Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/17392
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_NiedjhaLucienneAbdallaSantos.pdf15,24 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Governança na gestão de espaços públicos urbanos : territorialidades e cidadania na Galeria dos Estados em Brasília, Distrito Federal
Autor(es): Santos, Niedjha Lucienne Abdalla
Orientador(es): Peluso, Marília Luiza
Assunto: Gestão urbana
Geografia urbana
Espaços públicos
Data de publicação: 17-Dez-2014
Data de defesa: 30-Out-2014
Referência: SANTOS, Niedjha Lucienne Abdalla. Governança na gestão de espaços públicos urbanos: territorialidades e cidadania na Galeria dos Estados em Brasília, Distrito Federal . 2014. 181 f., il. Dissertação (Mestrado em Geografia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Resumo: O objetivo desta pesquisa é entender as condições de abandono tão evidentes em alguns equipamentos públicos urbanos de intensa utilização como praças, parques, pontos de ônibus, passagens de pedestres, estações rodoviárias e metroviárias. Espaço público, aqui, é entendido como equipamento para prestação de serviços públicos urbanos. O trabalho articula diálogo interdisciplinar, privilegiando análises sob as perspectivas da Geografia, da Administração e do Direito, sem desprezar a relação do tema com outras áreas do conhecimento, como a Sociologia e a História. Busca identificar instrumentos legais disponíveis para gestores públicos e entender como tais ferramentas contribuem para a governança na gestão urbana. Tem por objeto a Galeria dos Estados, passagem subterrânea de pedestres com intensa utilização situada no interior da poligonal tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), em Brasília, Distrito Federal. Toma-se por hipótese que a gestão do ambiente urbano é realizada sem levar em conta interesses e direitos dos citadinos, o que pode gerar resistência que causa o enfraquecimento das estruturas de governança; pressupõe-se que as noções de governança e de espaço público têm sido utilizadas com carga semântica diversa na Geografia e na Administração, dificultando o diálogo entre as duas ciências. Os resultados deixam evidentes o papel integrador da geografia e a contribuição da análise geográfica para a interpretação de fenômenos e processos que se desenrolam nos lugares. ___________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The objective of this research is to understand the conditions of neglect as evident in urban public facilities used extensively as squares, parks, bus stops, pedestrian walkways, bus stations and subways. Public space, here, is understood as equipment for delivery of urban public services. The work articulates interdisciplinary dialogue, focusing analyzes the perspectives of Geography, Administration and Law, seeking to identify legal tools available to policy makers and how these tools contribute to governance in urban management. Is engaged in the Galeria dos Estados, underground pedestrian passage with intense use located within the polygonal registered by the Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) and by the United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization (UNESCO), in Brasília, Distrito Federal. Hypothesis is taken by the management of the urban environment is performed without taking into account the interests and rights of the townspeople, which can generate resistance that causes the weakening of governance structures; it is assumed that the notions of governance and public space have been used with diverse semantic load in Geography and Management, complicating the dialogue between the two sciences. The results make evident the integrative role of geography and the contribution of geographic analysis for the interpretation of phenomena and processes that unfold in places.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Geografia, Programa de Pós-Graduação em Geografia, 2014.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:GEA - Mestrado em Geografia (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.