Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/16619
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_ClaudioHiroshiNakata.pdf4,94 MBAdobe PDFView/Open
Title: Efeitos agudos da corrente interferencial ganglionar em mulheres sadias
Authors: Nakata, Cláudio Hiroshi
Orientador(es):: Cipriano Júnior, Gérson
Assunto:: Fisioterapia
Sistema nervoso autônomo
Batimento cardíaco
Aptidão física
Issue Date: 24-Oct-2014
Citation: NAKATA, Cláudio Hiroshi. Efeitos agudos da corrente interferencial ganglionar em mulheres sadias. 2014. iv, 44 f., il. Dissertação (Mestrado em Educação Física)—Universidade de Brasília, Brasília, 2014.
Abstract: OBJETIVO: Analisar os efeitos agudos da corrente interferencial ganglionar em mulheres sadias. MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo do tipo experimental aleatorizado e transversal. Vinte e uma mulheres militares do Exército Brasileiro divididas em dois grupos, conforme IPAQ, em ativas (média de idade de 32,80 ± 3,011 anos, massa 56,50 ± 5,523 Kg, estatura de 164,30 ± 6,993 cm e IMC de 20,90 ± 1,729 kg/m2 e 80% com conceito excelente no teste de aptidão física) e irregularmente ativas (média de idade de 33,45 ± 1,968 anos, massa 67,64 ± 10,072 Kg, estatura de 163,36 ± 7,698 cm e IMC de 25,18 ± 2,401 kg/m2 e 80% com conceito bom no teste de aptidão física) realizaram dois protocolos - eletroestimulação interferencial e placebo. A eletroestimulação interferencial foi aplicada na região cervicotorácica (C7 a T4) com uma frequência fixa de 5000 Hz, amplitude de modulação de frequência de 100Hz com variação de 25% e intensidade ajustada no limiar sensitivo, sem contração muscular, durante 30 minutos. Os protocolos foram aleatorizados e aplicados em dias distintos com intervalo mínimo de 24 horas. Foram analisadas os ajustes cardiovasculares e a variabilidade da frequência cardíaca. RESULTADOS: A corrente interferencial não provocou grandes repercussões no comportamento cardiovascular. Ocorreu um padrão de elevação da pressão arterial sistólica (PAS, mmHg) nos dois grupos e uma tendência de diminuição da pressão arterial diastólica (PAD, mmHg) nas ativas. Quanto a variabilidade da frequência cardíaca, a corrente interferencial provocou nas militares irregularmente ativas elevação das variáveis Baixa Frequência (BF, nu) 13,97 ± 3,588 nu, p<0,01 e BF/AF (0,53 ± 0,183 nu; p<0,05) e diminuição da variável Alta Frequência (AF, nu) 13,75 ± 3,627 nu, p<0,01. Adicionalmente, verificamos no grupo das ativas, um efeito de maior magnitude da corrente interferencial em relação ao placebo. A variável BF (11,97 ± 3,588 nu; p<0,05) e a relação BF/AF (0,7 ± 0,183 nu; p<0,001) tiveram elevação e a variável AF (11,36 ± 3,627nu; p<0,05) uma diminuição. CONCLUSÃO: A corrente interferencial promoveu alterações na variabilidade da frequência cardíaca aumentando a atividade simpática e atenuando a parassimpática em mulheres irregularmente ativas. Adicionalmente, essa corrente também teve um maior efeito nas variáveis BF, AF e BF/AF no grupo das ativas em relação ao placebo, reforçando a hipótese que seus efeitos podem sofrer influências das características da população, como o nível de condicionamento físico. __________________________________________________________________________ ABSTRACT
OBJECTIVE: Analyze the cardiovascular adjustments against interferential current ganglionic in women with different levels of cardiorespiratory fitness. METHODS: A randomized, cross the experimental type. Twenty-one of the Brazilian Army military women divided into two groups, trained (mean age of 32.80 ± 3.011 years, mass 56.50 ± 5.523 kg, height was 164.30 ± 6.993 cm and BMI of 20.90 ± 1.729 kg/m2 and 80% with excellent reputation in the physical fitness test) and untrained (mean age of 33.45 ± 1.968 years, mass 67.64 ± 10,072 kg, height was 163.36 ± 7.698 cm and BMI of 25, 2,401 ± 18 kg/m2 and 80% with good concept in physical fitness test) performed two protocols - interferential electrostimulation and placebo. The interferential electric stimulation was applied at the cervico-thoracic region (C7 to T4) at a fixed frequency of 5,000 Hz, amplitude modulation frequency of 100 Hz with a variation of 25% and adjusted in intensity sensory threshold, no muscle contraction for 30 minutes. Placebo in the same procedures without the application of interferential current, which did not produce therapeutic effects were adopted. The protocols were randomized and applied on different days with an interval of 24 hours. Cardiovascular adjustments and cardiac autonomic modulation were analyzed. RESULTS: Interferential current caused no major impact on cardiovascular behavior. A trend of increase in systolic blood pressure (SBP, mmHg) in both groups and a trend of decreased diastolic blood pressure (DBP, mmHg) occurred in trained. As for heart rate variability, interferential current caused the untrained military elevation of the variables Low Frequency (LF, nu) nude 13.97 ± 3.588, p <0.01 and LF / HF (0.53 ± 0.183 nu, p <0.05) and decreased variable High Frequency (HF, nu) nude 13.75 ± 3.627, p <0.01. Additionally, we found the group of trained, an effect of greater magnitude of interferential current versus placebo. The variable BF (11.97 ± 3.588 nu, p <0.05) and BF relationship / AF (0.7 ± 0.183 nu, p <0.001) had high and variable AF (11.36 ± 3.627 naked: p <0.05) decreased. CONCLUSION: Interferential current changes promoted the sympathovagal balance by increasing sympathetic activity and attenuating parasympathetic in untrained women. Additionally, this current also had a greater effect in LF, HF and LF / HF variables in the trained group compared to placebo, reinforcing the hypothesis that its effects may be influenced population characteristics such as fitness level.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação Física, Programa de Pós-Graduação Strictu-Sensu em Educação Física, 2014.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FEF - Mestrado em Educação Física (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/16619/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.