Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/16677
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_PabloPimentelPessoa.pdf11,89 MBAdobe PDFView/Open
Title: Cidades sustentáveis e as fronteiras de risco e respeito ao sistema socioambiental de Fortaleza
Authors: Pessoa, Pablo Pimentel
Orientador(es):: Rodrigues Filho, Saulo
Assunto:: Cidades sustentáveis
Sustentabilidade urbana
Riscos socioambientais
Fronteiras locais
Fortaleza (Brasil)
Issue Date: 30-Oct-2014
Citation: PESSOA, Pablo Pimentel. Cidades sustentáveis e as fronteiras de risco e respeito ao sistema socioambiental de Fortaleza. 2014. x, 146 f., il. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Sustentável)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Abstract: A partir da concepção de cidades como sistemas socioambientais complexos, procurou-se discutir aspectos considerados menores ou secundários no tratamento corrente das questões urbanas no contexto do desenvolvimento sustentável. Este tra¬balho foi estruturado sob três eixos abordados cada qual em um artigo independente. O primeiro capítulo trata dos elos envolvidos nas relações de risco socioambientais urbanos, tomando como exemplo a modelagem diagramática das conexões causais entre o problema recorrente das inundações urbanas nas cidades brasileiras e os pro¬cessos sociais de exploração do trabalho, especulação imobiliária e espoliação urba¬na na construção das situações de vulnerabilidade. A teoria de riscos aqui é utilizada como instrumento de revelação da complexidade nos sistemas socioambientais e da necessidade de consideração da incerteza nas gestões urbanas ditas sutentáveis. O segundo capítulo tenta destrinchar os principais modelos de desenvolvimento urbano sustentável e discuti-los à luz das principais questões relativas ao campo geral da sustentabilidade. Com base nas virtudes e deficiências de cada corrente, foi proposto o conceito de fronteiras do respeito como princípio balizador da busca pela susten¬tabilidade urbana em sentido amplo. Por fim, no terceiro capítulo, toma-se o caso da cidade de Fortaleza e de seus processos históricos de consolidação e expansão urbanas como porta de acesso ao mecanismo de produção das insustentabilidades nos espaços urbanos dos países subdesenvolvidos. A disseminação epidêmica da violência e a proliferação dos assentamentos informais, em um cenário de profunda desigualdade social, são apresentados como sinais de ruptura da resiliência do siste¬ma socioambiental urbano e como parâmetros para a percepção do posicionamento da cidade quanto às fronteiras de risco e respeito. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
From the conception of cities as complex socio-environmental systems, this work discuss aspects of urban crisis commonly treated as secondary issues in the sustainable development context. These aspects were explored in independent articles, composing a three chapters thesis structure. The first chapter adresses the links involved in socio-environmental risk relations, using as example a diagramatic representation of generic brasilian cities urban flooding problem and its social processes causal linkages. Cindinics theoetical frame was used here as key instrument to access urban complexity and to reveal the necessary regard of uncertainty in sustainable urban management decision-making process. The second chapter covers the major urban sustainable development models confronting with the central debate topics related to sustainable general field. Based on strengths and weaknesses of each model we establish the concept of respect boundaries as a guideline compass in the seeking of sustainable city broad sense. Finally, in the third chapter, we analyze the case of Fortaleza city, looking for actual unsustainabilities traits and its roots in the foundation of the city and its urban sprawl historic process. The epidemic growth of urban violence rates and the endless spread of informal settlements, specially of those exposed to risk situations, are presented as evidence of alarming resilience disruption of urban social-enviromental system. The historical consideration of the present urban crisis of brasilian cities may serve as evaluation parameters on how distant our metropolis are from the desirable state suggested by the respect boundaries concept.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2014.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:CDS - Mestrado Acadêmico em Desenvolvimento Sustentável (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/16677/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.