Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/17950
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_RafaelaMeirelesFontesAzevedo.pdf962,17 kBAdobe PDFView/Open
Title: Controle discriminativo em metacontingência
Authors: Azevedo, Rafaela Meireles Fontes
Orientador(es):: Todorov, João Claudio
Assunto:: Metacontingência
Estímulo discriminativo
Comportamento - análise
Produtos agregados (Psicologia)
Controle de estímulos
Issue Date: 20-Apr-2015
Citation: AZEVEDO, Rafaela Meireles Fontes. Controle discriminativo em metacontingência. 2015. viii, 52 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências do Comportamento)—Universidade de Brasília, Brasília, 2015.
Abstract: Metacontingência, definida como um conjunto de contingências comportamentais entrelaçadas que produzem um produto agregado mantido por uma consequência, é uma unidade de análise no nível cultural, análoga à tríplice contingência. Estudos realizados na área têm tratado a metacontingência como uma contingência de dois termos, desconsiderando a função dos estímulos antecedentes. Em função da importância dos estímulos discriminativos sobre a emissão do comportamento, e na tentativa de estudar os processos básicos envolvidos no terceiro nível de seleção, o presente estudo teve como objetivo investigar os efeitos do processo de discriminação neste nível. O procedimento, que foi realizado a partir de um jogo colaborativo em um tabuleiro virtual e teve como produto agregado o encontro das peças, contou com quatro fases: Linha de Base, Treino de Discriminação, Teste de Discriminação e Teste de Generalização. Participaram do experimento 22 estudantes universitários, distribuídos em 11 duplas. Cada dupla passou pelas quatro fases e participou da atividade apenas uma vez. As medidas observadas foram: taxa de produto agregado ao longo das quatro fases, número de movimentos realizados e índice de dispersão. Os resultados indicam que houve um responder diferencial entre os estímulos que sinalizavam as diferentes contingências em vigor, embora os dados no Teste de Generalização não tenham sido sistemáticos. Outro efeito observado foi o de contraste comportamental quando houve a introdução da condição de extinção na fase de Treino. Os dados relacionados ao número de movimentos e índice de dispersão demonstraram a estereotipia gerada pelo reforçamento e variabilidade induzida pela extinção, ambos efeitos observados no comportamento operante. O experimento mostrou ser possível o estabelecimento da ocorrência do produto agregado manipulando-se apenas as consequências culturais e o estabelecimento de controle discriminativo contingente ao comportamento de mais de um indivíduo simultaneamente.
Abstract: Metacontingency, defined as a set of interlocking behavioral contingencies that produce an aggregate product maintained by a consequence, is a unit of analysis in the cultural level, similar to the triple contingency. Studies in this area have treated the metacontingency as a contingency of two terms, disregarding the role of antecedent stimuli. Because of the importance of discriminative stimuli on the emission of behavior, and in an attempt to study the basic processes involved in the third level of selection, this study aimed to investigate the effects of the discrimination process in this level. The procedure, which was performed from a collaborative game on a virtual board and defined the aggregated product as the meeting of the pieces, consisted of four phases: Baseline, Discrimination Training, Discrimination Test and Generalization Test. Twenty two university students, distributed in 11 pairs, participated in the experiment. Each pair was exposed to the four phases and participated in the activity only once. The measures observed were: aggregate product rate over the four phases, the number of movements and dispersion index. The results indicate that there was a differential respond between the stimuli, although the generalization test data was not systematic. Another effect observed was the behavioral contrast when there was the introduction of an extinction condition in the training phase. The data relating to the number of movements and dispersion index showed the stereotype pattern generated by the reinforcement and variability induced by extinction, both effects observed in operant behavior. The experiment showed to be possible to establish the occurrence of aggregate product from manipulating only the cultural consequences and to establish the stimulus control over the behavior of more than one individual simultaneously.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Processos Psicológicos Básicos, Programa de Pós-Graduação em Ciências do Comportamento, 2015.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2015.01.D.17950
Appears in Collections:PPB - Mestrado em Ciências do Comportamento (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/17950/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.