Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/1663
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissert_KarenReginaVilarinho.pdf2,85 MBAdobe PDFView/Open
Title: Análise da variabilidade genética de populações de Anthonomus grandis (Coleoptera: Curculionidae), na cultura do algodoeiro
Authors: Vilarinho, Karen Regina
Orientador(es):: Monnerat, Rose Gomes
Oliveira, Maria Regina Vilarinho de
Assunto:: Algodão - cultivo
Algodão - doenças e pragas
Bicudo-do-algodoeiro
Issue Date: Jul-2007
Citation: VILARINHO, Karen Regina. Análise da variabilidade genética de populações de Anthonomus grandis (Coleoptera: Curculionidae), na cultura do algodoeiro. 2007. 120 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Agrárias)-Universidade de Brasília, Brasília, 2007.
Abstract: O algodão é uma das fibras mais importantes do mundo. Além disso, pertence ao grupo das oleaginosas e por este motivo é considerado como um elemento importante para biocombustíveis alternativos. Os custos da produção de algodão são muito elevados devido às pragas que ameaçam sua produtividade, qualidade e lucratividade. No Brasil, a produção de algodão também figura entre as culturas agrícolas mais importantes. Um dos principais obstáculos na produção de algodão é a presença de pragas, tal como o bicudo do algodoeiro Anthonomus grandis (Coleoptera: Curculionidae). Esta praga foi introduzida em 1983, na região Sudeste do Brasil e atualmente está disseminada por todas as áreas produtivas de algodão. Embora as fêmeas adultas prefiram os botões florais, elas ovipositam dentro dos botões florais e das maçãs, reduzindo a produção e a qualidade da fibra. Medidas fitossanitárias aplicadas para o controle da praga dependem do uso intenso de pesticidas, os quais resultam em problemas ambientais. Estes pesticidas podem envenenar os trabalhadores, matar insetos benéficos e microorganismos do solo e contaminam a água. A exemplo do Programa de Área Livre de bicudo-doalgodoeiro utilizado em uma área da região do cerrado, eficientes medidas fitossanitárias integradas em outras regiões do país são muito importantes para diminuir a população, os prejuízos econômicos e eventualmente a erradicação da praga. Este estudo foi realizado na região do cerrado, em cinco áreas produtoras de algodão do DF, com o objetivo de avaliar a diversidade genética das populações de bicudo-do-algodoeiro. Nessas áreas, medidas fitossanitárias foram aplicadas semanalmente para o controle da população do inseto. Um grande número de bicudos-do-algodoeiro foi coletado em todas as áreas estudadas, mesmo com as intensas aplicações de inseticidas durante o desenvolvimento da cultura. Os resultados também confirmaram que nessas áreas o inseto teve um índice alto de sobrevivência, com várias gerações durante todo o ciclo do algodão, reproduzindo-se e migrando para as áreas de vegetação natural, que servem como refúgio para a população durante a entressafra da cultura. Análises moleculares de RAPD forneceram informações úteis para as cinco populações estudadas. Embora a maior distância geográfica entre as áreas de produção fosse de 13 km, os marcadores RAPD detectaram variabilidade genética entre as populações de bicudo-doalgodoeiro, mostrando dois subgrupos distintos. A análise intrapopulacional realizada em uma das áreas estudadas também apresentou dois subgrupos distintos: um formado pelas subpopulações da pré-floração e da floração; e outro da subpopulação pós-floração. ________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Cotton is one of the most important fiber in the world. It is also in the category of oilseed group and therefore is now considered as an important element for biofuels alternatives. Cotton cost production is very high because of pests that threaten its productivity, quality and profitability. In Brazil, cotton production also figures among the most important cultivated crops. One of the major challenges of cotton production is the presence of pests such as the boll weevil, Anthonomus grandis (Coleoptera: Curculionidae). This pest was introduced in 1983, in the southeast region of Brazil and nowadays it has spread to all cotton production areas. Although adult females prefer squares, they oviposit into both squares and young bolls reducing yield and quality of the fiber. Phytosanitary measures applied to control the pest, depend heavily on hazard pesticides which in turn have been leading to environmental problems. These pesticides can poison farm workers, kill beneficial insects and soil microorganisms and contaminate ground and surface water. In spite of The Boll Weevil Free Area Program in progress in one area of the savanna region, efficient integrated phytosanitary management in others regions of the country is very important to bring the population down to specific economic injury levels and economic thresholds and eventually to eradication. This study was conducted in five cotton production areas of the savanna region, in DF, Brazil, with a goal to evaluate the genetic diversity of the boll weevil populations. In those areas, phytosanitary measures were applied weekly to control the insects’ populations. High numbers of boll weevils were collected in all fields studied in spite of insecticide applications during the growing season. The results also confirmed that in those areas the insect went through several overlapping generations during every crop season, reproducing and moving often to surrounding natural vegetation areas as a refuge to its population. Molecular analysis of RAPD technique provided useful information on the population collected in the five areas. Although the highest geographic distance among the production sites was of 13 km, the results revealed polymorphism between the weevil populations showing two distinct subgroups. Intrapopulation analysis realized in one of the sites studied also revealed two distinct subgroups of weevils, being one subgroup of cotton first bloom and early bloom populations and the other,peak bloom subgroup population.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2007.
Appears in Collections:FAV - Mestrado em Ciências Agrárias (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/1663/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.