Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/18270
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_NoeliaMartinsdosAnjos.pdf1,03 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: A escola como contexto de desenvolvimento humano : possibilidades da prática docente
Autor(es): Anjos, Noélia Martins dos
Orientador(es): Tacca, Maria Carmen Villela Rosa
Assunto: Vigotsky, Lev Semenovich, 1896-1934 - crítica e interpretação
Prática de ensino
Desenvolvimento humano
Prática pedagógica
Data de publicação: 25-Mai-2015
Referência: ANJOS, Noélia Martins dos. A escola como contexto de desenvolvimento humano: possibilidades da prática docente. 2014. 166 f. Dissertação (Mestrado em Educação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Resumo: A escola como contexto de desenvolvimento humano revela tensões e contradições próprias das pessoas que a constituem, desafiando a compreensão dos fenômenos que produz. Integram essa percepção aspectos da prática pedagógica nos quais se revelam a permanência de concepções que não contemplam a complexidade e a diversidade presentes nos processos de desenvolvimento humano. Isso tem orientado a ação docente para a repetição e memorização de informações, reduzindo a atuação do professor à transmissão cumulativa de conteúdos. Por outro lado, a escola e a prática docente mantém um importante papel no desenvolvimento cultural, especialmente quando diminui a incidência de atividades que envolvem a dimensão mais estática do conhecimento e avança em proposições podem mobilizar o pensar em sua dimensão mais flexível, base para o desenvolvimento de operações de pensamento mais complexas. Desse modo, essa pesquisa teve por objetivo a análise da escola como contexto de desenvolvimento humano, concentrando-se principalmente na prática pedagógica dos professores, com o propósito de compreender quais aspectos de sua atuação relacionam-se com o desenvolvimento dessas operações. Para isso, pareceu-nos pertinente conhecer o contexto escolar, a forma de planejamento das atividades, as concepções e escolhas pedagógicas dos professores e estratégias de intervenção para que, na articulação desses elementos, nos fosse possível construir algumas interpretações. Nosso estudo teve como principal matriz teórica a perspectiva histórico-cultural de Vigotski e colaboradores. Também elencamos algumas contribuições das teorias sistêmicas para entendimento do conceito de desenvolvimento humano. O percurso metodológico baseou-se nos princípios norteadores da Epistemologia Qualitativa de González Rey e no método construtivo-interpretativo. Os instrumentos utilizados foram: observação, entrevista semiestruturada, sistemas conversacionais e análise documental. Participaram desse estudo três professores da rede pública de ensino do Distrito Federal dos anos iniciais do Ensino Fundamental. Concluímos que a ação docente que pode apoiar o desenvolvimento de operações de pensamento mais complexas, não se encontra circunscrita à ações pontuais, mas na convergência de princípios que podem abrir possibilidades para o desenvolvimento do aluno no contexto da escola. Consideramos necessário também a abertura de espaços para que o professor possa desenvolver uma relação dinâmica com o conhecimento, assumindo um posicionamento reflexivo e produtivo sobre si mesmo e que se volta para as crianças com quem atua. ______________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The school as human development context reveals tensions and contradictions of people who integrate themselves in defiance of the understanding of the phenomena it produces. Integrates this perception aspects of pedagogical practice in which reveals the permanence of conceptions that do not contemplate the complexity and diversity present in human development processes, which has guided the teaching action for repetition and memorization of information, reducing the role of the teacher to the cumulative transmission of content. On the other hand, the school and the teaching practice still holds an important role in the cultural development, especially when decreases the incidence of activities involving the more static dimension of knowledge and advances on the proposition of possibilities that can mobilize the thinking in its more flexible dimension, basis for the development of more complex thinking operations.This research had as objective the analysis of the school as context of human development, focusing primarily on pedagogical practice of teachers, with the purpose of identifying which aspects of its performance and relate to the development of these operations. For this, we thought relevant meet the school context, the form of planning activities, pedagogical choices and concepts of teachers and intervention strategies for which, in the articulation of these elements, we could build some interpretations. Our study had as its main theoretical matrix cultural-historical perspective of Vygotsky and collaborators. Also below are some contributions of systemic theories for understanding of the concept of human development. The methodological course was based on the guiding principles of epistemology of Qualitative González Rey and the constructive method-interpretive. The instruments used were: observation, semi-structured interview, conversational systems, and document analysis. This study participated in three public school teachers in the Federal District of the early years of elementary school. We conclude that the teaching action that can support the development of more complex thinking operations, is not limited to specific actions, but in the convergence of principles which may open possibilities for the development of the student in the school context. We must also open spaces so that the teacher can develop a dynamic relationship with knowledge, assuming a reflective and productive positioning about himself and who turns to children who acts.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2014.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:FE - Mestrado em Educação (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.