Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/1680
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_FelipeRosaRamos.pdf1,55 MBAdobe PDFView/Open
Title: Avaliação a campo de uma estirpe de Bacillus thuringiensis tóxica à lepidoptera e seu possível efeito adverso sobre espécies não-alvo
Authors: Ramos, Felipe Rosa
Orientador(es):: Monnerat, Rose Gomes
Oliveira-Filho, Eduardo Cyrino
Assunto:: Repolho - doenças e pragas
Agricultura orgânica
Pragas - controle biológico
Issue Date: 28-Apr-2008
Citation: RAMOS, Felipe Rosa. Avaliação a campo de uma estirpe de Bacillus thuringiensis tóxica à lepidoptera e seu possível efeito adverso sobre espécies não-alvo. 2008. 97 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Agrárias)-Universidade de Brasília, Brasília, 2008.
Abstract: A utilização do Bacillus thuringiensis na cultura do repolho para o controle da traça-das-crucíferas tem sido uma alternativa comumente utilizada pelos produtores na substituição dos tradicionais inseticidas químicos que ocasionam prejuízos ao meio ambiente e a saúde humana ao contrário dos produtos biológicos que são inócuos tanto para o homem quanto para espécies não-alvo. Ainda assim, a utilização de Bioinseticidas necessita de aprovação e registro por órgãos regulamentadores e um dos pré-requisitos para esse registro são os testes ecotoxicológicos. Visto isso, o objetivo desse trabalho foi verificar e comparar a eficiência da estirpe S1905, um produto comercial à base de B. thuringiensis e um inseticida químico à base de deltametrina no controle da traça-das-crucíferas bem como avaliar os efeitos adversos da cepa S 1905 de Bacillus thuringiensis sobre peixes da espécie Danio rerio, de caramujos da espécie Biomphalaria glabrata e de camundongos da raça C57BL6. Os resultados mostraram que os produtos biológicos apresentaram ampla vantagem em relação ao químico no controle da traça-das-crucíferas e a estirpe S1905 nas concentrações/doses testadas não apresentou toxicidade ou patogenicidade sobre nenhuma das espécies de organismos testadas, demostrando que essa estirpe além de ser eficiente no controle da traça das-crucíferas parece ter baixa periculosidade ambiental. ________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The using of the Bacillus thuringiensis on the cabbage culture for the control of the diamondback moth has been an alternative commonly used by the producers to substitute the traditional chemical insecticides that cause damages to the environment and to the human health, as opposed to the biological products that are harmless to the humans so as to the non-target species. Still, the using of bio-insecticides needs the approval and registration by regulation means and one of the pre-requisites to this registration are the eco-toxicological tests. Based on this, the objective of this work was to verify and compare the efficiency of strain S1905, from a commercial product made of B. thuringiensis and from one chemical insecticide made of deltametrin to control the diamondback moth as well as to evaluate the adverse effects of strain S1905 of Bacillus thuringiensis on fishes of the species Danio rerio, on snails of the species Biomphalaria glabrata and of mice of the race C57BL6. The results showed that the biological products presented a large advantage on the chemical product on the control of the diamondback moth and the strain S1905 on the tested concentrations/doses did not present toxicity nor patogenicity on none of the tested species of organisms, showing that this strain not only is efficient on the control of diamondback moth but seems to have low environmental danger.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2008.
Appears in Collections:FAV - Mestrado em Ciências Agrárias (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/1680/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.