Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/1777
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2006_Marília de Queiroz Dias Jácome.pdf831,8 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Apropriações da teoria de Vigotski em livros de psicologia voltados para a formação de professores
Autor(es): Jácome, Marília de Queiroz Dias
Orientador(es): Tacca, Maria Carmen Villela Rosa
Assunto: Professores - formação
Psicologia educacional
Teoria de Vigotski
Data de publicação: 29-Set-2009
Referência: JÁCOME, Marília de Queiroz Dias. Apropriações da teoria de Vigotski em livros de psicologia voltados para a formação de professores. 2006. 163 f. Dissertação (Mestrado em Educação)-Universidade de Brasília, Brasília, 2006.
Resumo: Este trabalho foi desenvolvido em uma pesquisa que investigou a apropriação da Teoria Histórico-cultural ou Teoria de Vigotski em livros de Psicologia destinados à formação de professores. Constituiu-se em um trabalho de análise textual, no qual inicialmente pesquisou-se planos de ensino de disciplinas de Psicologia dos cursos de Pedagogia e Licenciaturas em páginas da Internet, de Instituições de Educação Superior ente Universidades, públicas e privadas e Centros Universitários privados. Numa análise preliminar chegou-se a quinze planos de ensino que se mostraram adequados para os propósitos da pesquisa. Para isso investigou-se as ementas, os conteúdos programáticos e as bibliografias, no que foi possível verificar a inserção da Teoria nas disciplinas e utilizar os títulos (livros ou capítulos de livros) recomendados na bibliografia para a escolha dos textos a serem analisados no segundo momento. Nessa fase analisou-se duas referências, que se constituíram as mais indicadas nas bibliografias: primeira, um livro de autor brasileiro, específico sobre a obra e vida de Vigotski e a outra, dois capítulos de um livro estrangeiro, de Psicologia da Educação que tratavam da Teoria de Vigotski. Dividiu-se a análise de cada referência em seis tópicos que correspondem aos seguintes: apresentação e estrutura do livro, as idéias centrais da Teoria, os principais conceitos da Teoria, a perspectiva de contribuição da Teoria a trabalho docente, a aproximação entre Vigotski e Piaget, e por último, uma análise conclusiva da obra. Os resultados da investigação apontam que os planos de ensino apresentam a Teoria compondo a abordagem teórica identificada como sócio interacionista, o que não ajuda a proposta de Vigotski nos seus escritos e mostram também a utilização de um número reduzido de títulos que tratam da obra do pesquisador russo. Na análise das referências o que se encontrou corresponde de fato ao esperado, ou seja, apropriações distanciadas e descontextualizadas da obra de Vigotski o que não permitiu identificar a especificidade diferenciação do seu trabalho. Conclui-se que a apropriação didática da Teoria de Vigotski nos livros de Psicologia destinados à formação de professores não permite considerar os processos de aprendizagem e desenvolvimento tais como Vigotski propõe em sua perspectiva Histórico-cultural. ________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The objective of this study is the investigation of the appropriation of Vigotski’s Historical-Cultural Theory by Psychology books destined to the formation of teachers. This project is composed of two parts. The first part involves a survey of Psychology courses’ outlines, these courses being either a component of the Pedagogy Program or of other Graduate programs. These online outlines were taken from the curricula of Higher Education Institutions, public and private, and from private University Centers. In the selected fifteen course outlines, we investigated the resolutions, the program’s content, and their bibliographies. This was done in order to verify the application of Vigotski’s theory in those disciplines, as well as to chose, from their own bibliographies, the books to be analyzed in the second part. For this second part, the two most cited authors were selected. The first is a Brazilian author specializing in Vigotski’s life and work. The second book, by a foreign author, is about Psychology of Education, in which two chapters dedicated to Vigotski’s Psychology is found. The analysis of each book is composed of six topics: presentation ad structure of the book, the Theory’s central ideas, its main concepts, the Theory’s contribution to teaching, the approximation of Vigotski and Piaget, and, finally, a conclusive analysis of the book. The results of this investigation demonstrate that the courses’ outlines articulate the Historical-Cultural Theory with other theoretical approaches that are different from those proposed by Vigotski. They also show a reduced number of works dealing with the Russian author. The analysis of the books showed, as expected, the disengaged and out of context employment of Vigotski’s work, making it difficult to differentiate Vigotski from other authors. Lastly, we conclude that the didactic (mis)appropriation of Vigotski’s Theory by Psychology books intended to the formation of teachers do not allow for an understanding of learning and development processes through a Historical-cultural perspective.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2006.
Aparece nas coleções:FE - Mestrado em Educação (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.