Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/16822
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014_NanahSanchesVieira.pdf1,67 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: O trabalho da babá : trajetórias corporais entre o afeto, o objeto e o abjeto
Autor(es): Vieira, Nanah Sanches
Orientador(es): Almeida, Tânia Mara Campos de
Assunto: Corpo humano - aspectos sociais
Empregadas domésticas
Afeto (Psicologia)
Abjeção
Data de publicação: 11-Nov-2014
Referência: VIEIRA, Nanah Sanches. O trabalho da babá: trajetórias corporais entre o afeto, o objeto e o abjeto. 2014. 151 f., il. Dissertação (Mestrado em Sociologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Resumo: O objetivo desta dissertação de mestrado foi apreender e analisar o cotidiano das trabalhadoras domésticas no Brasil contemporâneo, tendo por foco a prática laboral de mulheres que trabalham como babás em Brasília/DF. Para tanto, a pesquisa tematizou o corpo vivido como espaço de observação e de significação de relações sociais recortadas pelos marcadores interseccionados de raça e gênero, pensando-os a partir de estudos sobre o pensamento feminista negro, a colonialidade e a historiografia brasileira. O corpo, portanto, foi abordado como categoria central de reflexão e análise para a compreensão das representações e práticas referentes à babá, em especial por meio da sua subclassificação em “corpo-objeto”, “corpo-afeto” e “corpo-abjeto”. Em busca das experiências corporais, entrevistas em profundidade foram realizadas com nove babás através de onde pudeapresentar as transições entre um sub-corpo a outro, mostrando que formam um todo em permanente imbricação. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
The goal of this master’s dissertation was to learn and analize the everyday life ofhouse workers in contemporary Brazil , having as a main focus the working practice ofwomen that work as nannies in Brasília/DF. Therefore, the research themed the living body asa space of observation for the meaning of social relations cropped by interseccional markersof race and gender, thinking them from the black feminist point of view, the coloniality andthe Brazilian historiography. The body, wherefore, was approached as a central category ofreflection and analisys for the understanding of the nanny’s representation and practices, inspecial through their subcategorization in “object-body” and “affection-body” and “abjectbody”.In the search for their bodily experiences , there were made in depth interviews withnine nannies through which I was able to present the transitions between one sub-body to thenext, showing that they form one whole in permanent imbrication.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2014.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:SOL - Mestrado em Sociologia (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.