description of its macro-structures and lexicographical microstructures, including its lexical-semantic content.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras da Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2014.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:LIP - Doutorado em Linguística (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/18271/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.