Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/17210
Título: Nanopartículas de quitosana/tripolifosfato de sódio obtidas via gelatinização iônica para a nanoencapsulação de quercetina
Autor(es): Lima, Larisse Araújo
Orientador(es): Parize, Alexandre Luis
Assunto: Gelatinização iônica
Nanopartículas
Quitosana
Tripolifosfato de sódio
Data de publicação: 3-Dez-2014
Data de defesa: 18-Jul-2013
Citação: LIMA, Larisse Araújo. Nanopartículas de quitosana/tripolifosfato de sódio obtidas via gelatinização iônica para a nanoencapsulação de quercetina. 2013. iv, 54 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências de Materiais)–Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Resumo: Este estudo tem como objetivo geral a nanoencapsulação da quercetina utilizando nanopartículas de quitosana/tripolifosfato de sódio para verificar o efeito da adição de lecitina de gema de ovo nas propriedades dos sistemas desenvolvidos. As nanopartículas foram produzidas com o uso da técnica de gelatinização iônica onde a quitosana solubilizada em meio ácido é misturada a uma solução de tripolifosfato de sódio e lecitina sob constante agitação. Com uso da mesma metodologia, foram obtidas as nanopartículas contendo quercetina. Os materiais obtidos foram caracterizados por medidas do diâmetro hidrodinâmico das nanopartículas obtidas, polidispersão dos sistemas desenvolvidos (PDI), FTIR, Potencial Zeta, TGA, DSC e foi realizada a quantificação de fármaco incorporado aos sistemas desenvolvidos (eficiência de encapsulação). Por meio da caracterização foi possível observar a influência da lecitina na obtenção das nanopartículas assim como a eficiência do método empregado no preparo das amostras. Características como tamanho, carga das nanopartículas e polidispersão das amostras foram avaliadas observando o efeito do pH da solução de quitosana, a variação na concentração do polímero e a variação no volume do gelatinizador, verificando ainda a influência da presença ou ausência da lecitina e do ativo quercetina. De forma geral, tanto para as amostras com a presença de quercetina como para as amostras sem quercetina constata-se que o tripolifosfato de sódio é responsável por uma significativa redução no tamanho das nanopartículas em decorrência da interação dos grupos amino protonados da quitosana com os grupos fosfatos do tripolifosfato de sódio. A adição de lecitina propicia uma diminuição do diâmetro hidrodinâmico das nanopartículas em decorrência das interações eletrostáticas promovendo assim um aumento na densidade de cargas positivas resultando em sistemas mais polidispersos e estáveis. A quercetina demonstrou melhor eficiência de encapsulação com a presença de lecitina. Os perfis de TGA para nanopartículas preparadas em presença de lecitina apresentam maior estabilidade térmica, assim como as amostras contendo quercetina e lecitina. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This research have the aim to describe the nanoencapsulation of quercetin using nanoparticles chitosan / sodium tripolyphosphate developed by ionic gelatinizationmethod. The effect of addition lecithin, in the nanoparticles preparation, was verified inthe properties of the systems developed. The nanoparticles were produced using theionic gelation technique where the solubilized chitosan in an acid medium is mixed witha solution of sodium tripolyphosphate and lecithin under constant stirring. Using thesame methodology, we obtained nanoparticles containing quercetin.All materials were characterized by measurements of the hydrodynamicdiameter of nanoparticles, polydispersity (PDI) FTIR, Zeta Potential, TGA, DSC, andencapsulation efficiency for quercetin. Through the characterization was possible toobserve the influence of lecithin in obtaining the nanoparticles as well as the efficiencyof the method used for preparing the samples.Characteristics such as size, charge and molecular weight distribution of thenanoparticles were evaluated according to the effect of the pH of the chitosan solution,the variation in polymer concentration and the variation in the volume of gelatinizer,still observing the influence of the presence or absence of lecithin and the activequercetin.In general, for both samples with the presence of quercetin or without quercetinit appears that the sodium tripolyphosphate is responsible for a significant reduction onthe size of the nanoparticles resulted from the interaction of protonated amino chitosangroups with phosphate groups of sodium tripolyphosphate. The addition of lecithinpromotes a decrease in the hydrodynamic diameter of the nanoparticles as a result ofelectrostatic interactions promoting an increase in the density of positive chargesresulting a more polydisperse and system stable.Quercetin has demonstrated better encapsulation efficiency in the presence oflecithin. TGA profiles for the nanoparticles prepared in the presence of lecithin havegreater thermal stability as well as the samples containing lecithin and quercetin.
Descrição: Dissertação (mestrado)–Universidade de Brasília, Faculdade UnB Planaltina, Pós-Graduação em Ciências de Materiais, 2013.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:FUP - Mestrado em Ciência de Materiais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_LarisseAraújoLima.pdf834,92 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.