Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/18015
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015_CristianeAparecidadeOliveira.pdf4,78 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Análise geoquímica, microbiológica e suas implicações em estudos ambientais no Rio das Antas-GO
Autor(es): Oliveira, Cristiane Aparecida de
Orientador(es): Boaventura, Geraldo Resende
Assunto: Rio das Antas (GO) - análise geoquímica
Rio das Antas (GO) - qualidade da água
Rio das Antas (GO) - análise microbiológica
Água - qualidade
Data de publicação: 28-Abr-2015
Referência: OLIVEIRA, Cristiane Aparecida de. Análise geoquímica, microbiológica e suas implicações em estudos ambientais no Rio das Antas-GO. 2015. xiv, 117 f., il. Dissertação (Mestrado em Geociências Aplicadas)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Resumo: A qualidade da água é resultante das condições geológicas e alterações procedentes do uso e ocupação do solo. O estudo da qualidade da água e sedimentos de fundo representa importante meio de vinculação entre a geoquímica das rochas, solos e substâncias lançadas pelo homem nos ecossistemas terrestres e aquáticos. Na presente pesquisa realizou-se estudo geoquímico do Rio das Antas-GO com objetivo de avaliar a qualidade da água por meio dos parâmetros físico-químicos e microbiológicos. Para as análises das amostras utilizaram-se técnicas de ICP/OES, espectrofotometria UV/Visível e métodos volumétricos. A abertura das amostras de sedimento (fração<63μm) realizou-se por meio da fusão, para elementos maiores, e ataque ácido para traço. A análise microbiológica foi obtida pela técnica dos tubos múltiplos com substrato enzimático. Para determinação do Oxigênio Dissolvido usou-se o método idométrico e Demanda Bioquímica de Oxigênio estipulou-se o consumo de oxigênio necessário para decompor a matéria orgânica. Na interpretação dos resultados foram utilizadas estatísticas multivariadas além de índice de geoacumulação. O estudo pôde determinar a fonte dos compostos na água, o Fe, Al, Mn e SO42- originaram da oxidação dos sulfetos e pirita; HCO3-, Ca, K, Mg, Zn, Ba, da dissolução de minerais dolomíticos e produtos agroquímicos como fertilizantes e inseticidas. Total de Sólidos Dissolvidos (TDS), NH3, NO3- e turbidez tiveram sua entrada por meio de esgotos domésticos. PO43- não foi encontrado em água, sendo adsorvido em sedimentos de fundo cuja principal responsável pela retenção foi a goethita e a caulinita. A correlação de Spearman revelou que, elevadas quantidades de bactérias coliformes (9,4.104) correspondem às maiores quantidades encontradas de Escherichia Coli (7,9.104) e Demanda Bioquímica de Oxigênio (7,00). O agrupamento hierárquico, interpretado juntamente com a análise mineralógica e o índice de geoacumulação possibilitou distinguir as influências ocasionadas pelos depósitos minerais na acumulação de metais nos sedimentos estudados. Obteve acumulação “forte a extremamente enriquecidos” o MgO, Mn, Co e Ba evidenciando a dissolução de rochas carbonáticas pelo aumento de MgO e diminuição de CaO, Na2O, K2O. No nível “acumulação moderada” estão SiO2, Fe2O3, Cu, Ni, Zn, Sr, e Cr. A acumulação do SiO2 e Fe2O3 demonstraram origem associada a silicatos de Fe e Al, como os argilominerais. Tais resultados possibilitaram a criação do modelo geoquímico que auxiliasse na identificação das fontes e distribuição dos elementos e metais presentes na água e sedimento de fundo da região estudada.
Abstract: Water quality is a result of geological conditions and changes coming from the use and occupation of land. The water quality study and bottom sediments is an important means of connection between the geochemistry of rocks, soils and substances discharged by man in terrestrial and aquatic ecosystems. In the present study, an important geochemical study was performed in Rio das Antas-GO in order to evaluate water quality through physical, chemical and microbiological parameters. For the analysis of samples, techniques such as ICP/OES, UV/Visible spectrophotometry and volumetric methods were use. The opening of sediment samples (fraction <63μm) was held by fusion, to major elements, and acid attack to trace. Microbiological analysis was obtained by the multiple tubes with enzyme substrate. For the determination of Dissolved Oxygen the idometric method and Biochemical Oxygen Demand were used and one stipulated the consumption of oxygen needed to decompose organic matter. By interpreting the results, one used multivariate statistical and also geoaccumulation index. The study was able to determine the source of the compounds in water, Fe, Al, Mn and SO42- originated from the oxidation of sulphides and pyrite; HCO3, Ca, Mg, Zn, Ba, dolomite mineral dissolution and agrochemicals such as fertilizers and insecticides. Total Dissolved Solids (TDS), NH3, NO3- and turbidity had their input via wastewater. PO4- was not found in water, being adsorbed on bottom sediments whose main retainer was goethite and kaolinite. The Spearman correlation revealed that high amounts of coliform bacteria (9,4.104) correspond to larger amounts of Escherichia Coli found (7,9.104) and Biochemical Oxygen Demand (7,00). The hierarchical clustering, interpreted along with the mineralogical analysis and the geoaccumulation index allowed one to distinguish the influences caused by mineral deposits in the accumulation of metals in the studied sediments. It obtained a "strong to extremely enriched" accumulation: MgO, Mn, Co and Ba evidencing the dissolution of carbonate rocks by the increase of MgO and decrease of CaO, Na2O, K2O. In the "moderate accumulation" level there are SiO2, Fe2O3, Cu, Ni, Zn, Sr, and Cr. The accumulation of SiO2 and Fe2O3demonstrated an origin associated with Fe and Al silicates, such as clay minerals. These results enabled the creation of the geochemical model that help in the identification of sources and distribution of elements and metals present in the water and bottom sediments of the studied area.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Geociências, 2015.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2015.03.D.18015
Aparece nas coleções:IG - Mestrado em Geociências Aplicadas (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.