Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/17343
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_JoaoBatistaFerreiraJunior.pdf6,5 MBAdobe PDFView/Open
Title: Uma sessão de crioterapia de corpo inteiro (-110 ºc) acelera a recuperação do dano muscular
Authors: Ferreira Júnior, João Batista
Orientador(es):: Marques, Martim Francisco Bottaro
Assunto:: Desempenho esportivo
Músculos - regeneração
Crioterapia
Músculos - dor
Issue Date: 12-Dec-2014
Citation: FERREIRA JÚNIOR, João Batista. Uma sessão de crioterapia de corpo inteiro (-110 ºc) acelera a recuperação do dano muscular. 2014. 102 f., il. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Abstract: É comum ocorrer diminuição do desempenho físico após realização do exercício físico ou competição. Recentemente, uma forma de terapia denominada crioterapia de corpo inteiro (CCI- exposição ao ar frio entre -110 e -140 ºC por um período de 2 a 3 min) tem sido utilizada para acelerar a recuperação muscular. No entanto, os efeitos da CCI na recuperação muscular são contraditórios. Além disso, não se sabe o efeito de uma sessão de CCI aplicada após o exercício na recuperação do dano muscular induzido pelo exercício (DMIE). Assim, o objetivo do presente estudo foi avaliar os efeitos da CCI na recuperação do DMIE. Vinte e seis homens fisicamente ativos realizaram um protocolo para indução do dano muscular que consistiu de 5 séries de 20 saltos de uma caixa com altura de 0,6 m seguido de salto vertical máximo, com 2 min de intervalo entre as séries. Após o exercício, o grupo CCI (n=13) foi exposto à 3 min CCI à -110 °C, e o grupo controle (n=13) foi exposto por 3 min à 21 °C. A espessura dos músculos anteriores da coxa, o pico de torque isométrico e a percepção de dor muscular dos extensores do joelho foram medidos antes, imediatamente após, 24, 48, 72 e nas 96 h após o exercício. O pico de torque não retornou aos valores basais no grupo controle (p< 0,05), no entanto o grupo CCI recuperou o pico de torque 96 h após o exercício (p> 0,05). Além disso, o pico de torque foi maior no grupo CCI nas 72 e 96 h quando comparado ao grupo controle (p< 0,05). A espessura muscular aumentou no grupo controle 24 h após o exercício e foi significativamente maior que o grupo CCI nas 24 e 96 h após o exercício. O grupo CCI não apresentou alteração na espessura muscular durante as 96 h (p> 0,05). A dor muscular retornou aos níveis basais no grupo CCI 72 h após o exercício (p> 0,05), no entanto o grupo controle retornou aos níveis basais somente 96 h após o exercício. Os resultados do presente estudo indicam que a CCI aplicada após o exercício extenuante pode acelerar a recuperação do DMIE. ________________________________________________________________________________ ABSTRACT
To evaluate the effects of a single session of whole-body cryotherapy (WBC) performed immediately after damaging exercise on muscle recovery, 26 young men performed a muscle damaging protocol that consisted of 5 sets of 20 drop jumps with 2min rest intervals between sets. After damaging exercise, the WBC group (n=13) was exposed to 3min of WBC at -110 °C, and the control group (n=13) was exposed to 3min at 21 °C. Anterior thigh muscle thickness (MT), isometric peak torque (PT) and muscle soreness (MS) of knee extensors were measured pre, immediately post, 24, 48, 72 and 96h following damaging exercise. The control group never recovered PT following the intervention (p<0.05) whereas the WBC group recovered PT 72h post EIMD (p>0.05). PT was also higher after WBC at 72 and 96h compared to control group (p<0.05). MT increased 24h after EIMD for controls (p<0.05) and was significantly higher compared to the WBC group at 24 and 96h after damaging exercise (p<0.05). MT was not altered in the WBC group following the intervention (p>0.05). MS returned to baseline for the WBC group at 72h post EIMD compared to 96h for controls. These results indicate that WBC after strenuous exercise may enhance muscle damage recovery.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2014.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FS - Doutorado em Ciências da Saúde (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/17343/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.