Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/17987
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_LarissaCarolineSilvaJordao.pdf8,39 MBAdobe PDFView/Open
Title: [Sub]urbanização : a expansão urbana de São Carlos por meio dos condomínios
Authors: Jordão, Larissa Caroline Silva
Orientador(es):: Gouvêa, Luiz Alberto de Campos
Assunto:: Expansão urbana
São Carlos (SP)
Migração
São Carlos (SP) - expansão urbana
Urbanização
Condomínios
Condomínios horizontais fechados
População - deslocamento
Issue Date: 24-Apr-2015
Citation: JORDÃO, Larissa Caroline Silva. [Sub]urbanização: a expansão urbana de São Carlos por meio dos condomínios. 2014. xix, 185 f., il. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Abstract: Este trabalho objetiva analisar as mudanças e permanências na expansão urbana da cidade de São Carlos, visto o contínuo processo de expansão e/ou dispersão urbana através da implantação de condomínios horizontais fechados e “loteamentos fechados”, após a aprovação da lei federal n.º 6766/1979 e a partir da atuação dos agentes envolvidos (econômicos, sociais e poder público). Atualmente, a insegurança e a violência urbana tornaram-se motivos de preocupação e respaldo por uma busca de uma vida segregada e exclusiva. Vinculados aos meios de comunicação e a cultura do medo da violência, os condomínios têm sido a forma pela qual diversas cidades brasileiras têm se expandido. Como é o caso da cidade de São Carlos de porte médio não metropolitano, no interior paulista, que desde a década de 1970 passa a vivenciar uma inversão de valores, onde as pessoas deixam de valorizar as áreas centrais dotadas de infraestrutura e equipamentos urbanos para se deslocarem para áreas periféricas, onde se localizam os condomínios horizontais fechados. Desta forma toma-se com fundamentação teórica para esta pesquisa os trabalhos de Bonduki (1998), Caldeira (2000), Castells (1983), Villaça (1998), Reis (2006), Lima (2007) entre outros. Tem-se como hipótese a ocorrência de uma relação dialética entre a decisão de deslocamento populacional e o movimento de expansão urbana do centro para as áreas periféricas por condomínios horizontais fechados. Neste sentido, pretende-se não só demostrar esta hipótese, como também verificar os modelos decisórios das pessoas, seu ponto de localização e suas relações. Para tanto foi necessário uma abordagem metodológica de caráter quanti-qualitativa, uma vez dada à necessidade de uma pesquisa indireta (bibliográfica e documental) e uma pesquisa direta (pesquisa de campo e entrevista). Pretendeu-se caracterizar e analisar as qualidades espaciais e sociais do centro da cidade de São Carlos desde sua formação, mais especificamente após a década de 1970, onde a cidade passa a se expandir essencialmente por condomínios e “loteamentos fechados” devido ao fato desses empreendimentos atraírem a atenção da população, serem objetos de desejo e marcas de distinção social, que permitem um modo de vida diferenciando e seguro, possibilitam uma vida tranquila equivalente a um verdadeiro paraíso celestial, como preconizado pelas propagandas de marketing responsáveis por tais empreendimentos. Desta forma, verificou que esse novo desenho de expansão urbana é responsável por mudanças sócioespaciais no centro da cidade de São Carlos e acusou-se uma interferência na morfologia urbana na área central da cidade. Enfim, foi apresentado caminhos e guias de expansão urbana para os CHF’s e as áreas centrais da cidade de São Carlos, como forma de intervenções e viabilizações de melhoramentos no uso e no espaço da cidade, que permitam contribuir com reflexões e debates sobre essa nova forma de expansão urbana que imprime ao tecido urbano uma configuração morfológica que privilegia áreas privadas e segregadas sócioespacialmente, com o intuito de suscitar sobre o grau de interferência que essa nova tipologia acarreta ao ser humano e ao centro da cidade. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This work aims to analyze the changes and continuities in the urban sprawl of the city of São Carlos, since the continuous process of expansion and / or urban sprawl by deploying closed condominiums and "closed allotments", after the approval of the Federal Law No. 6766/1979 and from the activities of agents involved (economic, social and public power). Currently, urban violence and insecurity have become matters of concern and support for a search of an exclusive and segregated life. Linked to the media and the culture of fear of violence, the condos have been the way in which various Brazilian cities have expanded. As is the case in the city of São Carlos midsize non-metropolitan, in the interior, since the 1970 starts to experience a reversal of values, where people fail to appreciate the central areas with infrastructure and urban facilities to move to outlying areas, where they are located closed condominiums. Thus becomes with theoretical foundation for this research jobs Bonduki (1998), Caldeira (2000), Castells (1983), Villaça (1998), Reis (2006), Lima (2007) among others. Has hypothesized the occurrence of a dialectical relationship between the decision to population displacement and the movement of urban expansion from the center to the outlying areas by closed condominiums. Accordingly, it is intended not only demonstrate this hypothesis, as also check the decision models of people, its location point and their relationships. For it was necessary quantitative and qualitative methodological approach of character once given the need for indirect research (bibliographic and documentary) and a direct survey (fieldwork and interview). We sought to characterize and analyze the spatial and social qualities of the city center of San Carlos since its formation, more specifically after 1970, where the city spends to expand essentially condos and "allotments closed" due to the fact that these enterprises attract the attention of the population, are objects of desire and marks of social distinction, which allow a way of life and differing insurance, enable the equivalent of a real heavenly paradise peaceful life, as advocated by the advertisements of marketing responsible for such ventures. Thus, it found that this new design of urban sprawl is responsible for socio-spatial changes in the city center of San Carlos and was charged an interference in urban morphology in the central city area. Anyway, was presented paths and urban expansion guides for CHF's and the central areas of the city of São Carlos, as a form of intervention and feasible improvements in the use and in the city, allow them to contribute to discussions and debates about this new form urban expansion into the urban fabric that prints a morphological configuration that favors private areas and segregated, in order to raise the degree of interference that this new typology brings to human beings and to the city center. _________________________________________________________________________________ RESUMEN
Este trabajo tiene como objetivo analizar los cambios y continuidades en la expansión urbana de la ciudad de São Carlos, ya que el continuo proceso de expansión y / o la expansión urbana mediante la implementación de condominios cerrados y "asignaciones cerradas", después de la aprobación de la Ley Federal No. 6766/1979 y de las actividades de los agentes implicados (económicos, sociales y de poder público). En la actualidad, la violencia urbana y la inseguridad se han convertido en asuntos de interés y apoyo a la búsqueda de una vida exclusiva y segregada. Vinculado a los medios de comunicación y la cultura del miedo a la violencia, los apartamentos han sido la manera en que varias ciudades brasileñas se han ampliado. Como es el caso en la ciudad de São Carlos de tamaño mediano no metropolitano, en el interior, ya que los 1970 comienza a experimentar una inversión de los valores, donde las personas no aprecian las áreas centrales urbanas con infraestructura y facilidades a trasladarse a zonas periféricas, donde se ubican los condominios cerrados. De este modo se convierte en fundamento teórico de esta investigación empleos Bonduki (1998), Caldeira (2000), Castells (1983), Villaça (1998), Reis (2006), Lima (2007), entre otros. Ha planteado la hipótesis de la existencia de una relación dialéctica entre la decisión de desplazamiento de la población y el movimiento de expansión urbana del centro a la periferia por condominios cerrados. De acuerdo con ello, se pretende no sólo demostrar esta hipótesis, como también verificar los modelos de decisión de las personas, de su punto de ubicación y sus relaciones. Porque fue el enfoque metodológico cuantitativo y cualitativo necesario de carácter una vez dada la necesidad de la investigación indirecta (documental bibliográfico y) y una encuesta directa (trabajo de campo y la entrevista). Hemos tratado de caracterizar y analizar las cualidades espaciales y sociales del centro de la ciudad de San Carlos desde su formación, más concretamente a partir de 1970, cuando la ciudad pasa a ampliar esencialmente condominios y "asignaciones cerrados" debido al hecho de que estas empresas atraer la atención de la población, son objetos de deseo y las marcas de distinción social, que permiten una forma de vida diferente y de seguros, que el equivalente de un paraíso celestial verdadera vida pacífica, como se propone en los anuncios de marketing de responsables de tales empresas. Por lo tanto, consideró que este nuevo diseño de la expansión urbana es responsable de los cambios socio-espacial en el centro de la ciudad de San Carlos y fue acusado de una interferencia en la morfología urbana en la zona central de la ciudad. De todos modos, fue presentado sendas y guías de expansión urbana de CHF de y las áreas centrales de la ciudad de São Carlos, como una forma de intervención y factible mejoras en el uso y en la ciudad, les permite contribuir a las discusiones y debates acerca de esta nueva forma la expansión urbana en el tejido urbano que imprime una configuración morfológica que favorece a las zonas privadas y segregado, con el fin de elevar el grado de interferencia que esta nueva tipología aporta a los seres humanos y para el centro de la ciudad.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo, 2014.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FAU - Mestrado em Arquitetura e Urbanismo (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/17987/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.