Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/17007
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_AiltonDiasdosSantos.pdf1,92 MBAdobe PDFView/Open
Title: A integração da infraestrutura sul-americana e as dinâmicas do sistema-mundo capitalista : análise comparada das relações entre governos e bancos de desenvolvimento no Brasil, Peru e Bolívia
Authors: Santos, Ailton Dias dos
Orientador(es):: Barros, Flávia Lessa de
Assunto:: Infraestrutura (Economia)
Integração econômica internacional
Bancos de desenvolvimento
Capitalismo - América Latina
Issue Date: 24-Nov-2014
Citation: SANTOS, Ailton Dias dos. A integração da infraestrutura sul-americana e as dinâmicas do sistema-mundo capitalista: análise comparada das relações entre governos e bancos de desenvolvimento no Brasil, Peru e Bolívia. xiv, 295 f., il. Tese (Doutorado em Ciências Sociais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Abstract: Ao longo dos anos 2000 os governos sul-americanos se engajaram na articulação de uma agenda de trabalho voltada para a integração da infraestrutura regional. Bancos de desenvolvimento como o BID, CAF, FONPLATA e BNDES passaram a atuar como mediadores qualificados, seja no processo de idealização e planejamento da integração,seja no financiamento de projetos finalísticos. Este processo tomou corpo por meio da Iniciativa para a Integração da Infraestrutura Sul-americana (IIRSA), mais tarde incorporada no âmbito da União das Nações Sul-americanas (UNASUL).Este trabalho considera esse tipo de integração regional como parte de processos de desenvolvimento que ocorrem nas escalas nacional, regional e global. Nesse sentido, procura analisar, em termos comparativos, as relações entre os bancos os governos dePeru, Brasil e Bolívia com suas respectivas estratégias de desenvolvimento.O Eixo Peru-Brasil-Bolívia da IIRSA é priorizado na análise com o objetivo caracterizar as diferentes relações entre os governos e os bancos que operam como agentes impulsionadores da integração regional. Estas relações representam configurações institucionais e de poder de caráter tanto geopolítico quando geoeconômico. Elas demostram como as tendências e dinâmicas de escopo regional se ligam a processos globais. As participações do setor privado e a da sociedade civil nesses processos são abordadas a partir das interações entre governos e bancos.Em cada país a pesquisa identifica a ocorrência de ciclos de expansão e retração econômica que também correspondem a ciclos político-ideológicos. Destaca, no contexto da última década, a vigência de um neo desenvolvimentismo que tem marcado a atuação de governos de centro-esquerda, em países como Brasil e Bolívia. Esta estratégia resgata alguns dos pressupostos do nacional-desenvolvimentismo que esteve em voga na região a partir dos anos 1950. Também se apresenta como uma corrente ideológica alternativa ao neoliberalismo que se tornou hegemônico entre os governos a partir dos anos 1980 e que ainda permanece vigente no caso peruano. Os governos buscam novos posicionamentos na divisão internacional do trabalho. Porém, o fazem reforçando o perfil primário-exportador das economias nacionais ao impulsionar asindústrias extrativas como alavanca do desenvolvimento, sendo a integração da infraestrutura regional instrumental para isso.A análise comparada do modo de inserção dos três países no processo de integração da infraestrutura, a partir das interações entre governos e bancos de desenvolvimento, demonstra a existência de convergências e divergências entre a integração que se busca na escala nacional e aquela que se pretende na escala regional.A abordagem do sistema-mundo capitalista é o principal referencial teórico para o trabalho de investigação. Ela permite situar os processos de desenvolvimento e integração contemporâneos no interior de ciclos de longa, média e curta duração. Além disso, favorece a análise do modo de inserção da América do Sul na hierarquia do capitalismo global e numa conjuntura de crise sistêmica e de transição para novas arquiteturas de poder a nível mundial. Nesse sentido, explora as tendências de mudança ou de continuidade na forma de participação de Peru, Brasil e Bolívia no sistema mundo capitalista nas primeiras décadas do século XXI. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
Throughout the 2000s the South American governments engaged in articulatingand assembling an agenda focused on the integration of regional infrastructure.Development banks such as the IDB, CAF, FONPLATA and BNDES started to act asqualified intermediaries, either in the idealization and integration planning processes orin funding final projects. This process occurred through the Initiative for the Integrationof South American Infrastructure (Iniciativa para a Integração da Infraestrutura Sulamericana- IIRSA), later incorporated in the Union of South American Nations (Uniãodas Nações Sul-americanas - UNASUL).This paper places this type of regional integration as part of developmentprocesses occurring in national, regional and global scales. Therefore, it aims to register,in comparative terms, the relationships between banks and government of Peru, Braziland Bolivia with its respective development strategies.The Peru-Brazil-Bolivia Axis of IIRSA is assumed as a snip for allowing thestudy to characterize the different relationships between governments and banks, whichact as drivers of regional integration. The links between governments, banks and IIRSArepresent institutional and power configurations, both geopolitically and geoeconomically.They demonstrate how the trends and dynamics of regional scope bind to global processes. The actions of the private sector and civil society in these processesare discussed from the interactions between governments and banks. In each of the three countries the research identifies the occurrence of cycles of expansion and economic downturn that overlap with political and ideological cycles. It highlights, in the context of the last decade, the predominance of a neodevelopmentalism that has defined the work of center-left governments in countries like Brazil and Bolivia. This strategy rescues some assumptions of national development that was in vogue in the region since the 1950s. It also presents itself as an alternativeideological trend of neoliberalism that has become hegemonic among governmentssince the 1980s, which still remains in force in the Peruvian case. Governments seeknew positions in the international division of labor. But they do that by reinforcing the primary exporting character of national economies to boost extractive industries as alever of development, and by regarding the integration of regional infrastructure asinstrumental for this purpose. A comparative analysis of the insertion mode of the three countries in the infrastructure integration process, from the interactions between governments and development banks, demonstrates the existence of convergences and divergences between integration that is sought on a national scale and that it is intended at the regional scale. The approach of the capitalist world-system is undertaken as a theoretical framework for the research work. It allows situating the contemporary development processes and integration within cycles of long, medium and short term. Furthermore, it favors the analysis of the insertion mode in South America in the hierarchy of global capitalism and in a context of systemic crisis and transition to new architectures of power worldwide. In this sense, it explores the change or continuity trends in the form of participation of Peru, Brazil and Bolivia in the capitalist world-system in the early decades of the twenty-first century.
Description: Tese (Doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Centro de Pesquisa e Pós-graduação sobre as Américas, 2014.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:ELA - Doutorado em Estudos Comparados sobre as Américas (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/17007/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.